Bolsonaro diz que não renunciará, ataca a imprensa e dá nova versão sobre vídeo divulgado em rede social

Bolsonaro afirma que vídeo compartilhado é de 2015

Gregory Prudenciano e Pedro Caramuru
Estadão

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira, dia 27, que está sob ataque de veículos de imprensa, e atribuiu isso à diminuição de verbas do governo para publicidade. “Não vou renunciar ao meu mandato, não vou dar dinheiro para imprensa”, disse o presidente em sua transmissão ao vivo pelo Facebook semanal.

“Eu acredito que estou fazendo um trabalho bom, na medida que eu posso. Parece que não posso mudar nada”. Bolsonaro lembrou de projetos de lei de interesse do governo e que, segundo ele, estão parados nas casas legislativas.

CONGRESSO – “Alguns dizem que não tenho articulação com o Congresso”, afirmou. O presidente pediu ao Parlamento que coloque em votação Medidas Provisórias (MPs) em pauta para não caducarem. Ele citou a MP que criava a carteira digital de estudantes e a que dispensava empresas da obrigatoriedade de publicar balanços em jornais, que perderam a validade antes de serem votadas.

O presidente também afirmou que não irá renovar as operações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) para o Estado do Ceará, que sofre com o motim de policiais militares. “A gente espera que o governo resolva o problema da Polícia Militar do Ceará e bote um ponto final nessa questão”, disse o presidente, ao pedir que o governador Camilo Santana (PT) negocie com a PM do Estado.

RETAGUARDA – “No momento eu não tenho tranquilidade”, argumentou Bolsonaro contra a prorrogação do prazo para além do prazo de oito dias vigentes, que expira amanhã. “Precisamos ter uma retaguarda jurídica”, afirmou o presidente.

Ainda segundo Bolsonaro, “GLO não é para ficar eternamente atendendo um ou mais governadores. GLO é uma questão emergencial”. O presidente também pediu apoio aos governadores “para que o Parlamento vote o excludente de ilicitude”.

NOVA VERSÃO – Durante a live distribuída pelo Palácio do Planalto, Bolsonaro disse que o vídeo postado por ele, e revelado pela jornalista Vera Magalhães, do jornal “O Estado de S. Paulo”, é de 2015. A jornalista, fortemente atacada pelo presidente, foi a primeira a publicar dois videos compartilhados por ele no WhatsApp.

Logo após a live, a jornalista publicou uma sequência de videos enviados pelo presidente, na terça- feira. Para comprovar o que dissera, Vera Magalhães mostrou três vídeos sequenciais: no primeiro, o presidente está passeando de moto no Guarujá, onde passou o feriado do carnaval.

No segundo, um vídeo que convoca para manifestações, onde constam fatos ocorridos em 2018, como a facada que feriu Bolsonaro. E o terceiro vídeo, também produzido por grupos manifestantes, que traz imagens do dia da posse de Bolsonaro. Todos os vídeos trazem registros de fatos ocorridos depois de 2015.

NOTA – O jornal “O Estado de S. Paulo” divulgou a seguinte nota: “O Estado de São Paulo lamenta que o Presidente da República ataque a jornalista Vera Magalhães acusando-a de mentir por ter revelado que ele divulgou via Whatsapp 2 vídeos conclamando a participação nas manifestações previstas para o próximo dia 15 de março. Ao agir assim, ignorando os fatos, endossa conteúdos falsos vinculados ao tema que circulam nas redes sociais, algumas com ameaças veladas ou não direcionadas à Vera Magalhães.”

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Muitos comentaristas têm confundido as notas de redação com ataques pessoais ao governo. É preciso separar os fatos comprovados das inclinadas ideologias cegas e sem abertura para o diálogo democrático. A torcida desta TI e deste comentarista é que o País deslanche. Mas a realidade política, retrato das ações descabidas e de responsabilidade de todos aqueles que foram eleitos, mostra que os caminhos tortos e as falsas informações ainda são obstáculos a serem superados. Na live, Bolsonaro afirmou que a convocação seria de 2015, mas o vídeo publicado pela jornalista trata do atentado sofrido por ele em 2018 e de sua posse no ano passado. Em tradução simultânea, ignoram-se, mais uma vez, os fatos, e se avalizam conteúdos falsos. Tudo isso em rede nacional. Por mais que se tente, fica difícil rubricar os atos governamentais desta forma. (Marcelo Copelli)

49 thoughts on “Bolsonaro diz que não renunciará, ataca a imprensa e dá nova versão sobre vídeo divulgado em rede social

  1. Não renunciará.
    Com acertos, muito maiores que os erros, quem faz esta pressão são os políticos, com o bandido Maia, à frente, e o pai, que é outro bandido, insuflando.
    Esta raça de políticos vagabundos, têm que ser banida do Brasil.
    Quero ver se terão coragem de sair às ruas, após 15/03.
    O mais frouxo é logo o gordo, escroto, Rodrigo Maia.
    Não haverá renúncia, impeachment, nem qualquer tentativa de golpe contra o Presidente.
    José Dirceu, por trás de tudo.
    Este aí será preso, novamente, em breve.

    • Mais um Carteiraço…

      Tipo: se não for aprovado a segunda instância Toffoli,cai e termina essa pocilga,etc…

      Acontece que esse governo senhor apoia por razões inconfessáveis, é cheio furo,igual queijo suíço..

      Esse governo prega a moral di cueca, iguais aos antecessores.

      Mais erros,bem mais erros do que acerto…

      Senhor que é bem informado,e desfruta di transito livre com Heleno,explique melhor as promessas de compra e venda,(loteamento di cargos),e que não foram cumpridas..

      Quem explodiu orçamento ??
      Quem deu o troco ??

      Por derradeiro,porque apoias essas doações do patrimônio nacional,capitaniadas pelo Sr. Guedes…

      PS : Seu Pai,era um Militar Nacionalista do respeito,e cultuado pelas pessoas di bem..

      SDS.’

      Forte Abraço…

  2. Porque ela não mostra o video? Cadê o video Vera? Ou você mostra ou passrá por mentirosa.

    ‘Vera mentiu’, diz Bolsonaro sobre vídeo
    Renova Mídia – Tarciso Morais

    O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou, nesta quinta-feira (27), que um dos vídeos divulgados por ele no aplicativo WhatsApp é de 2015.

    Durante transmissão ao vivo no Facebook, Bolsonaro comentou sobre o conteúdo que gerou a reportagem da jornalista Vera Magalhães, em matéria no Estadão:

    “Ela [Vera] não mostra o vídeo. Ela printou o vídeo. A pessoa que passou pra ela, ela printou e passou o vídeo. O vídeo dela não tem nada a ver, porque conta minha vida, a facada.”

    Bolsonaro prosseguiu negando ter convocado qualquer tipo de protesto pedindo o fechamento do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal (STF):

    “A Vera mentiu. Eu quero que a Vera mostre o vídeo em que eu estou convocando as pessoas para isso.”

    Logo depois, cita a segunda produção, que teria sido feita em 2015:

    “Tem um [vídeo] de 2015, que, por coincidência, no 15 de março houve um movimento, que foi num domingo.”

    E completou:

    “Ela queria dar um furo de reportagem com o vídeo convocando para 15 de março, domingo, no afã de dar um furo e esqueceu de ver a data. Dá pra ver na minha cara que tô um pouco mais jovem. Cinco anos já faz uma certa diferença. Mais um trabalho porco que a mídia toda repercutiu.”

  3. Além das esquerdas e de outros criminosos dos outros partidos, que sabotam o país desde Getúlio até hoje , um dos problemas fundamentais é o nosso estado social-fascista, criado por Getulio em 35, copiando a Itália de Mussolini e que perdura até hoje com suas naturais e danosas consequências.

    Outro problema fundamental é o dispositivo penal que não prevê prisão perpétua e até pena de morte para crimes hediondos e a corrupção é um deles.

    Enfim, sem capitalismo puro, de livre mercado e não o capitalismo de estado como ocorre no social-comunismo e no social-fascismo, mais punições severas para criminosos hediondos, este país está condenado a infernos piores do que o que já estamos vivenciando hoje.

    Os militares ficaram 20 anos no poder e não perceberam isto, complicando ainda mais a situação do país.

    Por essas e outras só um milagre poderá nos salvar, já que o brasileiro, com farda ou sem ela, não tem mesmo condição mental para perceber o certo e o errado.
    Salve-se quem puder.

  4. Afora o caos político, econômico e social que nos encontramos, corroborado pela corrupção e desonestidade dos poderes constituídos, a esquerda, a oposição, a mídia, jamais aceitaram a eleição de Bolsonaro.

    A História do Brasil não registra um presidente eleito que tenha sido tão combatido, ofendido, agredido, insultado, quanto o ex-capitão.
    Não exagero, ao afirmar que o atual presidente está sendo caçado impiedosamente pelas tais “forças progressistas”, que não têm nada de democráticas, pois adeptas da ditadura do proletariado ou retorno do PT para mais uma vez tomarem conta dos cofres públicos!

    Até a mídia elegeu Bolsonaro como inimigo público nº 1 da “imprensa livre”, por mais liberdade que ela tenha para postar as suas notícias e informações que têm deixado a desejar pela falta de veracidade.

    Alheios à crise que nos devasta, as castas do judiciário e legislativo também decidiram participar da queda de braço contra o Planalto, e desejam o seu fim de qualquer maneira.
    Sempre, e de forma cansativa, que a democracia está em risco!
    Não é a miséria, a pobreza, o analfabetismo, o desemprego, a deteriorada saúde pública, a insegurança, a falta de saneamento … que poderão ser o estopim ali adiante, por causa da pressão insuportável que está vivendo o cidadão brasileiro, não. O problema é Bolsonaro agir contra as instituições, conforme alegam, que devem ser “honradas”, menos comprovarem que de fato são honradas!

    Dito isso, essa absurda oposição contra Bolsonaro está conduzindo o país exatamente para um regime de exceção!
    Não é o Planalto que quer a ditadura, mas a oposição, a esquerda, a imprensa comprometida politicamente, as instituições corruptas e desonestas, que articulam a queda de Bolsonaro e, em consequência, a intervenção militar para coibir a intenção!

    O pessoal é tão estúpido, idiota e imbecil, que entende poder derrubar Bolsonaro através de um impeachment forjado, e que ficará por isso mesmo essa baixeza parlamentar!
    Desta vez, os militares entrarão no jogo … antidemocrático!

    Assim como Lott deu um golpe contra golpistas que não queriam que JK assumisse, as FFAA farão o mesmo quanto à manutenção de Bolsonaro na presidência.

    O presidente só deixará o cargo através da vontade popular, e não pelo desejo ou intenções que visem à desestabilização do Brasil, pois entendem esses movimentos contrários ao país e povo que, a queda de Bolsonaro, ensejará novas eleições e a possibilidade de o PT e quadrilhas aliadas retomarem o poder!

    Quanto mais orquestrarem estratégias e táticas para derrubar Bolsonaro, mais as FFAA estarão observando essas manobras contrárias exatamente à democracia que tanto vociferam, alertando sobre a suposta intenção de Bolsonaro em ser favorável à ditadura quando, na verdade, aqueles que jamais aceitaram os resultados das urnas é que desejam o fim da democracia!

    Os opositores, os verdadeiros GOLPISTAS, mostram o quanto desprezam o povo e desconsideram o Brasil.
    Desde que Bolsonaro assumiu, e só assistimos manobras para a desestabilização do país, ocasionando, em decorrência dessa sordidez, o aumento da pobreza, da miséria, do desemprego, enquanto se lambuzam e se engasgam de tanto dinheiro que recebem dos cofres públicos, aliás, extraídos à força dos bolsos dos contribuintes!

    Caso impedirem Bolsonaro de continuar presidente, só mesmo idiotas e imbecis, que não se deram conta que o vice é general.
    Se havia vozes discordantes na caserna contra o ex-capitão, Mourão tem a unanimidade das tropas.
    O militar tem autoridade moral, seriedade, honra e dignidade, para enfrentar quem for necessário, até mesmo impor um regime mais forte para resolver o caos que nos encontramos.

    Derrubem Bolsonaro, mas não esqueçam que serão enxotados a pontapés pelo povo brasileiro e pelas FFAA!

    • Amigo, Edison, boa tarde. A jornalista na noite de ontem publicou o print das conversas do presidente comprovando a veracidade do vídeo que tem cenas de 2018, logo não poderia ser de 2015. Além disso, logo que o caso veio à tona, o presidente primeiro disse que era de cunho pessoal, e somente ontem à noite disse que o vídeo era de 2015, seguindo a linha de versões diversas que adota ao ser questionado.

      • Não, não é isso. É que tem tanto jornalistas (quando eu classifico como jornalista, isso já é um xingamento) atacando ele por todos os lados, que ele precisa responder (dar uma versão) cada mentira com uma resposta especifica e adequada (diferente).

      • Copelli, confesso que não vi o tal vídeo, mas no pedaço da live do Bolsonaro que ouvi na Jovem Pan ficou bem claro que o vídeo no qual ele convoca para 15 de março é de 2015, não significa que o vídeo que convoca para a manifestação de agora seja, até porque tem o evento da facada.

        Mesmo não tendo visto o vídeo, pra mim ficou bem claro que ele se referia à parte na qual ele próprio convoca para o evento de 15 de março.

        Não concordo de forma alguma o presidente endossar manifestações, e com ele, pelo cargo que ocupa, não tem apenas mensagem particular, tudo vira notícia. De qualquer forma, se a jornalista deturpou a informação a esse ponto, é absurdo. Somente vendo o tal vídeo poderei tirar conclusões.

  5. Prezado Albuquerque Lima,

    Grato pelo apoio.

    A ideologia cultuada pela esquerda impede raciocínios lógicos sobre o povo e país.

    Na ânsia de retomar o poder tem cometido uma série de golpes, que denomina de “democracia”, quando sabemos que a intenção é justamente derrubar a democracia, e terem motivos para uma revanche de 64, ou seja, agora haverá mesmo uma guerra civil, que não houve à época, pois o povo se manteve distante daqueles que queriam implantar uma ditadura à lá cubana!

    Agora não.
    Há um contingente que ajudaria os petistas e comunistas a se insurgirem contra um regime militar ou de exceção mesmo que temporariamente, pois é a única chance de os ladrões e as quadrilhas retomarem o poder, à base da luta armada!

    Vários sinais indicam que estão organizados para essa tragédia, se acontecer, a revolta interna que mencionei.
    Não se ouve falar do MST;
    O pessoal sem Teto, explorado e manipulado pelo vagabundo do Boulos está em silêncio;
    o black bloc tá quieto;
    movem-se os parlamentares da esquerda como linha de frente para verificar até onde está o apoio do povo para essa intenção, de derrubar Bolsonaro, e de aceitarem Mourão assumir.

    Outro abraço.

    • Caro Bendl

      Como se diz no popular;

      Tamo (sic) junto !!!

      Bolsonaro pode ser uma besta e até faz força para aumentar esta impressão mas é louco o suficiente para não fugir facilmente da raia.

      Só se o exercito tirar o banco, para emplacar Mourão, tipo o PMDB fez.

      Mas que começa a dar nojo, começa

      Daqui a pouco teremos que começar a arregimentar os pelotões de provisórios como antigamente.

      depois virá o choro, a lamentação vitimal mundial e , é claro, os prêmios pelo mundo e as gordas pensões e indenzações

      Nao temos mais o Obelisco, mas talvez seja possivel matar a sede dos cavalos naquelas bacias do Congresso

      • Caro conterrâneo, Duarte,

        Deves ter lido ou visto ontem na RBS, a desfaçatez dos tais “conselheiros” do nosso TCE.

        Ladrões, simplesmente, ladrões!

        Afora receberem salário na ordem de 39.000,00 por mês, para embolsarem CRIMINOSAMENTE as diárias em seus valores INTEGRAIS, sonho do canalha e desonesto, apresentam “comprovantes” de cerveja, bolinhos de queijo … pelo fato de NÃO PRECISAREM COMPROVAR as despesas (!!), apenas que estiveram na “localidade” informada!

        Milhões de reais foram roubados dos cofres exauridos do RS, que mais uma vez atrasa o pagamento dos servidores do executivo, mas tem dinheiro para dar para essas desgraçadas quadrilhas, que estão falindo conosco e com o Brasil!

        Dito isso, a tal crítica contumaz contra Bolsonaro, e que sabemos a mentira torpe como vem sendo divulgada, que o presidente vai de encontro à democracia, trata-se justamente de manutenção dessas aberrações, dessas instituições que enriquecem às custas da miséria e da pobreza do povo!

        O medo de perderem a vida de paxás, nababescas, saem a vociferar que a democracia está em risco quando, na verdade, queremos que esses absurdos, roubos, explorações contra o povo, cessem de vez!

        Não podemos mais aceitar esses descalabros, desmandos, desfaçatez, esse escárnio contra o cidadão!

        Ou essas injustiças clamorosas sejam impedidas de continuar ou, atesto, que elas terminarão à força, e correrá rios de sangue neste país!

        Não dá mais para sustentarmos ladrões em nome de uma falsa democracia!
        Congresso, judiciário … não são mais as instituições que deveriam ser pilares desse regime, pois se transformaram em castas e quadrilhas para roubar, explorar e manipular o povo!

        Não é por nada, QUE TAMBÉM esse combate sem tréguas a Bolsonaro tem a sus razão de ser:
        o receio que Bolsonaro atenda o povo, e feche o antro de venais, um legislativo podre, ladrão, corrupto, vagabundo e criminoso!

        Aliás, eu pediria a qualquer advogado que seja leitor ou comentarista ou articulista da TI, se não há possibilidade de processar o legislativo brasileiro por estelionato!?

        Os ladrões deixaram na quinta-feira, dia 20, o “expediente”, e ficarão em “descanso” até 03 de março, ou seja 12 dias de vagabundagem indiscutível e indesculpável, e receberão seus salários milionários integrais, ALÉM de cobrarem despesas do erário como se estivessem trabalhando!!!

        Temos como processar ou não?
        Temos como nos ressarcir desse estelionato ou não?
        E é essa a democracia que defendem??!!

        Abração, Duarte.

        • Bendl

          Nem me fale destas pocilgas.

          Quanto ao excelso TCE do RS, veja so:

          Presidente Estilac Xavier

          Quem não é do Rs pode se impactar pelo nome pomposo, m,as tem curriculo invejável;

          É da famosa republicalha (sic) de Santa Maria, fraternal amigo de Tarso Genro, secretario da prefeitura de porto, Banrisul. secretario estadual, etc etc.

          Quadro mais que preparado para julgar outros políticos

          E como esquecer o imparcial procurador geral Geraldo Da Camino, que infernizou Ieda e Sartori e tirou férias celestiais de processos durante o governo Tarso??

          E para estas nobrezas que devemos nos ajoelhar e agradecer o espirito democratico.

          Pedir prestação de contas ao tribunal de contas???

          O que voces estão pensando???

  6. Ideologia cega é o Marxismo.

    Conservadorismo significa liberdade e propriedade.

    Conservadorismo significa lutar para proteger a liberdade e a propriedade.

    Lutar para acabar com a mentalidade comunista.

    Morte ao comunismo.

  7. Já estão “renunciando” o Presidente?!

    A coisa está séria…

    Se ele for “renunciado” quem assume é aquele portento da democracia presidente da Câmara?

    Será que o “premier” R. Maia assumindo vai voltar a encher o cofre da mídia imparcial de bufunfa e, devido a isso, o país voltará à “estabilidade”?

    Aguardemos os próximos capítulos…

  8. Tudo isso ocorre porque ao invés de governar ele quer ficar nas redes sociais. Parece uma criança. Não caiu a ficha sobre o cargo que ocupa. Pena.

    Tivesse ele interessado em, por exemplo, atualizar a tabela do IR, ele estaria trabalhando, não se divertindo. Em relação a isto, eu até desconfio que ele não quer assumir (ou não tem c_ pra assumir) nada.

    Quer ficar divagando no cargo de PR e aproveitando-se de suas benesses como aconteceu nos 28 anos como deputado federal.

    Esse sujeito, apesar de ter sido eleito, deveria pensar um pouco mais no país. Arregaçar as mangas e trabalhar, aí sim, o povo lhe daria sustentação.

    Mas não, quer ficar fazendo gracinhas para os trouxas verem e apoiarem. É um irresponsável no comendo do país.

  9. Acho que até agora ninguém pediu renúncia do presidente. Ele que veio agora com essa. Talvez para desviar a atenção, como sempre, dos problemas não enfrentados.

    Porém, seria uma boa ideia. Merecemos um melhor condutor político. Alguém mais preparado e que assuma sua condição de líder maior do país, procurando unir e pacificar a população. Que não terceirize as coisas essenciais como, por exemplo, a economia.

    Não são as pessoas que criticam que não deixam o governo decolar, não é a culpa da imprensa, dos opositores. Um presidente que vive de picuinhas, fofocas, com comportamento tipo criança malcriada é que atrai e amplifica as críticas. Em síntese, ele se auto-boicota.

    A esquerda parece que é a culpada de todos os males do Brasil, pelo menos é o que evoca o presidente como desculpa para seus atos.

    As bobagens e as provocações baixas originadas de sua pessoa, a par de uma perda de tempo tremenda, é que dão combustível aos que o criticam.

    Parece que o país vai enfrentar turbulências na área econômica, fruto da desaceleração econômica mundial. Então, precisaríamos de uma pessoa firme, a qual tivesse condições de conduzir-nos por essa turbulência que está se materializando, minimizando os efeitos nocivos sobre nossa pátria.

    Será que o presidente mudará o seu comportamento (para isso seria necessário mudar sua atitude) para assumir o papel de verdadeiro líder?

  10. Caro Vidal

    Apesar de condenar com veemência este golpe branco em ação através de congresso, stf, imprensa e etc.. nao posso dar um cheque em branco ao Bolsonaro.

    Concordo com voce e esta seria minha esperança

    Mas acho que, infelizmente, se aplica neste caso um ditado dos anos 60/70 que só os mais velhos vao se lembrar

    ” Que nasce São Cristovão, nunca chega a Santos “

  11. Embusteiros, falsos defensores da democracia, um pessoal que não sabe responder sem contar nos dedos quantas letras tem o seu nome completo, vem com indiretas e asneiras postadas quando o assunto não se encaminha para o lado que desejam, cínicos e hipócritas!

    Criticar o governo, a administração de Bolsonaro COMO TENHO FEITO, é muito diferente de se estar solapando a função do presidente eleito, forçando-o a renunciar ou ameaçá-lo de impeachment.

    A esquerda não aceita de forma alguma que tenha sido derrotada nas urnas.
    Berra, grita, se rasga, afirmando que a eleição não foi lícita, que deveria ser anulada porque a intenção era impedir que Lula fosse eleito!

    Então, desde o primeiro dia da sua posse, Bolsonaro não teve um dia que fosse de sossego.

    Se merece críticas contra a sua política econômica, educacional, social, a sua maneira ridícula de comentar certos assuntos, por outro lado é o cara que a maioria quis no poder, e daí?
    Não tivemos de engolir Lula e Dilma por 16 anos, e quadrilhas travestidas em partidos políticos mesmo com os roubos que cometeram IMPUNEMENTE??!!

    O Brasil está à deriva, a verdade é esta.
    Minaram tanto a autoridade de Bolsonaro, que ele apenas se defende, e de maneira confusa, atabalhoada, sem concentração sobre o que faz ou o que está respondendo, até pela falta de assessores competentes.

    Mas é a intenção da oposição. Ela vem lutando, elaborando armadilhas, crises, ofensas, calúnias, difamações, pelo fato de perder a “copa franca”, que anteriormente era o erário público!

    A mídia “revoltada” porque Bolsonaro está colocando a “democracia em risco”, nunca antes teve tanta liberdade para as suas licenciosidades e permissividades, em nome da tal liberdade de expressão, óbvio, e, pelo fato, de os rios de verbas públicas gastas em propaganda oficial terem secado

    Que tanta falta de democracia que vociferam?
    Que tanta perseguição aos movimentos LGBTIJKLMNOP … se fazem, sexo explícito nas ruas, até o humilhante exemplo da decadência humana, o chuveiro dourado?!
    Existem vídeos que mostram o sexo entre homens, animalesco, ofensivo, degradante, nas ruas, e sendo filmados os quatro promíscuos!
    Masturbação em público;
    Sexo entre casais mas ruas principais do Rio, com a mulher amparada em um container de lixo, enquanto o cara “dê-le que te dê-le”, com as pessoas passando e olhando aquela cena patética e pornográfica;
    Um legislativo ESTELIONATÁRIO, VAGABUNDO, que não trabalha e rouba do povo salários integrais …

    É esta a democracia que está em “risco”?
    Ou em risco está o povo?

    Repito:
    A esquerda e a malandragem “democrática” não querem Bolsonaro.
    Estúpidos e imbecis, idiotas e paspalhos, justamente estão jogando o país para outro regime de exceção!

    Enfim, o futuro dirá quem tem razão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *