Mouro, um vice-presidente intrometido, teve a ousadia de dar pitacos sobre poltica externa

Brasil no concorda com a invaso do territrio ucraniano', diz Mouro | Brasil | O Dia

Mouro se acha o mximo e no pode ver um microfone…

Roberto Nascimento

Na tarde desta quinta-feira, o vice- presidente Hamilton Mouro deu declaraes imprensa, condenando a invaso da Ucrnia ordenada pelo presidente Vladimir Putin. Chamou o governante russo de um novo Hitler. Entendi essa entrevista como uma desconsiderao do vice em relao ao presidente Bolsonaro.

Quem d declaraes oficiais pelo governo, em questes delicadas como a atual, nesse conflito no Leste Europeu, o presidente da Repblica, Jair Bolsonaro, que ordena ao seu Chanceler qual o caminho deve seguir nos organismos internacionais (ONU) e na atuao das Embaixadas brasileiras na Rssia e na Ucrnia.

MOURO EXTRAPOLOU – Ningum pode falar em nome do governo sem o aval e a permisso do presidente da Repblica. Qualquer iniciativa nesse sentido uma contrafao, um embuste, uma falsa qualidade.

O momento sensvel e a direo da poltica externa deve ter um nico comandante. Essa tarefa no pode ser dividida e haver uma contradio entre o chefe da nao e o vice-presidente.

O pas pertence ao grupo BRICS (Brasil, Rssia, ndia, China e frica do Sul). Ento, certas declaraes podem prejudicar os interesses brasileiros no mbito do bloco econmico.

POSIO CORRETA – Bolsonaro agiu acertadamente ao visitar a Rssia, visando s relaes diplomticas e comerciais, com estreitamento dos laos econmicos, que unem os dois povos.

O Brasil tm que manter a neutralidade, como vem fazendo neste confronto, seguindo o pragmatismo democrtico responsvel, que sempre foi o norte da poltica externa brasileira.

A esse respeito, o pronunciamento do embaixador brasileiro na ONU a favor da soberania dos povos, como lema do povo brasileiro, deveria ser seguido por todos os integrantes do governo Bolsonaro, especialmente o vice-presidente Hamilton Mouro, que perdeu uma boa oportunidade de ficar calado.

12 thoughts on “Mouro, um vice-presidente intrometido, teve a ousadia de dar pitacos sobre poltica externa

  1. Para mim jogo
    Combinado.

    Quando cobrei em grupos de whats sobre o jogo andar de motinho ao invs de condenar a invaso, de todos eles o assunto virava_se para o Mouro.

    Que ele no devia falar, que o bozo no podia ter qye se preocupar em apagar o incndio da fdja do Mourao etc etc.

    No deve falar nada.

    Para mim tem menos moral que o bozo pois continua a fazer parte ativa do governo.

    Vai falar quando for humilhado pela Milsima vz e chuta o balde e abandonar.

    Ou escreve uma carta.

    No devia falar, certamente, a no ser que estivesse fira fo governo.

    Por mim nao merece o menor crdito.

    Espero wye venha ao rs e faa uma misria vergonhosa de votos, condizente com sua postura.

    No sei como se combina soberania com invasao

    • A manifestao do vice, se insere no contexto do seu distanciamento do presidente, agravado pela comunicao de que no participar da chapa da reeleio. Os analistas dizem, que ser o ministro da Defesa, Braga Neto, mas, no creio, que possa agregar valor para angariar votos na dificlima eleio de outubro.
      O vice exagerou no vocabulrio. Faltou- lhe assessoria. O momento grave, por isso, as palavras devem ser bem sopesadas.

      Quanto a candidatura de Hamilton Mouro, ao Senado pelo Rio Grande do Sul, uma aposta corajosa. O vice provavelmente estudou o cenrio dos postulantes adversrios e concluiu por tentar um mandato no RS, em detrimento de uma disputa no Rio de Janeiro, na qual teria que concorrer com o senador Romrio, o Bispo Crivella e o deputado Alexandro Molon. Trio barra pesada.
      E para piorar, somente uma vaga de senador nesta eleio.

  2. Duarte, voc citou o Rio Grande do Sul e suscitou em mim, uma dvida. Por que, um Estado com tantos luminares da poltica brasileira, como Pedro Simon, Paulo Brossard, Leonel Brizola, Getlio Vargas, Joo Goulart, os gachos tero que votar em Onix Lorenzoni e no novato outdsider Eduardo Leite?
    nesse vcuo, que Mouro quer entrar. Nesse sentido, evidentemente foi uma boa escolha.
    Precisa calibrar seus pronunciamentos. Um erro, pode ser fatal. Os adversrios no perdoam uma falha.

    • Nascimento Bom dia.

      Desculpe o texto s vezes confuso mas continuo com ombro direito imobilizado e tenho que recorrer ao Google ou a mo esquerda os dois so terrveis.

      Sobre o Mouro para mim uma decepo superior at bolsonaro de quem no se esperava tanto mas ele tem dado mostras de adorar as benesses do poder e no se importar em ser extremamente flexvel se vergar e lamber as botas de bolsonaro a cada humilhao para no perder as tetas do poder.

      to vexatria essa sua submisso que parece jogo combinado.

      Na hora da Ona beber gua sempre est e acredito sempre estar ao lado de bolsonaro.

      Por isso mesmo numa disputa com quadros lamentveis como Onix Onix E o senador cloroquina e outros menos visveis ainda assim acredito que ter dificuldade pela sua postura Firme com uma gelatina

      • Sobre o meu estado infelizmente atingimos o que dizia Osvaldo Aranha um deserto de homens e de ideias

        O motivo no sei acredita que sejam vrios assim como a queda de um avio nunca h um motivo s mas a juno de pequenas tragdias ao final resulta em uma grande tragdia.

        A runa financeira do Estado desnudou uma situao vergonhosa para os Gachos. Sempre nos orgulhamos de sermos diferentes do resto do Brasil dos polticos que viviam a sombra do Estado e percebemos com grande pesar de que no ramos diferentes pelo contrrio o assalto aos cofres pblicos e a dependncia da iniciativa do Estado era to grande ou maior do que em outros estados.

        Quando for impossvel continuar a mesma poltica de Amparo pelo Estado das suas vrias formas ficamos sem saber o que fazer.

        O surgimento do PT e a sua fora que estado conquistando prefeituras posies importantes na Assembleia e at o governo do estado de forma repetida seguramente reforou essa ideia de que o estado deveria subir a todos.

        O PT pensvamos estava avanando a poltica brasileira com a sua posio moralista com a sua composio estruturada em sindicatos e trabalhadores mas na prtica percebemos hoje que ele estava rebaixando o nvel da poltica levando apenas a ser a nosso favor ou contra ns com isto As lideranas que no se sentiram confortveis em participar desta guerra suja permanentemente sem grandes discusses de sua profundidade aos poucos foi abandonando a poltica.

        A tomada de assalto no MDB Nacional por figuras como Qurcia Newton Cardoso e outros similares enfraqueceu a projeo de Pedro Simon o ltimo grande lder, Guardio da Moral e dos bons costumes que cuidava com mo de ferro do MDB do Rio Grande do Sul, buscava novas lideranas como Germano Rigotto Como Jos Fogaa entre outros.

        Admisso de sua fora no cenrio nacional evidentemente se refletiu aqui no Sul onde tambm ou MDB comeou a ser corrigido trazendo figuras similares e aliadas nacionalmente a esses luminares da poltica e da poltica de negociao e de obteno de vantagens a todo custo.

        Assim o MDB do Rio Grande do Sul que sempre era diferente do MDB corrompido nacionalmente, tornou-se uma extenso do cenrio nacional no havendo mais espao para o Simon e para sua poltica de a lista.

        Brizola com todos os seus mritos como lder com brasileiro preocupado com o futuro da nao e dos seus habitantes, com a sua postura de no deixar nem um grande lder se criar a sua sombra tambm permite um partido grande o PDT mas com quase nenhuma figura de expresso.

        O declnio absurdo da qualidade do ensino motivo anteriormente de orgulho para todos os Gachos, resultou na formao de militantes e Guerreiros de uma ideia e de um partido ao invs de grandes nomes participando da discusso das grandes questes nacionais ou estaduais.

        O CPEx Sindicato dos Professores transformou-se num instrumento de luta ideolgica de lavagem cerebral visando transformar todo mundo toda criana no socialista o comunista como queiro e esqueceram-se de ensinar e de difundir a cultura e o ensinamento.

        Hora em ambientes de trevas qualquer pequena vela parece um holofote.

        Provavelmente existem muitas outras causas mas muito difcil para mim escrever sobre isso.

        Logo que melhorar vou voltar ao assunto Acho interessante realmente como atingirmos um patamar to baixa que poltica .

        s verificar absoluta ausncia de polticos gachos no cenrio nacional

        Obrigado pela preferncia um grande abrao e vamos continuar na luta

        • Prezado Duarte
          Que texto maravilhoso sobre poltica do Rio Grande do Sul.
          Anlise nua e crua, indo aos detalhes do antes e do agora.
          Acompanho o Partido MDB nacional, desde a Ditadura Militar. A ARENA (Aliana Renovadora Nacional), de renovadora no tinha nada, era o mais do mesmo. Arena era o embrio do Centro.
          O MDB tambm apoiou a ” Revoluo”, mas, como era uma Frente, os Autnticos divergiam do comando do Partido, muito mais pragmtico. Tanto, que essa corrente mais progressista do Partido era chamada de “esquerdistas”.
          No SUL lembro do combatido deputado Alencar Furtado, do Paran.
          No Rio de Janeiro, o dono do MDB era o governador Chagas Freitas, que liderava os deputados para votar nos projetos do governo militar/civil.
          Duarte, se formos comparar seu Estado, com o Rio de Janeiro, a cidadela aonde vivo, voc ganha de goleada. Nos ltimos 20 anos, os governadores eleitos e a bancada de deputados federais eleitos, transformou o Estado em chacota nacional.
          Trs governadores afastados do cargo por corrupo, um deles ainda encarcerado e mais dois respondendo na Justia. Um desastre para cariocas e fluminenses. Por conta desse descalabro gerencial e tico, o Rio de Janeiro se encontra em Recuperao Fiscal, atolado em dvidas.
          muito triste comentar sobre esse drama, que nos assola.
          E o carioca, que era alegre, piadista, acolhedor, se tornou agressivo e vem desrespeitando as Leis e regras civilizatrias todos os dias. Por exemplo:
          Regras de trnsito: avano de sinal, uso de setas indicando que vai virar esquerda ou direita, uso de celular numa mo e a outra para passar a marcha e segurar o volante.
          Regras de sade pblica: desrespeito no uso de mscaras e distanciamento social.
          Evidente, que se trata de 50% dos cidados, sendo muito otimista. Observo isso, todos os dias no transporte coletivo e observando o trnsito.
          As naes tm o seu tempo de crescimento econmico, social e poltico. Por isso, acredito que vamos dando os passos lentamente em busca de mais justia social e respeito as Leis.

  3. Desculpem. Estou corrigindo o texto. me perdoem.

    Gostaria de conhecer a sua opinio sobre o assunto. Quem sabe possamos convergir sobre o assunto?
    Ningum tem o dom da verdade absoluta.
    As opinies so postas para que haja o debate das ideias.
    Inmeras vezes, aqui na TI, elogiei o posicionamento do vice, Hamilton Mouro, um militar preparado, estudioso dos problemas brasileiros e um poltico que expe as suas ideias com coragem e fibra.
    Infelizmente, dessa vez, discordei.
    Li o artigo do escritor peruano Prmio Nobel, Mrio Vargas Llosa, sobre o desenrolar do processo que levou a morte do filsofo Scrates, muito importante nesse momento que vive o mundo. O retorno da Guerra Fria.
    Scrates se convenceu, que ainda que absurda, a sentena que o condenou a beber Cicuta (veneno mortal) deveria ser cumprida. Ele amava demais sua cidade Atenas e ensinava a seus discpulos, em suas palestras ao ar livre, nas ruas, que as leis da cidade so sagradas e deveriam ser cumpridas. Assim, exps com o brilhantismo habitual no domingo, Mrio Vargas, no jornal O Estado de so Paulo.
    Um homem genial, frente do seu tempo, o filsofo Scrates. Teve a oportunidade de fugir e no o fez.
    Ele sabia, que as Leis da Terra so injustas e que Justia s existe no paraso, como bem pontuou recentemente, o Ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal, Eros Grau.
    O mundo sempre esteve em guerra, desde os Imprios do Egito, o Romano, Portugal, Espanha, Frana, Inglaterra e agora os Estados Unidos, o senhor do mundo. fazem o que querem e se acham no direito de criticar os outros.
    O prprio Biden ano passado ordenou um ataque a um suposto terrorista no Afeganisto, quando abandonavam o pas a prpria sorte e acertou o alvo errado, matando inocentes, perto do aeroporto de Cabul.
    No Iraque praticaram um massacre, acreditando que Saddan tinha armas de destruio em massa. Era mentira. Morreram centenas de iraquianos e mataram o ditados Saddan Hussein.
    E os exemplos do Vietnam, da Lbia, completamente destruda por bombas disparadas do mar Mediterrneo, atravs de Drones assassinos.
    E os franceses e ingleses, que armaram os insurgentes, a partir de Benghasi, para iniciar a derrubada de Kaddafi.
    A Lbia est destruda, e sua Infraestrutura retorno ao patamar de 100 anos. A Mdia ocidental no d a mnima para o drama do povo lbio, largado a prpria sorte.
    No acredito em nenhum lder mundial, so todos voltados para seus prprios interesses pessoais e corporativos.
    Duvido, que todos enterrem seus arsenais nucleares, pelo contrrio, impedem que outros pases possuam a tecnologia. Pressionaram o presidente Collor a desistir dos testes nucleares e agora tomaram a Base de lanamento de msseis de Alcntara no Maranho.
    Eles se preocupam com a vida do planeta? Acho que no, seno evitariam as duas bombas nucleares contra cidades japonesas, no final da guerra, portanto, desnecessrias. Lamentvel

  4. Caro Nascimento

    grato, mais uma vez, a gentileza caracteristica dos grandes homens.

    Nao sei se sabiamos menos, se ermos mais ingnuos e otimistas, nao sei se os atores eram mais performticos, mas para mim, real que mudamos, muito e para pior.

    Como dizia Ulisses, o que vier ser muito pior.

    Quando conseguir escrever, vou fazer um artigo /provocacao ao debate(claro viro as ofensas dos democraticos raivosos) sobre o que, eu, na minha limitada ignorancia, considero a gasolina para a criminalizacao em grande da escala da poltica no Brasil:

    o voto aos analfabetos e remuneracao dos vereadores

    mas vai demorar.

    Catar milho com a mao esquerda cruel

    Grande abraco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.