Não se iludam, se houver mais um golpe militar, desta vez vai ser para proteger corruptos

Charge do Ivan Cabral

Celso Rocha de Barros
Folha

Jair Bolsonaro disse que ou a eleição de 2022 vai ter voto impresso ou ela não vai acontecer. As Forças Armadas e todas as outras instituições da República deveriam ter publicado uma nota conjunta dizendo: “Jair, se der golpe, vai morrer. Abs.” Não publicaram.

Ao invés disso, na semana passada comandantes militares ameaçaram dar um golpe de Estado caso a CPI continue a investigar oficiais bolsonaristas que roubaram dinheiro de vacina.

VÍCIO E VIRTUDE – Pelo menos a turma de 64 tinha a decência de mentir que o golpe deles era para combater a corrupção. Era uma época em que o vício ainda prestava homenagem à virtude.

A CPI da pandemia já achou indícios fortes de que existem militares e ex-militares bolsonaristas enrolados no escândalo do roubo de dinheiro de vacina. Roberto Dias, ex-sargento da Aeronáutica indicado por Bolsonaro para o Ministério da Saúde, é acusado de pedir suborno de um dólar por dose de vacina comprada.

O coronel da reserva Élcio Franco, homem de confiança de Pazuello no Ministério da Saúde, conduziu a negociação em que a mutreta teria acontecido. Há outros militares acusados de terem pressionado pela liberação da vacina e de terem feito a intermediação entre os picaretas e o ministério.

ERA PREVISÍVEL – Até aí, era inteiramente previsível. Os militares são seres humanos como todos os outros. Há entre eles honestos e corruptos, como em toda parte.

A maciça entrada de militares na máquina administrativa brasileira, onde sempre houve os mais variados esquemas, inevitavelmente levaria alguns deles para o lado da mutreta. Aconteceu com todos os grandes partidos políticos.

Por isso, quando Omar Aziz, presidente da CPI, lamentou que as investigações tenham encontrado militares corruptos, a reação das Forças Armadas deveria ter sido dizer que corrupção existe em qualquer lugar e que o importante é prender aqueles contra os quais surgirem provas consistentes.

PROTEÇÃO AO CORRUPTOS – Ao atacar o presidente da CPI do Senado, as Forças Armadas estão sinalizando, voluntária ou involuntariamente, que protegerão seus corruptos.

Isso é ruim em si, mas é pior ainda para o futuro da instituição: se a manobra der certo e os investigadores forem intimidados, de agora em diante todos os ladrões que atualmente entram na política para roubar preferirão entrar para as Forças Armadas, onde a impunidade será garantida.

Quando Bolsonaro saiu candidato sem partido político, mas com forte apoio nos quartéis, os militares que o apoiavam disseram que estavam participando como cidadãos, não como militares. Bom, quando pegaram corrupção nos partidos dos civis, nenhum deles teve o poder de ameaçar os investigadores com as armas e tropas da República.

DEGENERAÇÃO MORAL – A nota do Ministério da Defesa sobre a CPI e seu silêncio sobre o golpismo do presidente da República, a entrevista golpista do chefe da Aeronáutica, tudo isso é sintoma da degeneração moral que Jair Bolsonaro causou na República brasileira.

O militar que acha que as armas da República são dele é exatamente igual ao político que acha que o dinheiro público é dele. Não deve ser difícil, para o sujeito que acha uma coisa, achar a outra.

Por isso, lembre-se: nos próximos meses vai ter golpista falando de “esticar a corda”, de “comunismo”, e, é claro, de “voto auditável”. Não se iluda. Se houver golpe, vai ser para roubar.

15 thoughts on “Não se iludam, se houver mais um golpe militar, desta vez vai ser para proteger corruptos

  1. Disseste bem. Muito bem. Parabéns pelo artigo!
    .
    Com outras palavras, vez por outra digo que

    – TODO miliciano é criminoso. E criminoso brutal.

    TODA pessoa que votou ou vota num candidato assumidamente miliciano não votou ou vota enganado: vota por IDENTIFICAÇÃO.

    E assim é institucionalizado no país o Estado narcomiliciano-evangélico “made in Rio das Pedras”.

    A ditadura milico-servil 1964/1985 começa a parecer um pesadelo menos ruim… Que doideira!

  2. Caro CN … com meu emedebismo histórico, faço algumas observações.

    FHC não chegou a implantar o tal do Aparelhamento … porém, as tais Agências são desnecessárias … visto que os Ministérios sempre deram conta do recado kkk KKK kkk

    Lula e Dona Dilma implantaram o Aparelhamento – com nomeações de ligados ao PT e PCdoB … o MDB não, né?

    Quando a coisa ficou feia … não houve solução, pois não foi feita a redistribuição dos DAS.

    Temer extinguiu vários cargos.. pois o MDB é de militância municipal e estadual.

    Bolsonaro implantou o Aparelhamento Militar kkk KKK kkk

    Pela Cidadã de 88 … nosso Brasil é pacifista … portanto, sem tendências militaristas … tanto que as FFAA estão no Capítulo de Defesa da Democracia.

    Quanto a morrer quem der golpe … é bom lembrar de que não há pena de morte – menos em traição … e golpe pode ser entendido como traição à Constituição, né???

    Só umas palavras kkk KKK kkk

    Sds.

  3. Golpe militar que nada. É história pra boi dormir. Bolsonaro tem o povo de bem ao seu lado, e não precisa de radicalizar. O governo vai de vento em popa, mas a mídia teima em não mostrar o que o país está se transformando. O Brasil está mudando, saindo da inércia de terceiro mundista, e alçando voos de primeiro mundo. A continuar nessa batida, logo logo estaremos em equivalência as potências mundiais. Deus salve o Brasil, e que venha novos horizontes de felicidades ao povo brasileiro.

  4. Cabra “bótimo”, acertou em cheio!
    E não é mesmo assim que funciona? No submundo de grosso calibre: antes mesmo de estabelecer um negócio escuso, boca de fumo, por exemplo. Primeiro – o capo recruta, meticulosamente, o seu staff: guarda-boca, olheiro, soldado do tráfico etc. Tudo isso, porque o chefão é consciente de que vai enfrentar reações, vindas sabe lá de onde.
    Hoje, para fazer esse tipo de custódia, militares e/ou policiais treinados e estatuídos com dinheiro dos contribuintes, despontam na prefência.
    -E como é que se chama agentes da segurança pública, prestando serviço privado, senão milicianos? Ou seja, indireta ou compulsoriamente, cada brasileiro poderia ser enquadrado em “associação criminosa”, pois está pagando o tirocínio dos jagunços do crime institucionalizado.

  5. É um país que está como um navio no mar aberto, perdido, e sem rumo. Um navio que era ser de cruzeiro e virou pirata. Os capitães desse navio só pensam em manter seus tripulantes da barriga cheia para não sofrer um motim. Os passageiros, que pagaram a despesa da viagem, são mal tratados, vilipendiados e silenciados. Só lhes sobra m os restos, ou andar na prancha.

  6. Não se iludam, se houver mais um golpe militar, desta vez vai ser para proteger corruptos.

    NAO VAI TER GOLPE!!!!!!
    Os corruptos, esquerdopatas, estão urrando ou relinchando pelas perdas das tetas, $$$$$$$$.
    Sem grana para doar para sindicalista fazer greve, MST e outros mais para invadir propriedades particulares, etc.
    Só falta uma lei em que o ponto dos funcionários públicos em greve de araque seja cortado.
    Se nos da atividade particular não fazemos greve, pois chegamos a conclusão que tais sindicatos não nos representa, por quê o serviço publico, certa minoria impõe sua vontade na maioria e que se dane a população que lhes paga os seus salários e mordomias.

  7. Onde vive esse jornalista Celso não sei das quantas? Será que ele não sabe que a imprensa venal e prostituída já decretou que Bolsonaro deu um golpe, em 2020?

    – pois não foi Bolsonaro que inventou o crime de opinião inafiançável para prender opositores?
    – pois não foi Bolsonaro que mandou quebrar sigilos e encarcerar manisfestantes pacíficos?
    – pois não foi Bolsonaro que mandou invadir residências no meio da noite para fazer buscas e apreensões?
    – pois não foi Bolsonaro que “cagou” pra Constituição e prendeu um parlamentar?
    – pois não foi Bolsonaro que prendeu jornalista e mandou “acidentar” um jornalista?
    – pois não foi Bolsonaro que violou os direitos fundamentais de ir e vir, de trabalhar e de livre expressão?
    – pois não foi Bolsonaro que violou a liberdade de imprensa para censurar revista?

    Se oriente jornalista, deixe de ser a voz do teu patrão, que é um sabujo do Sistema do Crime Organizado, comandado pelo ladrão-mór, Lula da Silva.

  8. Verdade ser notória uma dissenção dentro das FFAA entre a parte corrupta e a digna, mas, até em razão da ordem natural das coisas dirigida em proteção da luz pela administração sideral, nós não apostaríamos nessa proteção dos corruptos. Pelo contrário, ái deles ..

  9. Boa noite , leitores (as):

    Senhores Celso Rocha de Barros (Folha) , Carlos Newton e Marcelo Copelli , os ex -militares e militares da ativa envolvidos nos ” ACHAQUES AOS FABRICANTES DE VACINAS ” e roubos do dinheiro público p/comprar vacinas p/imunizar o povo , não se deixaram corromper no ministério da saúde , mas sim , já eram corruptos em suas origens , apenas ao chegarem no ministério da saúde encontraram um terreno fértil e favorável ás suas práticas de desonestidades , corrupção e de má-índole , portanto isso não tem nada á ver com as ” INSTITUIÇÕES FORÇAS ARMADAS BRASILEIRAS ” , sendo que o ministro da defesa e os comandantes do exército , da marinha e da aeronáutica não defenderam ás FFAs. do Brasil e seus membros ” DECENTES E HONESTOS ” , mas sim a desmoralização da mesmas através de maus militares como o general Pazzuelo e sua corja levadas para atuarem no ministério da saúde . .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *