Mourão quer reformar a Constituição com “notáveis”, sem usar o Congresso

Mourão acha que o processo deve ser simplificado

José Carlos Werneck

O candidato à vice-presidência da República na chapa de Jair Bolsonaro, general Hamilton Mourão, disse nesta quinta-feira em Curitiba, que o Brasil precisa de uma nova Constituição, mas escrita por “notáveis” e depois submetida a plebiscito , sem necessidade de convocação de uma Assembleia Nacional Constituinte.

Ele destacou que a elaboração da última Constituição brasileira, de 1988, por parlamentares eleitos, “foi um erro”, e defendeu que a nova Carta deveria ser criada por “grandes juristas e constitucionalistas”.

VÁRIOS TIPOS – Uma Constituição não precisa ser feita por eleitos pelo povo. Já tivemos vários tipos de Constituição que vigoraram em períodos democráticos do País, não apenas durante a ditadura, afirmou o candidato.

Acrescentou que defende pessoalmente essa opinião, que não representaria as ideias de Bolsonaro. “Teria que partir para a reforma de todas as reformas. Teríamos que ter uma nova Constituição, mas, no momento, julgo que isso é uma coisa muito difícil de a gente conseguir. Então, a regra é clara: partir do mais fácil para o mais difícil”.

Para o candidato, essa “nova” Constituição deveria ser mais “enxuta” que a atual,a exemplo da norte-americana, que traz apenas princípios e valores gerais. “O restante, como o horário de trabalho do bancário, o juro tabelado, essas coisas, devem ser regidas por leis ordinárias, porque muda de acordo com os valores e o tempo.

TRÊS SEMANAS – Em relação à campanha presidencial, Mourão descartou a possibilidade de mudança do nome na cabeça de chapa depois do atentado sofrido por Jair Bolsonaro. Segundo o general, Bolsonaro deve estar pronto “para liderar o processo” em três semanas, embora não totalmente recuperado para participar de manifestações de rua. “É ele quem as pessoas vão eleger. Ninguém vai me eleger, eu sou o apêndice”, afirmou.

Ele admitiu que houve prejuízo na campanha com a impossibilidade de Bolsonaro estar presente às atividades, por “perda de espaço”, mas disse que não mudou sua agenda de após o atentado. “Quem mobiliza na rua sempre é ele, ele é o homem das massas, o grande agitador”.

O candidato a vice disse estar com a segurança de campanha melhor reforçada depois do atentado e usando colete a prova de bala.

DISCURSO – Na capital paranaense, a uma plateia heterogênea de cerca de 500 pessoas, o general Mourão fez um pronunciamento moderado, abordando os principais pontos de atuação do governo se Bolsonaro for eleito para a Presidência da República.

Ele foi muito aplaudido, quando criticou a política venezuelana e ressaltou que o Brasil nunca será como o país vizinho porque as forças armadas brasileiras não serão “cooptadas”, mas defendeu que o nosso país receba os refugiados venezuelanos.

Mourão salientou que deve haver uma mudança de postura em relação à valorização de policiais e de políticas de Segurança Pública, defendendo que, “direitos humanos têm que servir para humanos direitos e não para marginais”.

INVESTIMENTOS – O general defendeu investimentos na vigilância das fronteiras brasileiras, como em Foz do Iguaçu.

A respeito da confiabilidade das urnas eletrônicas, o candidato afirmou que deve ser adotado o voto impresso porque há desconfiança sobre o resultado das eleições, principalmente nas majoritárias, e disse que a chapa em que concorre “vai jogar o jogo que está sendo jogado” e que aceitaria, sem contestar, uma derrota nas urnas. “Quem for eleito vai ser eleito para pegar um abacaxi”.

66 thoughts on “Mourão quer reformar a Constituição com “notáveis”, sem usar o Congresso

  1. Se for eleito vai é fazer um abacaxi!!!!
    Perto do górpi do PT, esses ai do PSL vão aplicar o MAIOR GOLPE que o Brasil já tomou na fuça….

    A Santiago ensanguentada do Pinochet vai parecer pintura de unha perto do sangue que vai correr em Pindorama….

    ███ O BOM SENSO AVISA ███
    ███ VOTAR 17 bozó MATA ███

  2. Quando os EUA ocuparam o Japão na II Guerra fizeram uma constituição para aquele país. Deu no que deu.

    Quem sabe devemos copiá-la ?

    Essas constitulixões esquerdistas nunca deram certo.

    • Em compensação, no que deram a ocupação do Iraque e do Afeganistão?
      No caso do Japão e da Alemanha, a ocupação foi aceita pela suas respectivas populações como forma de proteção contra os soviéticos. E no caso do Japão os americanos, apesar de todo o ódio que devotavam ao Imperador Hirohito no tempo da guerra, foram obrigados a mantê-lo no poder, a fim de que sua ascendência sobre o povo japonês assegurasse que a ocupação fosse pacífica.
      https://comicvine.gamespot.com/images/1300-5334829

      • Obrigado pela informação, mas o assunto aqui é sobre a nossa constitulixão e com isso citei o exemplo do Japão que é um do 3 paises mis ricos.

        Quanto a invasão do Iraque , eu fui contra, como a maioria do planeta e, com ela , deu no que deu como por exemplo o ISIS.

        E mais, árabes e japoneses são bastante diferentes.

        • Todas as pessoas com algum bom senso no mundo foram contra a invasão do Iraque.
          Mas ocorre que o histórico a ocupação do Japão e da Alemanha foi invocado por intelectuais americanos como precedente para justificar a invasão e ocupação do Iraque pelos Estados Unidos. Americanos pensavam que seria muito fácil ocupar qualquer país, mudar seus governantes, e instalar regimes que seriam 100% pró-americanos, pró-mercado e pró-Israel. Os contextos históricos e a realidade local foram ignorados em nome um idealismo “wilsoniano” que já havia fracassado após a I guerra mundial.

          Desculpe a demora em responder.

  3. Caro Werneck … Boa tarde!

    Viva a CIDADÃ de 1988!!!

    Dom Pedro I foi um grande constitucionalista … outorgou a nossa Constituição Imperial … e também a de Portugal … … … foram as que mais perduraram nos 2 países!!!

    A CIDADÃ foi resultado de Emenda à Constituição OUTORGADA de 1967 … porque não houve uma Revolução que tenha dado fim à Revolução das Mulheres com Terço nas Mãos de 1964!!!

    A CIDADÃ é a perenização democrática de 1964!!!

    O que é isso, General???

    • Extinção do Foro privilegiado, terminar com a vitaliciedade no cargo para os juizes do STF, corrigir salarios e vantagens exorbitantes para os mais graduados no funcionalismo publico (ex: juizecos do STF, congressistas), redução do número de congressistas e seus auxiliares.
      Há tanta coisa a ser feita e sabemos que vai ficar tudo no mesmo se dependermos de congressistas meia-tijela e dos juizecos do STF.
      Tem que ser feito na força com liderança civil ou na marra pelos milicos. Que venham as ameaças dos indultados.

  4. Para que votar em Bolsonaro?
    Eu sou cidadão brasileiro comum – crente em Deus, homem de família e preocupado com o futuro do meu país. Não me considero radical de direita, mas, um liberal. Tenho diversos amigos gays e nunca vi problema nisso. Como advogado já defendi inocentes e já ajudei a colocar bandidos na cadeia. Quem me conhece sabe da minha conduta. E sou eleitor de Jair Messias Bolsonaro. Será então que a minha escolha particular para governar o Brasil pelos próximos quatro anos faz de mim um radical maluco de direita, parecendo alguns personagens de filmes americanos?
    Penso que não. E explico.
    É interessante observar que a média dos eleitores de Bolsonaro é exatamente igual a mim mesmo. Entretanto, aqueles que tripudiam em cima de Bolsonaro podem ser divididos grosseiramente em dois grupos principais: a esquerda radical e os bem intencionados que, por um motivo ou outro, não conseguem enxergar além do que lhes é apresentado pela mídia.
    Retornarei ao ponto anterior. Agora, preciso abrir um parêntese em relação à mídia. A grande imprensa está felicíssima com o atentado contra Bolsonaro. Explico: apesar de estar sendo divulgada a balela que Bolsonaro ocupa agora 24 horas por dia os noticiários, basta ligar a televisão para ver que a realidade é bem diferente. Fala-se de tudo, menos da saúde daquele que hoje ocupa (muito a contragosto da pseudo intelectualidade tupiniquim) o primeiríssimo lugar isolado nas pesquisas. Mas, atentem para o detalhe, que, quando as pesquisas tratam de segundo turno, já se prepara o ambiente para uma possível fraude: Bolsonaro perde para todos os outros candidatos. Perderia até mesmo para o Zé das Couves, se ele também estivesse lá. Se o esfaqueado fosse um candidato da esquerda (nem precisaria ser o cabeça de chapa, podia ser o vice mesmo) haveria plantões na porta do hospital, na porta do presídio, na casa do candidato, nas casas de seus familiares, na porta da casa do papagaio do candidato; programas especiais de TV mostrariam a trajetória da faca e o impacto devastador no abdômen da pobre vítima; seu histórico escolar já teria sido levantado para contar que a única vez que passou por algo semelhante fora nos anos 1960, vítima da “cruel ditadura”. E se o agressor tivesse a mais remota ligação com a direita sua casa já teria sido depredada, teria apanhado igual cachorro velho em praça de cidade do interior, e sua família nem poderia sair na rua. Mas, como o esfaqueado é Bolsonaro, a mídia finge comiseração, faz de conta que noticia, mas, discretamente coloca o candidato para escanteio. Até conhecer seu boletim médico atualizado exige paciência e pesquisa.
    Retorno ao ponto anterior.
    A esquerda radical está acostumada a mentir. E mente muito bem. Fez a nossa juventude (e até alguns não tão jovens assim) acreditar que Dilma, Pimentel, Genoíno, Dirceu e outros indivíduos eram estudantes que lutaram pela liberdade durante os anos de 1964/1985, e não terroristas sanguinários que mataram, torturaram e cometeram vários outros crimes para implantar uma ditadura comunista no Brasil. Lula mentiu que era um homem simples e que governaria para o povo. Na verdade, governou para si mesmo e a sua camarilha. Mentem tão bem que mesmo com condenação em duas instâncias, ainda existe quem acredite que Lula é inocente. E que Dilma, pobrezinha, foi vítima de um golpe! A esquerda mente tão bem que faz os brasileiros acreditarem que os institutos de pesquisa estão falando a verdade. Que as urnas eletrônicas são seguras. Que as mais de 60 mil mortes por ano em virtude da violência não têm relação com o desarmamento da população honesta e direita. Mentem e fazem as pessoas acreditarem que se defender é ruim, ter arma é perigoso, e que latrocidas e homicidas são pobres vítimas da sociedade. A esquerda radical mente, deturpa e engana. E nesse mister são muito competentes.
    Já o outro grupo é formado por pessoas que foram viciadas por um sistema/mecanismo massificador e extremamente sedutor que entrega notícias como se fossem pratos prontos exatamente como em grandes restaurantes populares. A comida é variada, é razoavelmente saborosa, tem um preço bom, e o cliente já se acostumou com o tempero, então, por que se preocupar em procurar outros lugares? Essa turma simplesmente repete o que a mídia lhe entrega. Às vezes sem fazer a menor idéia do que está falando. Mas, como quer seguir a “onda” simplesmente se tornam repetidores das “verdades” que lhes são impostas goelas abaixo por uma mídia altamente aparelhada e mal intencionada. Aqui sim, na mídia, está a má-fé e a ignomínia. Lá, no aludido grupo, está só a displicência mental e as boas intenções. E como se sabe, de boas intenções determinado lugar está lotado.
    Entre os eleitores de Bolsonaro e seus detratores está a grande massa de eleitores brasileiros, cansada de viver em um país onde o Estado massacra o cidadão, onde autoridades se comprazem em nos achaquar “legalmente”, onde existem os mais caros impostos do mundo civilizado e os piores serviços públicos. Esta grande massa de eleitores está cansada demais com as promessas vazias que reinaram na política brasileira nas últimas décadas e acha a política podre! Não há como lhes retirar a razão. Ou pelo menos parte dela.
    O fato é que em 07/10/2018 os eleitores brasileiros irão às urnas para decidir quem nos governará pelos próximos quatro anos. Para a grande massa que não tem tempo de analisar profundamente as propostas de cada um dos candidatos, eu faço uma sugestão bem simples: analise a vida pregressa (e em alguns casos a folha corrida, ou para ser mais claro, os antecedentes policiais) e as companhias de cada um deles. Diga-me com quem andas e eu te direi quem és! Sábio ditado! Procure se informar sobre qual deles algum dia já defendeu a família brasileira? Qual já se posicionou a favor de nossas crianças? Qual quer lhe dar legalmente o direito de defender a si mesmo e à sua família? Quem tem pulso, energia e firmeza suficientes para colocar ordem na casa após anos de desgovernos esquerdistas? E finalmente, e o mais importante, qual candidato realmente coloca o Brasil em primeiro lugar?
    Respondidas estas questões simples, a escolha será óbvia. E é justamente por isso que eu votarei em Jair Messias Bolsonaro para Presidente do Brasil em 07/10/2018. Já está na hora de colocar um verdadeiro Patriota no Palácio do Planalto. Simples assim.
    É o que penso.
    Robson Merola de Campos

      • Se eu tomar ao pé da letra o teu comentário, Lauro José, o Messias mais conhecido e cultuado foi morto crucificado.

        O atual, candidato ao Planalto, Messias no nome, foi esfaqueado, haja vista querer melhorar o país.

        O primeiro morreu, o segundo está mal.
        Não há como compará-los no que ambos fizeram para o ser humano, razão pela qual o verdadeiro Messias é Deus ou, o seu filho.

        No entanto, o segundo também não deixa de ser Seu filho, porém seus irmãos queriam matá-lo, e o esfaquearam, deixando-o penando no hospital.

        Bolsonaro não é o Messias, mas traz consigo a esperança de um Brasil melhor, apesar de toda a campanha sórdida que fazem contra ele, e que tem logrado êxito, desgraçadamente.

        A sua saída da disputa à presidência da República mostra a intolerância de grupelhos que se dizem democratas e tolerantes, algo semelhante quando o Sinédrio acusou Cristo de ser um falso Deus, antes de ser julgado por Pôncio Pilatos.

        Bolsonaro, antes de ter um dia de governo, foi condenado à morte!

        O que poderia ser feito com Lula e Dilma, que governaram por mais de 13 anos, e cometeram os mais terríveis crimes contra um povo e país??!!

        • Não tenho nada contra o Bolsonaro, me parece até um cara brincalhão, divertido, provocador, um bom bravateiro do Vale do Ribeira, cuja eleição poderia até ajudar o vale a deixar de ser o “Ramal da Fome” de SP, assim como não tenho nada contra os demais candidatos, o diabo é que nenhum deles têm projeto novo e alternativo de política e de nação, que é o que todos estamos precisando a pelo menos uns 50 anos, nós e o Brasil, daí fica tudo no blá-blá-blá e na fuxicação um contra o outro que não leva a lugar novo nenhum. Tô fora. Prefiro a Revolução Pacífica e Redentora, da política, da nação e da população, líquida e certa, com começo, meio e fim, que não é de direita, não é de centro e nem de esquerda.

    • Dr. Belem,

      Oportuna publicação de um texto que elogia Bolsonaro.
      Pelo menos como contrapartida de comentários que o depreciam, havendo a devida compensação.

      Entretanto, venho observando há alguns anos, que a esquerda simplesmente detesta a palavra PATRIOTISMO.

      Certamente porque queimam o Pavilhão Nacional e entoam outros hinos que não são os nossos, apresentar-se como patriota é ao mesmo tempo a esquerda entender que se é inimigo!

      Bolsonaro traz de volta o orgulho de ser brasileiro, de se ter nascido nesta terra, e de ter sido construída à base de lutas, apesar de o seu povo continuar sendo pobre, roubado e explorado pelos políticos e a elite mais perniciosa que temos, os banqueiros!

      Não quero comparar o meu tempo com o de agora, onde na minha época se cantava o Hino Nacional diariamente antes de se entrar em sala de aula, da mesma forma quando havia outras datas festivas, como a Proclamação da República, Dia da Bandeira, Dia do Índio, Dia da Árvore, Dia dos Pais, Dia das Mães.

      Não acredito que os estudantes de hoje saibam as letras desses hinos que citei, como também quais seriam os símbolos nacionais, o selo nacional.

      O Brasil, como país, tem sido culpado pelos males causados pelos políticos e autoridades, cujos exemplos de comportamento deixam não só a desejar, como se tornam reles ladrões, causando a decepção ao povo, que não distingue os males protagonizados por essas pessoas, onde o Estado nada pode fazer, pois comandados por corruptos e incompetentes.

      Aos poucos, a esquerda elimina a nossa nacionalidade, a nossa identidade como povo brasileiro, haja vista ser o socialismo e o comunismo sem pátria, ideologias que visam apenas e tão somente a manipulação do cidadão, a sua escravidão, e deixá-lo à mercê de um Estado autoritário e ditatorial!

      Quantas vezes, aqui mesmo, na TI, foram postados frases cínicas e hipócritas contra o patriotismo, como se cultuá-lo fosse crime ou uma conduta inadequada.

      Acredito que, possivelmente, essa ojeriza que alguns têm com as FFAA, deve-se ao fato de os militares ainda homenagearem a Pátria, demonstrando esse sentimento nobre pelo Brasil no desfile de Sete de Setembro.

      Um abraço, Dr.Belem.

      • Nada contra as forças armadas, desde de que sejam do bem. Até porque, qui e agora, precisamos delas no lugar, junto com a Revolução Pacífica e Redentora, da política, na nação e da população, até porque, em sã consciência ninguém aguenta mais o continuísmo da mesmice dos me$mo$ que já rola há 128 anos. Ademais, sem as forças armadas, impossível a Revolução Redentora. Cansamos de comer gatos por lebres.

    • Por ser sapateiro, não sei me expressar assim tão bem como o autor acima, mas sei o que vou fazer: votar no Bolsonaro. Sei que ele não é um Churchil na vida nem um Voltaire em intelectualidade, mas é um cabra macho e decidido a resolver os problemas nem que tenha que receber punhaladas dos covardes fedorentos esquerdistas de merda. E se ele perder para um esquerdista, vou lutar para que um general de verdade tome o lugar do capitão e arrume essa nossa zona tropical. Basta.

    • Ele nao deixa de ter certa razão. Apesar do pensamento antista campeante, um general é homem de vastos e disciplinados estudos. Quem quiser, leia um clássico. ” O que é uma constituição”, de La Salle. O gen deve ter lido.

    • texto impecável expondo a esquerda delituosa, mentirosa, e saqueadora dos cofres públicos. só mesmo idiotas lobotomizados votam nestes calhordas. ou então estão ganhando bolsa ditadura, ou na lei rouanet como os falsos artistas saqueadores. precisamos urgentemente nos livrarmos desta praga esquerdista pois o povo brasileiro já não aguenta mais tanta miséria, sacrifícios e escravidão a estes algozes vermelhos.

      • Morrer todos morremos, mas devemos viver de modo que, ao partirmos, os que ficam se rejubilem de nossa existência e amizade.
        Por isso voto em Bolsonaro e rezo para que o Haddad tropece na sua estupidez e quebre uma perna.

      • Pare de agourar o cidadão, Bolsonaro não vai morrer nada, nem com reza brava do Mourão, apenas vai levar um cacete da tal esquerda de araque nas urnas, porque a exemplo da tal esquerda, tb não tem projeto novo e alternativo de política e de nação para desbancá-la. Daí, nome por nome, partido por partidos, é lógico que o PT é o mais querido, ou menos odiado, pela população, cuja maioria no Brasil, há mais de 20 anos é visivelmente de esquerda. Por tudo isso prefiro o Leão, da Revolução Redentora, que realmente é um cabra macho, diferente das bonecas que aí estão se cagando de medo da Revolução.

  5. A Constituição “Cidadã” de 1988 é uma maravilha …

    para bandidos, pedófilos, facínoras e corruptos de toda a linhagem e espécie.

    100% Lixo!

    Quem está aqui na TI a dar ataques de pelancas porque o General Mourão fala a verdade, são os mesmos que acham que Fidel Castro era um anjo democrata e Chaves/Maduro estadistas.

    Viúvas de Fidel Castro inconformadas com a eminente vitória de B17!

  6. Os mortadelas da TI ficaram animadíssimos quando apareceu a possibilidade da Janaína ser vice. Eram só elogios. Parece que esperavam um atentado e com isso nova Marina-eduardocampos para ser derrotada. Diziam que com Mourão a chapa não iria decolar, muito militar… só que tiraram a escada e ficaram pendurados no pincel.

  7. Certamente que não, mas Marielle – Bolsonaro ainda está vivo, apesar da torcida imensa para que morra – também não tem a sua vida mais valiosa do que os milhares que são abatidos a cada ano pela violência que a extrema-esquerda tanto defende!

    Vou mais além:
    MUITO MENOS a existência de Mariellle teria mais valor do que as crianças que já foram mortas somente no Rio de Janeiro por balas perdidas ou até mesmo em chacinas e crimes de toda a ordem.

    A questão no Brasil é tão grave que a vida se tornou desvalorizada, brutalizada.

    Morrem inocentes a cada dia e fica por isso mesmo, lamentavelmente!

  8. Vamos ao que interessa aos Patriotas:

    “O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, permanece na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em condições clínicas estáveis e sem complicações no período pós-operatório. Continua recebendo analgésicos para controle da dor, afebril e sem outros sinais de infecção.

    Durante o dia de hoje reiniciará fisioterapia – caminhada e exercícios respiratórios.”

    • Bolsominions autodenominam-se os ‘Patriotas’…

      Parece a comunidade gay que tomou a bandeira do arco-íris para si, como símbolo, como se esta nunca tivesse representado nada antes…
      Absurdo!

      • AndreBR

        Saquei, você é militante do movimento LGBT.

        Que tal mudar seu preconceituoso posicionamento e votar no Bolsonaro?

        Não sei sua tendência LGBT mas Bolsonaro vai te tratar muito bem menina.

        • Mostre-me o que escreves que te saberei quem és!

          Se voce é pirralho não deve saber que nos anos 60, 70 e 80 o arco-íris era o símbolo do movimento livre, dos hippies, anti-guerra, e colva-mos adesivos nas pranchas, nos carros, nas nossas casas.

          Hoje está firmado como a bandeira gay, ou LGBT hoje em dia….

          Quanto a pessoas que atacam diretamente a opiniao alheia, “sacando” como voce diz, esta e a bandeira da deformação social, de gente que nao tem culhão pra falar na cara, faz-se de bravo guerreiro sabedor da verdade na clandestinidade, escrevendo dum armário…

          Que bandeira….
          Uma coisa e certa, voce nao saca e nada. Se fosse presencial então essa conversa, nem dava tempo…

          Nao tenho posicionamento, nem preconceito, sou brasileiro, acerto na hora, na cara.

        • PS: seu estilo de escrita me lembrou uma frase lida aqui na TI, em Janeiro de 2017… Parafraseando:

          “Ser um bozolnarista liberal deve ser mais ou menos como um homem que vira mulher e depois vira lésbica”

      • AndreBR

        Pelo seu comentário fica bem claro que você é militante LBTG.

        Se és tão liberal e se orgulha por que ficaste tão nervosinha.

        Todos os seres humanos devem ser tratados com respeito.

        Depois você critica o Bolsonaro.

        Menina menina!

  9. Na minha humilde opinião, esse General de pijamas e seu candidato vivem viajando na maionese. Quando acordarem, vão verificar que a realidade é dura, e o Brasil precisa de quem está acostumado a trabalhar duro e não de inventores, tentando inventar meios de resolver os problemas sem comprometimento e sem ter algum tipo de esfôrço físico ou mental.

  10. Ulisses Guimarães saldou a constituição de 1.988 como sendo a constituição dos miseráveis.

    ” Dr. Ulisses. temo que o senhor esteja sendo profético”
    Roberto Campos

  11. Quem primeiro falou sobre a necessidade de uma nova constituíção, via plebiscito, foi o Príncipe Luiz Philippe de Orleans e Bragança. Ele estudou a constituição do Império do Brasil, as constituíções das 6 Repúblicas que tivemos até agora e as constituíções de outros países, incluindo a dos Estados Unidos.

    Luiz Philippe na verdade juntou notáveis, constitucionalistas e ativistas e já tem uma proposta de nova constituíção pronta e que esta passando por revisão neste momento. O objetivo é discutir e debater esta nova constituíção com o povo brasileiro. Acredito que o Gen. Mourão esteja se referindo a este projeto.

    Luiz Philippe também fala de um quarto poder moderador (com chefe e conselho de estado) e um quinto poder, o povo. Essa nova proposta de constituíção visa dar menos poder aos poderes constituídos e mais poder para o povo.

    Bolsonaro sabe disso, só não sei se esta de acordo. Não sei também se foi bom o Mourão iniciar essa discussão agora. Não duvido que o Legislativo envie uma PEC com o objetivo de impedir isso. Os poderes da Republica farao de tudo para manter tudo como esta. Que dar poder ao povo que nada. Ao povo, o bolsa família basta.

  12. Cúmulo do ridículo essa lenga lenga que Patriota só é quem vota no
    Bozonaldo!!!

    Nem todo mundo no Brasil está entusiasmado com o Bozó e a chapa do PSL, isso os torna menos patriotas?

    E você? está começando a acreditar nas ilusões que estão criando aqui!?

    Bolsominions são apenas uma mínima parcela da população brasileira.

    Até aquele escroto do MALAFAIA, com livros de que vendem milhões no Brasil no estilo “Como derrotar as estratégias de Satanás” ganha em quantidade de adeptos.
    ‘Um em cada quatro brasileiros agora se pensa pertencer a congregações protestantes evangélicas, e os pentecostais como o Malafaia estão na vanguarda deste crescimento’.

    Bolzonaldio é so mais um craca entre tantos do nosso podre Congresso, que fez barulho ao esculhambar o PT e congressistas transtornados.

    Já não basta ser de uma chapa totalmente polarizadora, e seus adeptos vem querer influenciar a política da nação: Nós os Patriotas…

    Vá ver se o seu Frango esta sendo lavado inadequadamente e não encha o saco!

    Mais umas semanas e os bolsominions, derrotados nesta eleição, escafedem-se de vez, feito pum!

  13. Mourão quer reformar a Constituição…

    A reforma que esses malucos proferem inclui tornar o Estado (militar) mais importante que os Pais, na educação de nossos filhos…
    Projeto civilizatorio? DITADURA SOCIALISTA!

    Bem disse Cesar Benjamim:
    “O aspecto mais relevante, no Brasil contemporâneo, é a ascensão da mediocridade como valor”.

    Vai que um pangaré desses, mais um vice de caserna e seita secreta, levaria o meu voto.

    Viva Livre ou Morra Tentando

  14. Que tal uma constituição com o congresso de maioria picareta que aí está, ou com o próximo que será ainda pior, por força do $istema político apodrecido que ai está, com prazo de validade vencido há muito tempo, aliado às famigeradas leis de Gerson e de Murphy ?

  15. Eu comentei que achava Janaína Paschoal a melhor vice para o Bolsonaro porque ela ia qualificar a chapa. Não havia nenhuma segunda intenção nisso, até porque não tenho ingerência na decisão. Afinal, ela é filiada ao PSL, é correligionária do capitão e perfeitamente apta a ocupar essa posição.

    Pois essa proposta do Gal. Mourão, intempestiva e tosca no conteúdo e na forma, endossa cabalmente o que eu pensava.

    O general mostra desconhecer a diferença entre plebiscito e referendo, que seria o adequado no contexto. Plebiscito é aplicado antes de se formular uma medida. Referendo depois, para referendar, como a própria palavra diz, no caso a tal Constituição de gabinete que o general propõe.

    A Janaína, com certeza, pelo menos sabe essa diferença e não cometeria esse erro crasso, sobretudo para alguém que pleitea o cargo de vice presidente da nação.

  16. A solução é simples: fechamos o congresso. Neste caso 2/3 de zero é zero. Depois de mudar a Constituição, abrimos o congresso do modo que deve ser: reduzido, sem foro privilegiado, sem auxiliares excessivos e com código de honra.

  17. Tem uns desnorteados, analfabetos múltiplos que enchem os “comentários” de “kkkk” quando alguém inteligente passa por aqui e dar uma opinião verdadeira sobre o atual estado de coisas e o caos em que se encontra o país. Se formos analisar aqui sermos o 79o. de IDH para esses idiotas(utilizadores de computadores oficiais já detectados e treinados para agredir) não vão aguentar. Mas, traduzindo para essa “lulocanalha lulopetralha da seita satânica do fim do mundo” , esse índices que demonstram a miséria que estamos é fruto de sucessivos “desgovernos e desmandos desde a ascensão do doutor honóris causa em safadezas gerais Lula e sua antaterrorista-mor Dilma” que destruíram a Nação brasileira e impuseram um atraso colossal nas vidas dos brasileiros de bem que trabalham e produzem diuturnamente, ou seja, só gosta e apoia o PT e seus satélites, quem gosta de roubar e mamar nos cofres públicos malandramente se utilizando de intelectualidades traidores da Pátria brasileira para seus fins criminosos . Finalizando para baixar bem o nível e essa corja entender, quem votar em Hadad,Ciro,Marina e satélites vão empurrar o Brasil para uma “Venezuela piorada” , esses índices e os “chefes dos podresres brasileiros” já demonstram isso. Só gravem bem isso, o povo de bem não vai deixar barato entre ladrões e a salvação do Brasil estaremos a postos e determinados para defender o Brasil, queira ou não queira o “apoplético boquirroto do Ciro”, pois respostas virão, bem rápidas, muitos juristas petralhas vão voar para sustentar o Trem da História que se aproxima, mas, o povo estará ao lado do Brasil e nunca de “lulopetralhas”, sejam quais forem os “cargos de plantão que estejam no Brasil”, nossa Bandeira é Verde Amarela !!! Viva o Brasil, e podem gastar seus “kkkk” , ria de você mesmo, a mediocridade é livre, uma dia ainda aprenderás quem faz a História do Brasil !!!!

  18. Essa é uma notícia que nem merecia ser publicada. Só Mourão querer inverter os valores hierárquicos das Forças Armadas, ele um general, para ser “ordenança” de um capitão que quis jogar bombas nos alojamentos e banheiros dos quartéis por achar que ganhava pouco. Dá a dimensão para que saibamos o que pode acontecer no Brasil com essa dupla se ganharem a eleição. Digo, se ganharem. Não acredito que duzentos milhões de brasileiros sejam tão ingênuos. General não significa ser mais patriota que qualquer brasileiro. Passou pela academia, mas necessáriamente não significa ter atingido o estágio da inteligência. Está desesperado para assumir o lugar de Bolsonaro. Mas Bolsonaro não vai morrer e nem ganhar. “Mourão vai ficar chupando o dedo”.

  19. O que o Brasil precisa é o respeito à Constituição atual, principalmente pelos políticos. E por todos os candidatos. Agora, quem não gosta da Constituição, vá para a Venezuela, para a Rússia, para Cuba, pois lá tem a ditadura bem ao gosto desse general de pijamas.

  20. Beisso, você ouve falar em Venezuela, Russia e Cuba e não sabe nada sobre a realidade desse paises. Você se comporta como jagunço que recebe ordem do senhor de engenho para matar um adversário e já sai rangendo os dentes e nem conhece a pessoa. Quem mais mata no mundo é os EEUU. E tem gente que não pode ver um americano. Pensa que é um deus. Aqui no Brasil tivemos um senador da UDN que quando viu o Presidente dos EEUU “tacou-lhe um beijo desses desemtope pia mummmmmmmmPláaaa”. O general ficou atônito. Isso em pleno Senado da República. Não faça mais isso! Está proibido de fazê-lo! Senão eu falo com o Newton.

  21. Beisso, você ouve falar em Venezuela, Russia e Cuba e não sabe nada sobre a realidade desse paises. Você se comporta como jagunço que recebe ordem do senhor de engenho para matar um adversário e já sai rangendo os dentes e nem conhece a pessoa. Quem mais mata no mundo é os EEUU. E tem gente que não pode ver um americano. Pensa que é um deus. Aqui no Brasil tivemos um senador da UDN que quando viu o Presidente dos EEUU “tacou-lhe um beijo ha mão desses desemtope pia mummmmmmmmpláaaa”. O general ficou atônito. Isso em pleno Senado da República. Não faça mais isso! Está proibido de fazê-lo! Senão eu falo com o Newton.

  22. Ele nao deixa de ter certa razão. Apesar do pensamento antista campeante, um general é homem de vastos e disciplinados estudos. Quem quiser, leia um clássico. ” O que é uma constituição”, de La Salle. O gen deve ter lido.

  23. #PorissoVotoBolsonaroViceMourão #MulheresComBolsonaro
    A DISTINÇÃO ENTRE A “PROSTITUINTE” DO BRASIL E A CONSTITUIÇÃO AMERICANA
    Já que estão discutindo o assunto, queria lembrar que a Constituição Americana foi feita por 55 notáveis, 39 dos quais a assinaram, dura 229 anos, teve só 27 emendas, e serviu de base para forjar a nação mais poderosa do planeta. (AlexandreGarcia)

  24. vajra esse nome só pode ser de um veado que tem complexo de vira-latas. Você dá o que aos americanos? É melhor você tomar nos anos passados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *