Na Casa da Dinda, PF aprende coleção de carros de Collor

Este Lamborghini é um dos carros da coleção do ex-presidente

Deu no G1

A Polícia Federal (PF) apreendeu nesta terça-feira (14), por ordem do Supremo Tribunal Federal (STF), três veículos de luxo na residência de Brasília do ex-presidente e senador Fernando Collor de Mello (PTB): uma Ferrari, um Porsche e uma Lamborghini.

Os agentes federais cumpriram nesta manhã mandado de busca e apreensão nas casas de Collor na capital federal e em Maceió na mais recente fase da Operação Lava Jato, batizada de Politeia. Ao todo, o STF expediu 53 mandados de busca e apreensão, que fazem parte de seis inquéritos que investigam políticos com foro privilegiado dentro da Operação Lava Jato.

A Ferrari apreendida na Casa da Dinda, propriedade de Collor que foi usada como residência oficial da Presidência na época em que ele comandou o Palácio do Planalto, é o modelo 458 Italia, cuja edição 2015 está R$ 1,95 milhão.

Já a Lamborguini apreendida é o modelo Aventador LP 700-4 Coupé, avaliado em R$ 2,4 milhões na versão 2015.

OUTROS MANDADOS

Além das casas de Collor em Brasília e em Maceió, foram cumpridos mandados de busca e apreensão nas residências do senador Ciro Nogueira (PP-PI) e do deputado Eduardo da Fonte (PP-PE), em Brasília, na do ex-ministro e ex-deputado Mário Negromonte (PP-BA), na Bahia, e na do ex-ministro e senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE).

Os outros envolvidos foram os senadores Ciro Nogueira (PP-PI), presidente nacional do partido, os ex-ministros Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE, hoje senador) e Mário Negromonte (ex-PP-BA, hoje conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia), o deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) e o ex-deputado João Pizzolati (PP-SC, atual secretário estadual de Articulação Política em Roraima).

A ação também investiga o advogado Thiago Cedraz, filho do ministro do TCU (Tribunal de Contas da União) Aroldo Cedraz. Os policiais estiveram na casa e no escritório dele, em Brasília.

25 thoughts on “Na Casa da Dinda, PF aprende coleção de carros de Collor

      • Tem preto que come da branca
        Tem branco que come da preta
        Tem gosto pra todo freguês
        Só não vale misturar
        Vai numa de cada vez, não misture o paladar
        Que overdose de cocada, até pode te matar

        É cocada boa, ou não é
        É cocada boa
        É cocada boa, ou não é
        É cocada boa

        O delegado da área, já mandou averiguar
        O que é que tem nessa cocada
        Que tá todo mundo querendo provar
        Houve uma diligência só para experimentar
        Eles provaram da cocada e disseram doutor deixa isso pra lá

          • O responsável assim dizia: Na minha festa não tem bebedeira
            Porque aqui no meu barraco só tem Coca aí na geladeira
            Tem coca aí na geladeira 3X
            A polícia foi informada que o dono da festa era vapor
            Que o bagulho estava entocado dentro do congelador
            Aí o delegado partiu pra lá pra dar um flagoroso perfeito
            Dizendo Isto não está direito, vou acabar com a bandalheira
            Mas qdo abriu a geladeira o doutor gritou muito injuriado:
            Esse caguete caguetou errado pq aqui não tem sujeira.
            Parece até festa de bíblia porque só tem Coca aí na geladeira.
            Tem coca aí na geladeira 3X.

      • Mas é que fui num velorio velar um malandro
        Que tremendo decepção
        Eu bati que o esperto era rico e legal
        Ele era do time da “entregação”
        O bicho esticado na mesa
        Era dedo nervoso e eu não sabia
        Enquanto a malandragem fazia a cabeça
        O indicador do defunto tremia

        Era caguete sim .. Era caguete sim ..
        Eu só sei que a Policia pintou no velório e o dedão do safado apontava pra mim
        Era caguete sim.. Era caguete sim ..
        Eu já vi que a Policia rochou no velório e o dedão do coruja apontava pra mim

        Caguete é mesmo um tremendo canalha
        Nem morto não dá sossego
        Chegou no inferno entregou o Diabo
        E lá no céu caguetou São Pedro

        Ainda disse que não adianta
        Por que a onda dele era mesmo entregar
        Quando o caguete é um bom caguete
        Ele cagueta em qualquer lugar

        Era caguete sim .. Era caguete sim ..
        Eu só sei que a polícia pintou no velorio e o dedão do safado apontava pra mim
        Era caguete sim .. Era caguete sim ..
        Eu já vi que a polícia rochou no velorio e o dedão do sujeira apontava pra mim

  1. Boa tarde,leitores(as):

    Pelo jeito o ex-presidente e atual senador Fernando Color de Melo é reincidente em se envolver e cometer CRIMES DE CORRUPÇÃO.
    Será que desta vez os ATUAIS ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) vão limpar a barra dele,deixando de forma CRIMINOSA e DELIBERADA que os crimes por ele cometidos PRESCREVAM,tal como fizeram os Ministros do STF da época,quando de seu afastamento da Presidência da República?

  2. Collor é um ícone da malandragem. Se deu benzaço, matou o irmão, matou o PC, voltou sen a dor merecida e ainda foi sucedido por um Fernando pior do que ele que continuou o seu trabalho sujo, Lulla e Dillma aprimoraram.

    Mais do mesmo. Tudo farinha do mesmo saco.

    Muito mais perigoso que o amador Marcolla e o subalterno Fernandinho Beiramar.

    El Chapo perde de mil a zero para esses mafiosos de latinoamericanos de Brasília.

    Corja entreguista que segura a condição de colônia do Brasil.

    Se você é assaltado na rua, no banco e no fisco, eles são os responsáveis.

  3. Tamberlini você está devendo “roialtes” a família de Bezerra da Silva. Me falam aqui que eles vão te cobrar. É melhor procurá-los e acertar tudo numa boa. Qualquer vacilação é fatal!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *