Mais Piada do Ano! Mouro diz que torturador “respeitava os direitos humanos… de seus subordinados”

No foi a primeira vez que Mouro enalteceu o nome do amigo prximo

Victor Farias
O Globo

O vice-presidente Hamilton Mouro afirmou em entrevista imprensa alem que o coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, condenado por tortura, foi um homem de “honra” que respeitava os direitos humanos de seus subordinados”.

“O que posso dizer sobre o homem Carlos Alberto Brilhante Ustra, ele foi meu comandante no final dos anos 70 do sculo passado, e era um homem de honra e um homem que respeitava os direitos humanos de seus subordinados. Ento, muitas das coisas que as pessoas falam dele, eu posso te contar, porque eu tinha uma amizade muito prxima com esse homem, isso no verdade”, disse a Deutsche Welle.

INJUSTIA – Mouro disse que a tortura no uma prtica que o governo brasileiro concorda ou “simpatize”, mas afirmou que muitas pessoas que lutaram contra guerrilhas urbanas nos anos 60 e 70 foram “injustamente acusadas de serem torturadoras”.

“Em primeiro lugar, no estou alinhado com a tortura, e, claro, muitas pessoas anda esto vivas daquela poca, e todas querem colocar as coisas da maneira que viram. por isso que eu disse antes que temos que esperar que todos esses atores desapaream para que a histria faa sua parte. E, claro, o que realmente aconteceu durante esse perodo … esse perodo passou”, disse.

O vice-presidente afirmou tambm que a democracia um dos objetivos nacionais permanentes e que o governo quer tornar o Brasil a “democracia mais brilhante do hemisfrio Sul”.

###
NOTA DA REDAO DO BLOG
Mouro repete o mesmo discurso feito em 2018, durante a sua despedida do Exrcito. Na ocasio, o general chamou de “heri” o coronel Carlos Brilhante Ustra, ex-chefe do DOI-CODI do II Exrcito, um dos principais rgos da represso durante a ditadura militar e acusado de inmeros crimes pela Comisso Nacional da Verdade. Aps a solenidade, indagado sobre a meno a Ustra, Mouro disse que ele foi seu comandante, “combateu o terrorismo e a guerrilha, por isso ele um heri. Durante esses dois anos, o general pode ter baixado o tom sobre vrias questes, mas no sobre o seu amigo “muito prximo”. Sem meias palavras. (Marcelo Copelli)

8 thoughts on “Mais Piada do Ano! Mouro diz que torturador “respeitava os direitos humanos… de seus subordinados”

  1. O delegado recebeu uma queixa de que o policial havia maltratado o conduzido:
    -Comissrio Verdugo, chama aqui o PM Brutus; preciso apurar a conduta profissional dele! Ordenou o delegado!
    -Pois no Dr. Xerife, soldado Brutus ao seu dispor!
    -Familiares do detendo 666 esto reclamando que voc no o tratou com o devido “calor humano”. O que voc tem a dizer?
    -Delegado, naquela cela de 1m x 1m, onde eu enfiei ele com mais 10 encarcerados, se ele no sentir “calor humano”, s sendo pinguim!
    -O delegado: Que voc o teria espaado, porque ele se negou a responder algumas perguntas. Voc no sabe que o preso tem direito de ficar calado?
    -Doutor, foi justamente para respeitar esse direito do detento, que eu lhe dei tanta porrada, que, pelo visto, ele nunca mais vai falar.

  2. A cada declarao de Mouro o pais treme, pois o Bolsonaro II ataca novamente.
    E temos o Bolsonaro III, Heleno, que primeiro fala, e depois vai pensar no que disse.

    Jamais pensei na minha vida, e do alto dos meus 71 anos incompletos, que eu assistiria generais de 4 estrelas to simplrios, sem cultura, sem conhecimentos, sem qualquer qualidade para exercerem as funes que foram destinados.
    Que diferena da minha poca, de meio sculo atrs.

    Bom, aquilo que insisto em postar:
    Militar no pode ser poltico, e poltico muito menos pode ser militar.
    H muitos conflitos, muitas arestas a serem aplainadas, modos de vida absolutamente diferentes.
    Resultado, quando Mouro e Heleno do entrevistas, o Newton gentil e eufemisticamente, coloca como “piada do ano”.

    Mouro poderia continuar admirando o coronel Ustra, mas que o fizesse para si.
    Deveria saber que se trata de um nome polmico, e que acarreta discusses e testemunhos nada agradveis.
    Para que provocar?
    Que intuito esse de dar estocadas em feridas que jamais vo cicatrizar?

    Falta de tato, de sensibilidade, de empatia com o povo!

    O Brasil se desintegra; se esfacela; no tem mais a unio do povo; os poderes tomaram conta como se fssemos um feudo, e assim nos foram a viver.

    A nica defesa que o povo teria para lhe defender seriam as FFAA.
    Foram cooptadas vergonhosamente.
    O povo est s, jogado prpria sorte,

    O Brasil no se ergue mais!!!

    Escrevam e me cobrem at as eleies de 2022, quando a nossa situao poltica, social e econmica estar insustentvel.

  3. Quando a gente pensa em aproveitar o sistema constata que ou conseguimos uma interveno total, com todos os interessados se mexendo para isso porque para os sistemistas t tudo muito bem, ou estaremos ferrados de verde e amarelo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.