Natal é esperança, justiça, fraternidade, num encontro de todos visando apenas ao bem comum

Penso que a fé é a extensão do... Charles ChaplinPedro do Coutto

São princípios que iluminam a comemoração legada ao mundo por Jesus Cristo, a cada ano, na travesia dos séculos. Infelizmente, no Brasil, tais princípios não são seguidos pelos titulares do poder. Na realidade ocorre entre nós o contrário. A política volta-se para algo difícil e os fatos confirmam o insucesso. Mas Natal é esperança e nela continuaremos a caminhada, porque é tudo o que se pode fazer.

Na maioria dos casos o poder emana das urnas, mas os eleitores se decepcionam e tentam buscar o voto de volta. Não é possível. E recomeça a caminhada.

ANTES E DEPOIS DELE – Mas não podemos nos deixar abater e trazer no pensamento o exemplo do homem que morreu na cruz e dividiu o tempo entre antes e depois dele. Este foi o corte mais profundo que a humanidade registra.

Constatar e acreditar no exemplo é o que nos consola. O Brasil vive dias confusos, tais são os erros do governo Bolsonaro e agora também pode se adicionar, no fim de ano, a perplexidade com os rumos do prefeito carioca Marcelo Crivella que o levaram à prisão, que mesmo domiciliar não o absolve, pelo contrário.

MESMO ASSIM… – No plano federal, não se vislumbra qualquer projeto concreto. O ministro Paulo Guedes acumula desastres em série. Com isso a população brasileira sofre mais um golpe.

Mesmo assim, jamais podemos perder as esperanças, porque o mundo só pode avançar se conseguir reduzir a desigualdade social, na visão defendida por Jesus Cristo.

Portanto, Feliz Natal para todos os leitores e colaboradores da nossa Tribuna da Internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *