Nesta eleição, é bom lembrar que os governos do PT jamais interferiram na PF…

Brum a Twitter: "Charge da Tribuna do Norte #brum #charge #brumchargista  #chargespoliticas #pf #policiafederal #novodiretor #bolsonaro  #governobolsonaro #novodiretor #esquemacriminoso #filhosdopresidente  #carlosbolsonaro #fakenews #alexandreramagem ...Roberto Nascimento  /   Charge do Brum (Tribuna do Norte)

Tem uma artista da TV Globo, a veterana Regina Duarte, que em 2002 declarou publicamente seu pavor a Lula e seu medo do PT. Mesmo assim, Lula ganhou a eleição e desmoralizou a cena protagonizada pela atriz, porque não houve supressão das liberdades públicas nem ameaças à democracia ou interferência na Polícia Federal, como ocorre agora, com essa série de afastamentos de delegados e servidores que seguiram a determinação do Supremo e pediram à Interpol a extradição do blogueiro Allan dos Santos, que difundia fake news abertamente e fazia ameaças às instituições, conforme tem saído em todos os jornais.

Não estou inventando mentiras não, hein? Por favor, se acontecesse em governos anteriores do PT essa caça às bruxas, quer dizer, caça a policiais e servidores federais que apenas cumprem seu dever funcional, o mundo cairia na cabeça dos governantes petistas e talvez houvesse até greve da PF.

LIÇÃO DE VIDA – Regina Duarte tomou uma lição de vida. No atual governo, aceitou ser secretária de Cultura e experimentou na pele o que significa um presidente totalitário, pois teve de se demitir às pressas, inclusive tendo perdido o emprego na TV Globo, onde recebia salários até mesmo nos longos períodos em que ficava sem atuar.

Agora está todo mundo com medo de retaliação. Vivemos hoje a política do medo e da ameaça aos que pensam diferente. Caso seja comunista ou esquerdista, será execrado e excomungado, quiçá outras covardias.

Que tempos obscuros… Podem dizer o que quiserem, inventar narrativas de todos os matizes, mas nunca poderão afirmar que nos governos Lula e Dilma houve interferência na Polícia Federal.

COMPLETA AUTONOMIA – Nos governos petistas os delegados tinham completa autonomia para investigar a todos, sem exceção, inclusive membros do governo.

Lembro que o Ministro da Justiça de Dilma, o procurador José Eduardo Cardoso, nunca soube antecipadamente de Operações da PF e jamais trocou delegados por motivos políticos e ideológicos.

Assim, estamos diante de um contraponto interessante, porque os delegados da Polícia Federal estão perplexos, ao enfim perceberem essa gigantesca diferença de comportamento entre governos que se diziam democráticos. Alguns são, outros não.

26 thoughts on “Nesta eleição, é bom lembrar que os governos do PT jamais interferiram na PF…

  1. Rapaz só pode ser brincadeira. Só pode ser brincadeira. O cara vem falar de PT, os caras roubaram um país inteiro. E ainda vem com conversa de polícia federal. Eles colocaram 7 (sete) bandidos na pocilga, esses canalhas soltaram o maior corrupto do mundo. As 13 carretas que levaram com os objetos do palácio. Só mesmo aqui nesse país vagabundo.
    Ah país vagabundo.

  2. Tudo que Roberto Nascimento disse no seu artigo é verdade. Verdade pública e notória. Não depende de comprovação. É preciso — nesta quadra sorrateira pela qual passa o Brasil—-, ler e refletir sobre o que escreveu Roberto Nascimento. E cada um tirar suas conclusões. Sim, houve erros e crimes, todos apurados, trazidos ao conhecimento público, muitos processados e julgados. No entanto, os acertos superaram os erros e os crimes. Basta comparar as condições de vida da população, de hoje e de outrora. O respeito que o mundo dispensava ao nosso país e à diplomacia. Isso e muito e muito mais.

  3. Obrigado Dr. Jorge Beja.
    Fiquei imensamente lisonjeado com suas belas palavras.
    Os fatos estão todos aí. Acompanhei todos os governos a partir da década de 80 até hoje. Então, pela lógica, faço comparações com base na realidade dos fatos. Procuro, tento, me desvencilhar das tentações ideológicas, em homenagem ao leitor.
    As opiniões enriquecem o debate, acerca dos temas que interessam a sociedade.
    Precisamos avançar e reduzir a incomensurável desigualdade social, que está humilhando nossos irmãos brasileiros, sem nenhuma perspectiva de melhora de vida e da sua dignidade. Empregos já, para que ninguém precise da ajuda dos governos.
    Medo da patrulha, medo da perseguição, medo de retaliação, medo da covardia, sim tenho medo, entretanto seguindo os passos dos meus mestres, dentre eles, o maior, Hélio Fernandes, vou em frente, caminhando sobre as pedras, por onde se escondem as serpentes.
    Bom domingo, Dr. Beja e um grande e afetuoso abraço.

  4. E vamos lembrar de dois outros fatos – quer gostem ou não do PT.

    1) José Eduardo Cardoso saiu do Governo para atuar exclusivamente na defesa da Dilma.
    – enquanto nesse Desgoverno vimos o recém sabatinado enquanto ministro da Justiça ou AGU atuando como advogado fosse nas causas sobre fatos imputaveis à pessoa do Genocida (e não do cargo de Presidente)

    2) Assim que deixou o Ministério da Justiça, Mouro saiu disparando e também endossado pelo Dellagnol, durante o Governo do Lula e da Dilma não houve interferência alguma na PF e nas investigações por ela conduzidas.

  5. Parabéns ao Roberto, pelo artigo que apresentou fatos que também veio reforçado com o comentário do Dr. Béja, lembrando do respeito internacional e da vida em condições melhores. Hoje as ruas estão tomadas por miseráveis. Pessoas atrás de osso em mercado. Está difícil para muitos e uma boa parte no desespero e outros já na revolta, ódio. Antes se ouvia muito casos de furtos de shampoo, sabonete no mercado… hoje furtando frango, biscoito e até água no mercado…

  6. Obrigado Leão. A vida dos mais pobres está ficando cada vez mais difícil. Impossível negar as evidências, de pessoas pedindo nos ônibus todos os dias, qualquer coisa, ou vendendo guloseimas por 1 Real para levar alimento para casa.
    Nas padarias, nos Hortifruti, nos mercados, pessoas pedindo. Moradores de rua, dormindo embaixo das marquises, aumentou muito.
    O auxílio de 400 reais é bem vindo é claro, por isso louvo a atitude de Bolsonaro por lutar por essa medida emergencial. Nem discuto se é Eleitoreira ou não, mas, sei que é necessário.
    As pessoas precisam é de emprego e renda, para pagar o aluguel, se alimentar, comprar remédio, se vestir. Isso é que é viver com dignidade.
    Alguém está trabalhando nesse planejamento? O Executivo e o Legislativo perseguem essa pauta humanitária? Ou só estão pensando nas Emendas e na próxima eleição?

  7. Então Eliel, os três foram muito incompetentes, porque não conseguiram.
    Tanto o Mensalão quanto o chamado Petrolão avançaram de vento em popa. Inclusive, ministros do STF indicados pelo PT foram implacáveis na punição dos mensaleiros. O Relator, sua Excelência, o ministro Joaquim Barbosa, indicado por Lula trabalhou incansavelmente na punição dos corruptos.
    E aí?

      • Eliel, se o Moro disse que não interferiu e ele estava no olho do furacão da Lava Jato, você quer um depoimento mais devastador do que esse,?
        Se tivesse tido interferência do Lula ou da Dilma, Sérgio Moro e Deltan Dallaganol teriam botado a boca no trombone.
        Nenhum delegado ou Diretor da PF foi substituído no correr das investigações para colocar outro objetivando atrapalhar ou encobrir as investigações.
        A palavra de Moro diz tudo. Na campanha, esses fatos virão a tona.

        • Roberto, o próprio Lula e a Dilma disseram que interferiram na PF quando presidentes.

          O Temer também o fez, mandou o diretor geral da PF para fora do Brasil.

          A escolha do diretor geral da PF é do Presidente da República. É atribuíção dele e somente dele. Não tem nenhuma ilegalidade nisso.

    • James, você é um comentarista inteligente e respeito sua opinião. Por isso, avance no contraditório salutar e aponte aonde existiu interferência. Qual Diretor da Polícia Federal foi demitido?
      O Ministro da Justiça Márcio Tomas Bastos jamais aceitaria qualquer interferência e José Eduardo Cardoso o ministro de Dilma, de notório saber jurídico e ilibada reputação, jamais aceitaria qualquer interferência.
      Estou esperando a sua resposta.
      Quem sabe possa concordar contigo?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *