Nas redes sociais, os filhos da Imprensa Marrom

Resultado de imagem para blogueiros charges

Charge do Marcus (Gazeta do Cerrado)

Sebastião Nery

O progresso nunca vem só. Antes era a imprensa marrom maculando a comunicação. Mas seu alcance era limitado. De repente as redes sociais invadiram a vida do cidadão. É preciso resistir para não sermos absorvidos por elas. Cada um se sente no direito de ser o jornal de si mesmo. E vai escrevendo, publicando, dando sua opinião a torto e a direito, sem controle e sem critério. Quem diz o que quer ouve o que não quer. Daí esta infinidade de jornais e jornalecos borbulhando online.

Não consultam fontes, não vão as enciclopédias, não leem, não estudam, não pesquisam. Acham que o que pensam tem que ser ouvido e aceito pelos outros. É o império da verborreia. Resultado, as escolas foram invadidas por professores sem aulas.

NÍVEL DESABOU – Depois queixam-se de que o nível de ensino caiu muito. Não caiu, desabou. A consequência disso na política, então, é devastadora e aparecem líderes, falsos líderes, liderecos que o povo ouve e começa a seguir. É o exemplo típico de Lula que se vangloria de não ter estudado, não estudar e não gostar de quem estudou. É o país das jararacas, só servem para morder e envenenar. A consequência disso é uma distorção total da vida pública.

Em Salvador, o advogado Antonio Pessoa Cardoso, diante da “delação premiada” de Joesley Batista, foi certeiro:

– “Não se pode aceitar como delator criminoso confesso que obtém a permissão de autoridades para esmiuçar a vida alheia e “fabricar” provas com gravações e outras artimanhas com o objetivo exclusivo de livrar-se de processos e da cadeia. A prova preparada para obter o perdão não condiz com o sistema legal de delação. A sensação de tornar-se herói no mar de lama que vivemos permite o uso de todos os recursos”.

É POSSÍVEL ANULAR – Os benefícios exagerados concedidos pela PGR (Procuradoria Geral da República) e, agora, homologados parcialmente pelo STF, não são matéria consensual. Alguns ministros do Supremo votaram pelo respeito legal ao princípio das delações, mas destacaram que, no caso JBS, se sólidas provas factuais não se sustentarem, a anulação dos benefícios pessoais obtidos poderá acontecer.

A rigor, na vida republicana brasileira, a corrupção alastrou-se pelas artérias da nação. E tem na sua estrutura de poder, em todos os níveis, o principal responsável. É muito mais ampla do que os fatos até agora investigados vêm comprovando. A aliança de corruptores o corruptos no Brasil não mais é fato recente. O dinheiro público foi drenado e assaltado em velocidade de “fórmula 1”. Grupos oportunistas apelidados de campeões nacionais do desenvolvimento deitaram e rolaram.

OS BATISTAS – Quem não se lembra de Eike Batista, que queria ser o homem mais rico do mundo? Suas empresas viraram pó e atualmente cumpre prisão domiciliar.

Os outros Batistas, os irmãos Joesley e Wesley, montaram a maior empresa do mundo em proteína animal, com dinheiro público. De média empresa em 2003, a JBS em 2006 já faturava R$ 4 bilhões. Graças ao financiamento público em escala incontrolável e sociedade com o BNDES.

Com os bilhões que acumulam os corruptos põem a seu serviço exércitos de falsos jornalistas escondidos atrás de redes sociais. São os filhos da imprensa marrom.

13 thoughts on “Nas redes sociais, os filhos da Imprensa Marrom

  1. Que texto iluminado, ciências humanas hoje esta repleto de discurso vazio marxista sem proposta. Infelizmente o retrato hoje é o caos cada fala sua verdade absoluta mentirosa na cara dura. Paulo Freire é um câncer que tem que ser extirpado da educação.

  2. Tenho pena de Paulo Freire ( e outros que tanto contribuíram para uma sociedade melhor)…
    Mal sabia ele o que fariam de seu legado…
    Tanto inimigos quanto adeptos…
    Lendo-o ou não o lendo…
    E a humanidade caminha lentamente…agonizante…
    paciência…!
    (…)

    • Ficam alguns brigando nas redes alimentando dicotomias entre partido A e B, enquanto isso, o acordão vai muito bem obrigada…
      os sujeitos (políticos) principais, objetos de brigas e agressões estão se dando muito bem, almoçando, lanchando e jantando juntos…reuniões, abraços, telefonemas…
      seria trágico se não fosse cômico…

      • Mote do Acordão:
        Metralhar a Lava jato… custe o que custar…
        para isso, vamos enganar a população… fazer parecer que existe lado A e lado B…
        Enquanto isso:
        Cadê as 10 medidas?
        Cadê o combate ao Foro privilegiado?
        Quem vai questionar os bilhões do fundo partidário???
        Pelo menos UM político diga “´presente” por favor…!!!

      • Quem não se lembra de Eike Batista, que queria ser o homem mais rico do mundo? .

        Quase todos se lembram do Eike, mas tem um que tirou até as fotos das redes sociais onde abraçava, paparicava e trocava algumas figurinhas com o Mega-Ex-Empresário.
        Era recebido com todas as pompas no famoso Instituto LIDE do Trabalhador-Comum agora alçado ao posto de Prefeito da Cidade Efeagá-Tucanistão, John-John Henry Phyllyppy Dorian Grey II.
        Como numa velocidade meteórica Dorian desfez uma amizade de longa data só por causa de algumas roubalheira de seu grande ex-amigão…..

        Viva La France.!

  3. URGE NIVELARMOS POR CIMA A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. Sinto o destino gritar nas ruas do Brasil: ” Leão, Leão, Leão, Revolução, a Mega-Solução, RPL-PNBC-DD-ME já, pela nossa libertação “. Democracia Direta Já, com meritocracia eleitoral, eleições gerais e distritais, mandatos de no máximo 5 anos, sem reeleição, parlamentarismo, as medidas contra a corrupção sugeridas pela força-tarefa da lava jato compatíveis com o Estado Democrático de direito, plebiscito a cada 10 anos para que o povo diga se quer a continuidade da Democracia Direta ou a volta da Plutocracia putrefata com jeitão de cleptocracia e ares fétidos de bandidocracia que ainda está por aí não obstante o prazo de validade vencido há muito tempo. Urge colocar na por de entrada da administração pública uma espécie de mata-burros, corruptos e bois sonsos varadores de cercas.

  4. Sebastião Nery, é um antigo jornalista, com boa cultura e conhecedor dos bastidores da política. Têm-se que levar em consideração seu textos.

  5. Do alto do seu podium de jornalista veterano e respeitado, o Sr Nery critica ácidamente as redes sociais, e suas opiniões de “jornais e jornalecos”, sem controle e sem critério.

    Sem controle e sem critério DE QUEM, sr Nery ? Opiniões precisam de controle ?

    “Acham que o pensam tem que ser ouvidos…” Não tem não Sr. Nery ???

    Não seria o “império da verborreia” resultado da incompetencia, irresponsabilidade e conivencia ideologica de “jornalistas sérios” que se julgam detentores da “verdade” ?

    “É preciso resistir para não sermos absorvidos por elas (as redes sociais)”… Quem precisa resistir Sr. Nery ? A sociedade ou o monopólistas da informação ?

  6. Seu artigo é esclarecedor. Estamos diante de um quadro aterrador pois cada um fala do que não sabe com uma autoridade absurda.
    E o canalha lula foi um dos que mais contribuiu para chegarmos onde estamos. E daqui para pior será um passo.
    Vemos alunos e professores universitários chamando esse apedeuta de estadista como se fosse uma verdade inconteste.É o mesmo que chamar urubu de meu louro.
    Contamos sempre com a graça de Deus para salvar nosso país das mão dessa imprensa marrom, mas para isso, é preciso que pessoas, como você, continuem combatendo esses malfeitores.
    Parabéns Sebastião !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *