Na “Chegança” de Vianninha e Edu Lobo, havia sempre uma quadra de esperança

Peça de Vianinha critica o Brasil que queria ser 'país que vai ...

Vianninha era um artista de múltiplas facetas

Paulo Peres
Poemas & Canções

O ator, dramaturgo, diretor (teatro e TV) e letrista carioca Oduvaldo Vianna Filho, também conhecido como Vianinha (1936-1974), na letra de “Chegança”, com seu parceiro Edu Lobo, insere o tema da questão agrária e, consequentemente, a busca do camponês por lugares e dias melhores para viver.  A música “Chegança” foi gravada por Elis Regina & Zimbo Trio, no Álbum O Fino do Fino, em 1965, pela Philips.
CHEGANÇA
Edú Lobo e Oduvaldo Vianna Filho
Estamos chegando daqui e dali
E de todo lugar que se tem pra partir
Estamos chegando daqui e dali
E de todo lugar que se tem pra partir

Trazendo na chegança
Foice velha, mulher nova
E uma quadra de esperança
E uma quadra de esperança

Ah, se viver fosse chegar
Ah, se viver fosse chegar
Chegar sem parar
Parar pra casar
Casar os filhos e espalhar
Por um mundo
Num tal de rodar por um mundo
Num tal de rodar
Trazendo na chegança
Foice velha, mulher nova
E uma quadra de esperança
E uma quadra de esperança

One thought on “Na “Chegança” de Vianninha e Edu Lobo, havia sempre uma quadra de esperança

  1. 1) Vianinha, bom dramaturgo, bom poeta.

    2) Licença… por falar em Teatro…

    3) Em 23/05/1936 nascia em São Leopoldo, RS, o teatrólogo Ivo Bender, autor da peça…

    4) O Cabaré de Maria Elefante…

    5) Também é autor de outras dramaturgias.

Deixe uma resposta para Antonio Rocha Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *