Na corrupção, a Odebrecht acabou comprando parte do poder do país

Resultado de imagem para odebrecht charges

Charge do Ivan Cabral (ivancabral.com)

Pedro do Coutto

Esta é a constatação – ao mesmo tempo chocante e revoltante – que parte da população brasileira faz, ao assistir a reprodução dos videos em que aparecem delatores da Odebrecht revelando com a maior naturalidade ao subornos que pagaram no mar da corrupção que atingiu o país. Observa-se que o comportamento tanto dos subornadores como dos subornados refletia uma prática normal, comum. Com a maior insensibilidade, pessoas dos campos políticos e administrativos procuravam os dirigentes da empresa para oferecer seus serviços. Tudo isso que veio à tona expõe uma situação degradante.

O patriarca Emílio Odebrecht, ao depor perante o Ministério Público, chegou ao ponto de dizer que os casos de suborno eram uma ajuda que a empresa proporcionava àqueles que a procuravam oferecendo trocas compensatórias. Isso de um lado. De outro, um dos ex-executivos da Odebrecht calculou na escala fantástica de 3 bilhões de dólares a soma aproximada do total das concessões.

SUPERFATURAMENTOS – O que os delatores não dizem, pelo menos não disseram até o momento, foi o montante dos sobrepreços e superfaturamentos que constituíram a fonte dos sombrios desembolsos. Não é difícil calcular. Pelo menos custaram o dobro dos pagamentos feitos para consolidar e conquistar obras públicas.

O ex-presidente da empresa Emílio Odebrecht, ao depor, assumiu uma posição de um homem cordial e bondoso. Mas esta é uma outra questão. No fim de tudo, a Odebrecht vivia irrigando seus campos de operação através de canais que atraiam cada vez mais candidatos a receber dinheiro ilícito. O perfil psicológico do simpático patriarca não exclui a empresa dos crimes de que participou.

REFORMA – A corrupção assumiu um caráter avassalador e, como era de prever, atingiu a Previdência Rural. Reportagem de Geralda Doca, em O Globo de domingo, focaliza esta questão com base em dados da própria Previdência Social. Em quatro anos, 37 mil benefícios foram cancelados, por serem falsos custando 406 milhões de reais. A atuação do INSS no meio rural tornou-se extremamente vulnerável com a distribuição a torto e a direito de aposentadorias pelo menos duvidosas.

Este é um tema só agora abordado pelo próprio Ministério e que ilumina uma face oculta do sistema. Portanto qualquer reforma da Previdência tem que começar a partir deste ponto, ao invés de restringir direitos consolidados.

MOMENTO CRÍTICO – O Brasil vive um período extremamente crítico e que inevitavelmente terá que expor fatos concretos e respectivas responsabilidades. As ondas estão batendo forte demais na estrutura política e administrativa do país. A corrupção desvendada mostra bem o atraso que atingiu a sociedade brasileira. Os culpados estão surgindo e nesse processo o país terá que adotar um novo comportamento.

No presente e para o futuro.

 

6 thoughts on “Na corrupção, a Odebrecht acabou comprando parte do poder do país

  1. Caro Couto, e Ricardo, o Poder civil, pós ditadura, dos 3 Poderes, estão podres, Já estamos em grande Senzala, com mil amos e patrões, a escravizar 220 milhões, precisamos de uma Princesa Izabel. O governo está inundando à Mídia, de propaganda hipócrita e mentirosa, gastando milhões, enquanto isso se morre ou fica-se aleijado na porta dos hospitais, com os outros Direitos da Cidadania no Caos; a segurança no Rio, não existe, até a pacata cidade Guapimirim, está sendo dominada pelos bandidos. Os bandidos de Brasília, com suas quadrilhas hediondas, estão, nos custando muitas lágrimas de dor, pelo descalabro reinante. Temer, o chefão, também acusado, protegido, pelo “Forum”, não tem moral, para demitir, seus “sinistros”, e se alia, ao congresso podre, e o Stf, que está stf, com seus sinistros, escapando no momento , os Ministros Fachin e Barroso. Quando a Mídia, publica, inclusive aqui no Blog, os governantes da Suécia, não se diferenciam de seu povo, fico com inveja, sua Natureza pobre, a nossa rica, sem igual no Mundo, mas, com politiqueiros, a roubar os Direitos da Cidadania, nos tornando, escravos da corja.
    A propaganda do TSE, é altamente mentirosa, seu presidente, passa mais tempo fora do País, tem ideias escravagistas, e os “corruptos”, se dizem inocentes, pois, o TSE, aprovou suas contas, é o passaporte para a impunidade, Dilma e Temer, Temer foi penduricalho de Dilma, como vice, e o sinistro Gilmar, e sua turma, quer punir, quem recebeu o voto, que não honrou, e liberar o Temer, conivente com a corrupção, ele mesmo acusado.
    Brasil acorda, tua Soberania foi para o espaço! volte e a ser minimamente Decente e Justo.
    O stf, Srª Presidente, precisa Honrar a Justiça, acabando com os privilégios, de 2 férias, expediente curto, e sinistros, passeando a custo da Cidadania explorada e vilipendiada, bem como laudas e laudas, de centenas e milhares de paginas, em fim, Srª Presidente, um País com um stf, desse quilate, é tudo, menos uma País sério, ´e o stf, está demonstrando, e servindo de mau exemplo, aos tribunais superiores. O povo espera o cumprimento de suas palavras de posse, por enquanto, já estão nas Calendas gregas, retome e haja, em beneficio do Brasil.
    Deus Pai nos ajude, a sair desse Pântano pacificamente.
    O Ranger de dentes, espera essas almas trevosas, na porta do túmulo, por suas Obras maléficas, que infelicitam 220 milhões.
    88 anos, nuca assisti, tanta podridão politiqueira, transformaram o Brasil em Senzala!.

  2. O grande e experiente Jornalista Sr. PEDRO DO COUTTO analisando o fundamental depoimento do Sr EMÍLIO ODEBRECHT ao MM Juiz SÉRGIO MORO, fica surpreso com a “natural” negociação de “Comissões” e da enorme quantia envolvida destinada a sustentar Partidos Políticos e Eleições. É cara a nossa Democracia. E sem muito Dinheiro em nosso Sistema Político, NÃO SE GANHA ELEIÇÃO, especialmente no 2º Turno.
    E qual Político que não quer ganhar Eleições?

    Escrevo isso de uma posição NEUTRA, não absolvendo os Políticos, mas procurando entender. E entendo que o nosso atual SISTEMA POLÍTICO induz fortemente as “Comissões”. Temos que mudar para melhor nosso SISTEMA POLÍTICO.

    Nosso Colega Sr. RICARDO acima, também concorda que temos que mudar toda a Estrutura Política.

    Nosso Colega Sr. THÉO FERNANDES descreve as consequências dessa Arrecadação desviada
    do Tesouro para a Política.

    Nós não somos, em VIRTUDE e COMPORTAMENTO SOCIAL muito diferentes dos outros Povos, e tenho certeza de que com um bom Sistema Político, o mais bem ORGANIZADO POSSÍVEL, moralizaríamos muito nossa Administração Pública.
    Todos os outros Povos passaram por situação similar a nossa, outros estão em situação muito pior, somos +-84º na Transparência Internacional em 180. Temos que achar o nosso caminho. Como sempre diz nosso Colega Sr. ANTONIO SANTOS AQUINO, respeitando nossa História, nossas Raízes Portuguesas, e nossas TRADIÇÕES e Condições Locais, digo eu então, é prudente ver, analisar, o que outros Povos que antes de Nós passaram por problema semelhante fizeram, e adaptar a solução para Nós.
    Não existe SISTEMA POLÍTICO perfeito,mas uma coisa é certa, precisamos DESCENTRALIZAR o PODER o máximo que pudermos,INDEPENDIZAR os Poderes Fiscalizatórios ( Tribunais de Contas, etc), da Política Partidária, dar Poderes ao Povo de Recall de qualquer Político em qualquer Função, DISTRITALIZAR o País para ORGANIZAR nossa Representação Política, etc, etc.

  3. Atribuir à reforma do sistema político a maneira de acabar com a alta corrupção é vender ou comprar ilusão. Mudar as regras da política é necessidade premente, mas com a plena noção de que é mudar o continente e não o conteúdo. A corrupção é feita por homens, não pelas regras da política. É apenas ilusão de uns e ilusionismo de outros o poder moralizador das regras.

    A possibilidade real de mudança está em mudar costumes. E alcançá-la depende de fatores que exigiriam ocorrências difíceis no Brasil. Não há muito o que esperar sem boa legislação punitiva, sistema judiciário eficiente, visibilidade verdadeira das transações governamentais, meios de comunicação mais a serviço da população e do país do que à classe social de seus dirigentes, com mais auxílios à consciência política e eleitoral dos cidadãos –enfim, um conjunto de mudanças a exigirem esforço e civismo de que a classe dominante brasileira nunca mostrou ser capaz. https://goo.gl/wzoqmA

  4. O crime cometido por estes meleantes ao pais e a sociedade nao foi meramente de corrupcao , mas algo muito mais grave crime de lesapatria .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *