MP constatou indícios de “organização criminosa” no gabinete de Flávio Bolsonaro

Resultado de imagem para rachadinha + flavio bolsonaro

Flávio Bolsonaro e Queiroz comandavam a “organização criminosa”

Bela Megale e Aguirre Talento
O Globo

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro aponta indícios da existência de uma “organização criminosa” no gabinete do então deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), atual senador e filho do presidente, e descreve detalhes de movimentações financeiras suspeitas envolvendo Flávio e assessores parlamentares desde o ano de 2007. O material, com 87 páginas, foi apresentado à Justiça do Rio para pedir as quebras de sigilo bancário e fiscal de Flávio Bolsonaro e outras 94 pessoas, sob suspeita dos crimes de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

“Na presente investigação, pelos elementos de provas colhidos já é possível vislumbrar indícios da existência de uma organização criminosa com alto grau de permanência e estabilidade, formada desde o ano de 2007 por dezenas de integrantes do gabinete do ex-deputado estadual Flávio Nantes Bolsonaro e outros assessores nomeados pelo parlamentar para outros cargos na Alerj, destinada à prática de crimes de peculato, cuja pena máxima supera quatro anos”, descreve o MP.

QUEIROZ – Esse esquema criminoso teria como um dos integrantes o ex-assessor Fabrício Queiroz, cuja movimentação financeira atípica havia sido detectada pelo Coaf. Para o MP, “não parece crível” que Queiroz seria o líder da organização criminosa sem conhecimento de seus “superiores hierárquicos durante tantos anos”.

A organização criminosa teria “clara divisão de tarefas entre núcleos hierarquicamente compartimentados”. O primeiro núcleo, segundo o MP, tinha a tarefa de nomear pessoas para ocupar cargos em comissão na Alerj em troca do repasse de parte dos seus salários. O segundo tinha a função de “recolher e distribuir os recursos públicos desviados do orçamento da Alerj cuja destinação original deveria ser a remuneração dos cargos”. O terceiro núcleo criminoso seria formado pelos assessores que concordaram em ser nomeados sob compromisso de repassar mensalmente parte de seus salários aos demais integrantes da organização criminosa.

O esquema criminoso também usaria a nomeação de funcionários fantasmas para desviar recursos orçamentários da Alerj sem prestar serviços públicos e lavagem de dinheiro por meio da venda de imóveis, diz o MP.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Se não é esse o “tsunami”, o que mais pode ser?  É claro que há  provas contundentes, caso contrário o juiz Flávio Itabaiana, não autorizaria a quebra dos sigilos de 95 pessoas físicas e jurídicas. Agora, Flávio Bolsonaro precisa de um grande advogado. Aliás, o ex-assessor Fabricio Queiroz está sendo defendido por um escritório de renome. Quem estará pagando a conta? Será igual ao caso do Adélio Bispo, que ninguém sabe quem paga os advogados dele? (C.N.)

18 thoughts on “MP constatou indícios de “organização criminosa” no gabinete de Flávio Bolsonaro

  1. 95 pessoas? 95? Só isso? incrível é o MP do guardanapo ter deixado escapar os filhos nascituros dos suspeitos.
    Eis aí a confirmação do método investigativo à la STASI.

  2. Quando os Bolsonaro começaram a gritar pega ladrão em meio à multidão, já causou a impressão de que eles na verdade estavam despistando a possível perseguição da mídia, da polícia e a atenção da população, redirecionando-as contra os seus desafetos, como fazem agora em relação ao Ceciliano, p.ex., para que a boiada bandida deles passasse impune, como de fato passou até o presente momento fantasiada de mocinhos. Mas, como ninguém consegue enganar todos o tempo todo, a casa deles tb começou a cair, ao que parece.

    • Vai piorar muito mais a situação do Brasil daqui pra frente.
      O caos e a desordem já estão instalados.
      O Brasil está merecidamentemergulhado em um verdadeiro mar de lama de onde JAMAIS VAI SAIR .

  3. Bom, pelo menos o lento e dorminhoco Ministério Público e a tendenciosa e vendida mídia, ficaram mais espertos nesta nova legislatura!

    Lula tinha no seu gabinete uma quadrilha que se tornou a maior ladra da história moderna mundial, e o MP e imprensa só vieram a descobrir os roubos incalculáveis praticados pelos petistas anos depois!

    E isto que foi por delação!!!!

    Agora, pelo que se percebe, obtiveram tais dados de uma possível organização criminosa através de investigações e constatações, incluindo quebra do sigilo bancário.

    Alguém lembra de um petista íntimo de Lula e do poder à época, que tenha tido o seu sigilo bancário autorizada pela “Justiça”?

    E de um senador petista, cinco meses após ter sido empossado??!!

    Nada contra tais descobertas, pelo contrário, mas a minha reclamação diz respeito às várias formas de atuação do “fiscal da lei” e dos veículos de informação, que não são honestos com o povo, e com suas funções designada pela Constituição e pela ética profissional, respectivamente.

    Parabéns pela eficácia, apesar de tardia neste momento, após o cidadão e país terem amargado danos e prejuízos incalculáveis pelo ladrão e genocida, Lula, enquanto promotores e procuradores preocupavam-se apenas com seus salários e benefícios e, a mídia, divulgava que vivíamos no melhor dos mundos, pois quem habitava o Planalto era o PT!

    Logo, tais descobertas soam desafinadas, sem qualquer acorde que agrade aos ouvidos, pois seus executores não conhecem música, em face de que somente sabem dançar conforme o ritmo!

    • Ao que parece o MP no caso não tem bandido de estimação, está pegando geral, direta, esquerda e centro. Antes tarde do que nunca, amigo Chicão. Os meliantes do ptmdebismo já estão na cadeia. Agora eles estão pegando o resto, até como recado aos bandidos de todos os segmentos para que não ousem ascender ao poder usando a criminalidade como senha de acesso porque mais dias ou menos dias vocês serão todos pegos.

      • Meu caro Mário,

        O MP não tem bandido de estimação, concordo contigo, porém o critério de periculosidade dos criminosos, o “fiscal da lei” tem sido muito relativo!

        Onde eu me fundamento, basta citar o Temer, que vem roubando este país há décadas, e o MP fazia o quê?!

        Quantos anos Lula e sua quadrilha roubaram o povo e país?
        Mário, tem escândalos e falcatruas ainda impunes ou, por acaso, a Dilma ficará incólume com a Refinaria de Pasadena, as doações para Fidel Castro, a permissão para o seu partido, PT, seguisse roubando?

        Mostrar, nesta altura do campeonato e que a nossa derrota é iminente, que é um bom centro-avante, tarde demais.

        O mal está fazendo este povo e país, a verdade é esta!

        Os Três Poderes apodreceram, ruíram, tornaram-se castas e nos designaram seus inimigos!

        Pretendo concluir um comentário sobre as doenças que estão nos levando à morte. Quero ver se concluo ainda hoje, onde eu abordo categoricamente que o povo e país estão com AIDS, figurativamente, óbvio, pois se trata de uma doença sem cura.

        Abração.
        Saúde.

  4. É bem possível que essa dupla dinâmica seja apenas a ponta do iceberg, ou da possível “organização criminosa” da qual o assassino de Merielle (vizinho de Bolsonaro) tb é parte integrante, da área da matança de desafetos, a julgar pelo perfil do Queiroz , dando a impressão de que a base forte da organização criminosa é composta por ex-policiais militares, parentes e afins, reformados, renegados ou expulsos das suas respectivas corporações, cooptados, que de tão forte e ousada acabou elegendo até senadores e presidente da república, sendo sintomático o discurso grosseiro, ofensivo e ameaçador do presidente, típico de miliciano. E daí a gente vê a que ponto chegou a política deste país, ao nível de fiofó de cobra, de modo que se não mudarmos agora essa bagaça que produziu esse estado de coisas e coisos, retratos da decadência terminal, não há mais o que fazer, senão aderir ou morrer permitindo que a bandidagem jogue todas as utopias sadias no saco e as joguem no rio tão caudaloso quanto imundo.

  5. Indícios, ah vá se catar, isto é para livrar posteriormente a cara do cara, que país é este, mais de R$ 9 milhões em pouco tempo como deputado, é por isso que a impunidade anda solta neste pais.

  6. No Extra On-Line tem uma reportagem sobre o tema. Interessante notar que ele comprou os imóveis em relativa baixa e os vendeu na chamada bolha especulativa que ocorreu no final do governo Dilma. Quando houve uma explosão nos preços dos imoveis. Se os imoveis foram declarados, o ônus da prova é todo de quem acusa. Lembrando que denunciação caluniosa também é crime, independentemente de quem a pratique. Além disso, ele teve seu nome alardeado em toda mídia.

  7. Não tenho dúvidas que essa investigação, futura acusação e até mesmo julgamento são muito mais politicos que juridicos. Isso não quer dizer que Flávio Bolsonaro seja inocente mas ele é tão culpado quanto praticamente 90%(chute por baixo) dos deputados e ex deputados da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro.
    Nessa situação que se avizinha, fico trsite de fazer essa afirmação, mas o governo Bolsonaro se enfraquece de uma forma brutal, pode se caminhar a passos largos para um processo de impeachment. Tenho simpatia pelo Bolsonaro, mas talvez não haja saida. Uma maneira de ele e seus familiares voltarem a ter um minimo de paz, talvez seja com uma renuncia unilateral do capitão. O país ficaria em boas mãos com o General Mourão que tem a vantagem de ter filho(s) muito mais tranquilo(s) e principalmente não deve nada aos fundamentalistas que atrapalham muito mais que ajudam ao Presidente Bolsonaro. Tomara que eu esteja errado e que o capitão consiga dar a volta por cima e não precise lançar mão de uma decisão como essa, mas que deveria pensar no assunto, isso eu acho que deveria.

    • Presidente chama-se Jair … e não Flávio!!!

      Temer já mostrou que ninguém consegue fazer Presidente renunciar por coisas fora do mandato!!!

      Vamos cumprir a CIDADÃ, né???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *