Mouro minimiza rompimento com Bolsonaro e acredita que no dia 7 no haver confrontos

O vice-presidente Hamilton Mouro participa de evento no Palcio do Planalto Foto: Ueslei Marcelino/Reuters/24-02-2021

Mouro diz que continua fiel ao presidente Bolsonaro

Daniel Gullino
O Globo

O vice-presidente Hamilton Mouro afirmou nesta segunda-feira que sua relao com o presidente Jair Bolsonaro no “simples” e que eles no so os primeiros companheiros de chapa a enfrentarem um “problema”, mas disse que Bolsonaro conta com sua “lealdade”. Os comentrios foram feitos aps o Globo mostrar que a relao entre os dois passa por um dos piores momentos.

No uma relao simples, nunca foi, entre presidente e vice. Ns no somos os primeiros a vivermos esse tipo de problema, mas a gente sabe muito bem que ele conta com a minha lealdade acima de tudo porque os valores que eu aprendi ao longo da minha vida eu no abro mo deles, no ? Da lealdade, da honestidade, da integridade, da probidade. Ento ele pode ficar tranquilo sempre ao meu respeito disse Mouro, ao chegar no Palcio do Planalto.

REUNIO COM BARROSO – A crise permanente entre os dois atingiu um dos piores momentos nas ltimas semanas aps Bolsonaro se sentir trado por descobrir pela imprensa que Mouro havia se encontrado s escondidas com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Lus Roberto Barroso, um dos seus principais desafetos e contra quem ele promete apresentar um pedido de impeachment no Senado.

Antes desse momento de crise aguda, o casamento esteve por um fio no final do ano passado. Na conversa mais dura que a dupla j teve, sem testemunhas, Mouro falou em renncia. O episdio ocorreu no dia 16 de dezembro, no Palcio do Planalto. De acordo com o que o vice relatou a pessoas de sua confiana, deu-se o seguinte monlogo:

Bolsonaro, se voc quiser, eu entrego a minha cadeira hoje, mas vou te avisar: no dia seguinte, o Centro toma conta disso aqui desabafou o militar da reserva naquela tarde.

AT O FIM – Nesta segunda-feira, o vice-presidente disse que no cogitou renunciar e que ficar no cargo at o fim do governo.

Jamais, jamais fugi de misso. No entrega os pontos disse, acrescentando sobre sua inteno de ficar at o final do governo: Lgico, tranquilamente.

Mouro tambm minimizou as chances de uma “convulso” durante manifestaes em defesa do governo que esto programadas para o dia 7 de Setembro, dizendo que isso “fogo de palha”:

No, acho que nada. Isso a tudo fogo de palha. Zero preocupao.

7 thoughts on “Mouro minimiza rompimento com Bolsonaro e acredita que no dia 7 no haver confrontos

  1. No sei porque, o vai e vem de nosso vice me trouxe saudades da Pimentinha Elis Regina e de seu O Bbado e Equilibrista, ele tambm se equilibra porque “o show tem que continuar”

  2. No se deve esquecer que procurar o equilbrio no coisa de lder – o lder convence, decide e se preciso for se sacrifica em nome de sua causa. E o seu Mouro t longe disso. T, mais, diria, para a lua que “Pedia a cada estrela fria um brilho de aluguel”

  3. Falando na nossa brilhante Pimentinha (tive o prazer de v-la ao vivo algumas poucas vezes), desconfio que o Mouro, ao contrrio do clown Boz, no quer um “corpo estendido no cho” nem tampouco ficar de “frente pro crime” instigando a turba ignara a espalhar violncia e cometer invases em prdios pblicos.

  4. Mouro tem andado mais perdido doque cachorro quando cai da mudana, mas nessa ele.acertou.
    Se tirar essa.mascara ridcula do framengo e passar a agir como um homem pblico normal e no como um torcedor que acha que poder se eleger governadoria por estar pensando que no Rio tem alguma torcida maior que a do Vasco.
    Mostra que no entende nada de nada, muito menos de querer enganar trouxas. Pode ser que consiga enganar alguns flamenguistas.
    At aqui somente conseguiu ser ridculo.
    Foi -se o tempo de generais srios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.