Não há como não relacionar o acidente na Antártica e o sucateamento das Forças Armadas

Carlos Newton

A presidente Dilma Rousseff divulgou nota lamentando a morte de dois militares no incêndio que destruiu a Estação Antártica Comandante Ferraz, na Antártica, na madrugada de sábado.

Na nota, a presidente diz que os militares tiveram ato de “heroísmo” e foram “mortos ao servir a Pátria”. Dilma agradeceu o auxílio de outras nações como Chile, Argentina e Polônia. Afirmou a importância do programa de pesquisas desenvolvido na Estação e elogiou a abnegação e o desprendimento dos brasileiros que lá trabalham. A Presidente manifestou, ainda, a firme disposição do País de reconstruir a Estação Antártica Comandante Ferraz.

O acidente é uma lição ao governo. Mesmo sem conhecer as causas, não há como não relacioná-lo ao sucateamento das Forças Armadas, que vem ocorrendo desde o governo Sarney. Não basta apenas reconstruir a Base, é preciso respeitar as Forças Armadas, entender sua importância para a nação. O resto é conversa fiada de quem vive com os faróis acesos para perscrutar o passado, ao invés de procurar iluminar o futuro.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *