Na corrupo, no poderia faltar algum da famlia Sarney

Thiago Herdy
O Globo

A governadora do Maranho, Roseana Sarney (PMDB), investigada por suspeita de receber propina para que o governo do estado antecipasse o pagamento de um precatrio de R$ 120 milhes s construtoras UTC/Constran. O acordo teria sido intermediado pelo doleiro Alberto Youssef e foi descoberto no mbito da Operao Lava-Jato. Pela suspeita de envolvimento da governadora, o caso foi apartado do processo e remetido ao Superior Tribunal de Justia (STJ), em funo de seu foro privilegiado. Na sexta-feira, o governo do Maranho negou que Roseane conhecesse ou tivesse estado com Youssef.

O doleiro foi preso em maro deste ano quando estava em So Lus (MA) para pagar a propina em dinheiro, segundo suspeita da PF. No despacho que autorizou a ao de ontem, o juiz da 13 Vara Federal do Paran, Srgio Moro, escreveu ver com “estranheza que empreiteira utilize os servios de Alberto Youssef, especialista em lavagem de dinheiro, para negociar precatrio com o governo estadual”.

PROVA ROBUSTA

O magistrado citou como “prova robusta” do envolvimento do doleiro mensagem eletrnica enviada em dezembro de 2013 a ele pelo administrador da UTC, Walmir Pinheiro Santana, com cpia para Ricardo Pessoa, presidente da UTC, congratulando-o pelo sucesso na negociao do precatrio. Tambm so citados depoimentos que confirmariam o pagamento e imagens de cmeras do hotel em que Youssef se hospedou na ocasio em que foi preso. Moro citou o caso para “ilustrar a relao prxima entre Alberto Youssef e a UTC/Constran”.

O governo do Maranho informou que o caso da empresa UTC estava em primeiro lugar na lista de precatrios quando cumpriu o acordo para pagamento de ao de indenizao, proposta h 25 anos. “O acordo homologado pela Justia foi vantajoso para o Estado, pois trouxe economia aos cofres pblicos”, alegou, em nota.

8 thoughts on “Na corrupo, no poderia faltar algum da famlia Sarney

  1. Meu caro Alusio, no me surpreendo com um ”SARNEY” envolvido em maracutaia.
    Se fosse um Sir Ney, a sim. Mas, no o caso.
    Trata-se de Jos Ribamar Ferreira de Araujo Costa.

  2. O meus amigos (dos filhos bilionrios do marinho”) eu escondo debaixo do tapete toda e qualquer falcatrua, bandalheira, corrupo, , agora os meus inimigos divulgo tudo e mais um pouco.
    E assim que a mdia esgoto trata o cidado brasileiro…….

  3. A recordao de um fato, levantado por Prentice Franco, verdadeiro, ficou para as calendas, tanto quanto a montanha de dinheiro vivo encontrado ne poca, e que se desconhece o paradeiro…

    por essas e outras que o nosso Direito Torto; embora parea repulsivo o comentrio feito pelo leitor “nik rj”. os fatos, infelizmente, demonstram que charge faz todo sentido. Permita-me:

    ” O detalhe da ilustrao bem apropriado: a justia de quatro, montada por um vagabundo”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.