Mubarak caiu. E daí? O que vai mudar no Egito? Nada. Sai um ditador e entra outro. Simples assim.

Carlos Newton

O comentarista Otaciel de Oliveira Melo nos manda mensagem dizendo: “A Tribuna da Imprensa ainda não sabe, mas Mubarak e seu vice caíram.Que tal o Carlos Newton, que imagino que pelo nome deve ser contrário a tudo o que escreve o Newton Carlos, escrever um artigo falando sobre o que muda no Oriente Médio após a queda de Mubarak? Ou será melhor ir no blog do Newton Carlos e colar aqui a sua matéria sobre o assunto, que provavelmente já deve estar saindo do forno?”;

É claro que estamos sabendo. Helio Fernandes já está escrevendo sobre isso e vai fazer uma bela gozação com o embaixador brasileiro no Cairo, que deu repetidas entrevistas, errando todas as previsões. Você não perde por esperar, Otaciel.

E se você é leitor do blog de Newton Carlos, não precisa nem conferir o que escreverei a respeito. Sou amigo e admirador dele, trabalhamos juntos diversas vezes e tenho certeza de que logo voltaremos a estar juntos.

Quanto a mim, tenho opinião formada sobre o Oriente Médio. Sei que nada mudará. À exceção de Israel, não existem democracias reais nessa rica e, ao mesmo tempo, miserável região. O país que mais se aproxima da democracia é o Líbano, mas está sempre sujeito a chuvas e trovoadas.

O sectarismo e o radicalismo religioso predominam. Não adianta a gente torcer daqui para que o Egito de repente se democratize. Essa possibilidade não existe. Eles nem sabem o que é uma eleição direta. Desde o rei Farouk, passando por Gamal Nasser, Anuar Sadat e Hosni Mubarak, é um ditador após o outro.

Política e religião, interligadas, formam um coquetel explosivo, porque em nome de Deus tudo pode ser permitido. Pense sobre isso, Otaciel. Nada vai mudar no Egito. Sairá um ditador e entrará outro. Com as benções dos Estados Unidos, é claro, que se acham donos dessa parte do mundo.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *