Nas Assembléias, segundas e sextas são dias de gazetear

Paulo Peres

No Brasil, segundas e sextas-feiras, dificilmente há sessões nas casas legislativas. Todavia, na Alerj, que é composta de 51 deputados estaduais, a gazeta não tem limites, visto que algumas portas de gabinetes de deputados ficam trancadas, pois até os funcionários não aparecem para trabalhar.

O correto seria que os parlamentares que não tenham agenda externa estejam despachando nas dependências da Casa. A assessoria da Assembleia Legislativa não sabe informar se os funcionários da Casa são descontados em casos de faltas, é claro que não há o menor controle.

Quanto à ausência dos parlamentares, a assessoria explica que “não há como saber quem está ou não na Casa ou em agendas externas, às segundas e sextas-feiras. Como não há sessões, não há lista de presença”.

Os deputados esquecem que o eleitor é quem paga os seu vencimentos e mordomias através dos impostos, taxas e tarifas, mas um dia pode acordar e resolver gazetear o seu voto.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *