MPF conclui que Adélio agiu sozinho em atentado contra Bolsonaro e pede arquivamento de inquérito

Arquivamento é provisório pois há diligências que dependem do STF

Marcelo Rocha
Folha

O Ministério Público Federal em Minas Gerais se manifestou pelo arquivamento provisório do segundo inquérito policial que apura a possível participação de terceiros no atentado contra o presidente Jair Bolsonaro na campanha eleitoral de 2018.

No documento enviado à Justiça Federal, a Procuradoria afirma ter concluído, após análise do material reunido pela Polícia Federal, que Adélio Bispo de Oliveira concebeu, planejou e executou sozinho o atentado. Adélio, declarado inimputável por ter doença mental, cumpre medida de segurança no presídio federal de Campo Grande (MS).

JÁ ESTAVA EM JF – Segundo o Ministério Público Federal, Adélio já estava em Juiz de Fora quando o ato de campanha do então candidato Bolsonaro foi programado e que, portanto, o autor da facada não se deslocou até a cidade com o objetivo de cometer o crime. Os representantes da Procuradoria afirmam ainda que Adélio não mantinha relações pessoais com nenhuma pessoa na cidade mineira, tampouco estabeleceu contatos que pudessem ter exercido influência sobre o atentado.

Além disso, frisam ainda os procuradores que ele não efetuou ou recebeu ligações telefônicas ou troca de mensagens por meio eletrônico com possível interessado no atentado ou relacionadas ao crime.

MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA – As investigações da Polícia, de acordo com a Procuradoria, deixaram claro que, nas contas bancárias de Adélio e de seus familiares também investigados, não houve movimentação financeira incompatível com seus trabalhos ou com seus padrões de vida.

A apuração não encontrou valores atípicos ou de origens desconhecidas nas contas do suspeito ou de seus familiares. “Não há respaldo à hipótese de que o delito pudesse ter sido praticado mediante pagamento”, afirma o Ministério Público Federal.

12 thoughts on “MPF conclui que Adélio agiu sozinho em atentado contra Bolsonaro e pede arquivamento de inquérito

  1. FUÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓ !!!!

    Atenção, Gadinho Histérico Guardião da Hemorróida Presidencial!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    O dono da cocheira informa:

    “Suas definições de cumunixta foram atualizadas!!!!!!!”

    Zurrem bem alto:

    “Ainnnnnnnnnnnnnn, o MPF-MG quer a Hemorróida do meu Imbroxável!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!”

    “Ainnnnnnnnnnnnnn, o MPF-MG quer a Hemorróida do meu Imbroxável!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!”

    “Ainnnnnnnnnnnnnn, o MPF-MG quer a Hemorróida do meu Imbroxável!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!”

    “Ainnnnnnnnnnnnnn, o MPF-MG quer a Hemorróida do meu Imbroxável!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!”

    “Ainnnnnnnnnnnnnn, o MPF-MG quer a Hemorróida do meu Imbroxável!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!”

    “Ainnnnnnnnnnnnnn, o MPF-MG quer a Hemorróida do meu Imbroxável!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!”

  2. “O Ministério Público Federal em Minas Gerais se manifestou pelo arquivamento provisório do segundo inquérito policial … ”

    “Arquivamento provisório”; seria o mesmo que parar uma investigação (que já é acusada de estar sempre em ritmo de “arquivamento”).

  3. Nunca ouvi falar de arquivamento provisório
    Ou é sobrestamento?
    Que também não existe, salvo no aguardo na dependência de perícia, laudo, reconstituição…

  4. Grande conclusão, o tempo dirá sobre tal investigação, tenho minhas duvidas, depois da análise do jornal ggn, com gravaçao, é difícil acreditar na pf, o mundo está horrivel, que Deus tenha piedade.

    • Você está comparando o politico que foi menos nocivo ao povo brasileiro; o menos pior, o que recebeu menos, no menor dos delitos (rachadinha); com um retardado que era e foi bancado por algumas pessoas para assinar o presidente.

    • Quebrar o sigilo do adelio, não leva á lugar nenhum; ele é igual ao meu vizinho, tem que descobrir quem banca ele, sabendo que ele iria fazer isso. No caso do meu vizinho (boca aberta), ele está falando ao vento, que foi no sindicado, acertou o recebimento de 250,00 para embarcar em um ônibus para brasilia, com transporte e alimentação de primeira; para : “detonar geral na capital”.

      PS: Dá ultima vez, gravaram ele bêbado, dizendo como foi, voltou, quem pagou e como destruiu o prédio de um ministério.

  5. Bolsonaro que mude de vida, porque do jeito que ele conduz as coisas, com provocações ofensivas gratuitas, continuará gerando legiões de inimigos mortais. Ter um só inimigo na vida, já é terrível, a gente encontra o desgraçado em toda parte, imagine arrumar de graça milhares de inimigos.

  6. Mexeu na ferida, Junior, e ele ainda acredita que terá eleitores ao final desta longa campanha(4 anos), e o que eu tenho certeza é que a burrice pagará um preço. O Lula é hoje, talvez, a figura mais execrada do país, mas o será por pouco tempo, o concorrente é forte, muito forte. Aguardem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *