Mistrio sobre o cheque de R$ 1 milho a Temer termina nesta quinta-feira

Resultado de imagem para cheque de temer

TSE vai ouvir novamente o empreiteiro Otvio Azevedo

Rafael Moraes Moura
Estado

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia, defendeu que haja esclarecimentos a respeito do repasse de R$ 1 milho da empreiteira Andrade Gutierrez para a conta da campanha de Michel Temer nas eleies de 2014, quando o peemedebista concorreu a vice na chapa encabeada por Dilma Rousseff.

A defesa de Dilma Rousseff apresentou ao TSE uma srie de documentos que apontam que Temer foi o beneficirio de uma doao de R$ 1 milho feita pela Andrade Gutierrez, uma das empreiteiras que esto na mira da Operao Lava Jato.

A defesa de Dilma alega que os documentos contradizem a verso do executivo Otvio Azevedo, ex-presidente da Andrade Gutierrez, que afirmou em depoimento que a campanha eleitoral de Dilma recebeu do Diretrio Nacional do PT o valor de R$ 1 milho, tendo a empreiteira como doadora originria. O dinheiro teria origem ilcita, oriundo de desvios em contratos firmados entre a empresa e o governo federal.

DILMA DENUNCIA – Em petio protocolada no TSE, os advogados de Dilma sustentam que, ao contrrio do afirmado por Azevedo, o dinheiro no foi transferido do diretrio nacional do PT campanha de Dilma e sim do diretrio nacional do PMDB para a conta da campanha de Michel Temer.

“A sociedade precisa saber se esses recursos so legtimos ou fruto de propina. Outro ponto que precisa ser esclarecido sobre qual conta foi usada para receber o dinheiro”, disse Lamachia, em nota.

“A OAB acompanha com ateno os desdobramentos desse fato para cumprir com rigor sua funo de defender os interesses da sociedade e o cumprimento da Constituio. Se necessrio, a OAB usar de suas prerrogativas constitucionais para fazer valer os interesses da cidadania”, concluiu o presidente da OAB.

CANCELAMENTO – Relator do processo que pode levar cassao da chapa Dilma/Temer, o ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Herman Benjamin decidiu nesta quinta-feira (10) cancelar a acareao marcada para o dia 17 de novembro entre Otvio Azevedo e o ex-tesoureiro da campanha de Dilma Edinho Silva (PT).

A acareao havia sido marcada para ocorrer na quinta-feira da prxima semana (17), s 18h, na sede do TSE, em Braslia. Em vez de realizar a acareao entre Edinho e Azevedo, o ministro decidiu ouvir novamente apenas Otvio Azevedo, no mesmo local e horrio.

###
NOTA DA REDAO DO BLOG O mistrio do cheque, portanto, termina na quinta-feira. O empreiteiro Otvio Azevedo vai esclarecer se errou no depoimento anterior ou se houve duas doaes - a propina de R$ 1 milho ao PT, em maro, conforme ele declarara, e depois outra doao oficial, em julho, atravs do cheque em nome de Temer, que consta da prestao de contas da chapa ao TSE. At agora, a nica coisa de que se tem certeza de que os advogados de Dilma esto realmente dispostos a destruir Temer. Quinta-feira, saberemos a verdade. (C.N.)

18 thoughts on “Mistrio sobre o cheque de R$ 1 milho a Temer termina nesta quinta-feira

  1. Nesse jogo s tem santo.

    Santo do pau oco

    Brasil 14.11.16 08:20

    O “Santo” no to santo assim.

    Mais tarde, quando todos os leitores estiverem acordados, O Antagonista vai revelar o que disse a Odebrecht sobre a campanha de Geraldo Alckmin, em 2010.

  2. Nestas alturas a defesa j deve estar alegando que o dinheiro parte do pagamento referente a servios “de pedreiro”, prestado pelo rapaz a construtora.
    Vo dizer tambm que exercia o oficio de mestre construtor, nas horas de folga. A justia aceita tudo.

  3. Temer vai esquentar o caf do Renan !

    Renan Calheiros veta indicao para a Polcia Rodoviria Federal
    Por: Ernesto Neves 14/11/2016 s 7:35
    Renan Calheiros vetou a ida do ex-superintendente de transporte de Macei, Tacio Melo, para a direo da Polcia Rodoviria Federal. Melo foi uma indicao do senador Jos Medeiros (PSD-MT) e j havia sido aprovado por Geddel Vieira e Eliseu Padilha.
    O motivo do veto? Melo foi um dos articuladores da campanha de reeleio de Rui Palmeira, rival de Renan na disputa pela prefeitura de Macei.

  4. Parece a torcida do Palmeiras e do Cornthians. O Cheque com o nome de Temer j foi mostrado h muito tempo. Agora a torcida para que sejam dois cheques. O PT est questionando por que esto querendo separar as contas; no fosse isso as contas seria conjugadas e examinadas. Quero ver como os torcedores vo separar o cheque de um milho em nome de Miguel Michel Temer Lulia. Est l escrito. “O mais fcil contratar dois pistoleiros. Um mata Dilma e outro Lula”. Esto com medo de que? Se Lula cometeu crimes, que seja julgado e condenado. Quanto a Dilma no pode ser julgada duas vezes. Agora fica essa agonia. Todos com medo de Lula e Dilma. Bobagem a fora deles proporcional propaganda que fazem diariamente citando seus nomes. Virou sndrome.

  5. Santificaram o cunhado….

    EXCLUSIVO: SANTO CUNHADO
    Brasil 14.11.16 09:36

    A Odebrecht contou para os procuradores da Lava Jato que Geraldo Alckmin, codinome “Santo”, recebeu 2 milhes de reais no caixa dois em 2010.

    O repasse, segundo os delatores da empreiteira, foi costurado pelo prprio Geraldo Alckmin, e o dinheiro sujo foi entregue clandestinamente para seu cunhado, Adhemar Ribeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.