Não sou amigo de Gabeira nem dou apoio à sua candidatura

Telma Vizioto, Arnaldo Albuquerque, Raimundo Lins, Aldo Caneca, Norma Andrade, Oliveira, Vicente Portella, Ana Paula e outros, visivelmente “pseudônimos”, todos dizendo, mais ou menos, a mesma coisa:
“Não é justo que você defenda a candidatura do seu amigo Gabeira, para atacar o competente Garotinho, que fez grandes coisas pelo Rio”.

Comentário de Helio Fernandes:
Inicialmente, três erros nas colocações. 1 – Não sou amigo de Gabeira, não o vejo pelo menos há 10 anos, e antes vi apenas uma ou duas vezes. 2 – Não ataco o Garotinho, e por que ninguém reclamou de “eu atacar” o cabralzinho? 3 – Não defendo a candidatura Gabeira nem recomendo seu nome.

Agora, fatos, fatos, fatos. Apenas comparo Gabeira com cabralzinho, dizendo que ele jamais foi acusado de enriquecimento ilícito. De forma competente, poderiam ter dito que Gabeira nunca exerceu cargos executivos, não “mexeu” com dinheiro público.

Como não levantaram a questão, levanto eu e não para favorecer o nome de Gabeira. (Por favor, não confundam o repórter, o analista e combatente que sou, com alguém que apoia candidatos. Não apoio ninguém, no plano nacional ou estadual. Na comparação, alguns se destacam, não posso deixar de dizer isso, com clareza e simplicidade.)

Quanto a dizer que Garotinho fez muito pelo Rio, eis uma piada sem nenhuma graça. Fez muito por ele e pela família. Engrandecer garotinho e cabralzinho, só mesmo pela internet. Aliás, antes de qualquer coisa, chamei a atenção aqui, dizendo: a internet será muito usada na campanha, o fato de haver anonimato, escada de incêndio por onde descerão muitos. Só que garotinho e cabralzinho não poderão descer mais, já desceram praticamente o impossível.

:

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *