Miserável perseguição a Julian Assange, do site WikiLeaks

Helio Fernandes

A Inglaterra prorrogou para sexta-feira o julgamento da sua extradição. Ele cometeu realmente crime inacreditável e insanável, permitindo que cidadãos do mundo inteiro conhecessem os bastidores sujos da diplomacia. Esses “diplomatas” é que deveriam ser punidos por serem irresponsáveis e “traírem os segredos das mensagens que enviavam a seus países”.

Gravíssima, estranha e sem ética a posição da Grã-Bretanha e da Suécia. Esta por ter servido à perseguição dos EUA, e as duas por terem utilizado a Grã-Bretanha e prenderem o criador do WikiLeaks.

 ***

PS – Não é segredo que, se ele for extraditado para a Suécia, esta irá “repassá-lo” aos EUA, a um custo já estipulado, que para os EUA não representa nada.

PS2 – E a Primeira Emenda, o lema, o símbolo, a grandeza que protege não só a LIBERDADE DE EXPRESSÃO, como também os DIREITOS HUMANOS?

PS3 – Nos EUA, Assange pode ser condenado à morte, quem sabe fique um tempo, antes, em Guantánamo?

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *