Multa da empreiteira Delta é anulada em tempo recorde pela Prefeitura do Rio

Carlos Newton

O site G1, da Organização Globo, revela que em apenas 12 dias úteis, a Secretaria Municipal de Obras do Rio de Janeiro suspendeu uma multa de R$ 674 mil aplicada à Delta Construção por causa de atrasos nas obras do Viaduto do Lameirão, em Santíssimo.

A turma é mesmo unida…
O prazo entre o recurso da empresa e a decisão do município foi curto. A “fatura”, como a secretaria chama o comunicado de infração, foi devolvida ao órgão, com as justificativas da construtora, num sábado, em 29 de setembro passado, e o parecer sobre a suspensão da multa, publicado no dia 16 deste mês.

Como se sabe, o ex-presidente da Delta Construção Fernando Cavendish é investigado por ligações com o bicheiro Carlinhos Cachoeira, que está preso e foi alvo de CPI. Amigo de Sérgio Cabral, de quem foi concunhado, o empresário foi fotografado, durante uma comemoração em Paris, com o governador e outros integrantes do staff estadual, como o secretário de Saúde, Sérgio Côrtes, e de Governo, Wilson Carlos, além do secretário municipal de Urbanismo, Sérgio Dias.

Essa promiscuidade, é claro, rompe a fronteira entre os interesse público e o interesse privado, e é impressionante que não estejam sendo investigadas com profundidade as ligações espúrias entre Cavendish, o governador Sergio Cabral e o prefeito Eduardo Paes.

###
“EXPLICAÇÃO”

De acordo com a secretaria, a Delta alegou ter sido prejudicada por fatores que não dependiam de seu desempenho, como desapropriações. Diante do argumento, o órgão decidiu pela anistia da multa.

A promessa é que a construção do viaduto, iniciada em março do ano passado, esteja concluída até o fim do ano. Estão previstas ainda outras intervenções, como a duplicação das estradas de Paciência e do Lameirão. O secretário da pasta, Alexandre Pinto, não quis comentar o assunto.

O fato é que o caso revela favorecimento à Delta ou esculhambação na Secretaria, porque multar a empreiteira de uma obra que não pode ser feita parece ser uma coisa inadmissível e inverossímil.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *