Nesta quarta-feira, a sala da CCJ do Senado foi palco-salão de uma tragédia

Resultado de imagem para moro na ccj

No lugar de Moro, que deveria estar depondo é Glenn Greenwald

Jorge Béja

Nesta quarta-feira, 19 de Junho de 2019, a sala da Comissão de Constituição e Justiça do Senado foi palco-salão de uma tragédia. Uma vítima inocente sentou-se numa espécie de banco dos réus para ser interrogado! Ninguém enxerga isso? Uns dizem que Moro saiu-se muito bem… Que Moro mostrou que não cometeu infração alguma…. Que Moro respondeu, com segurança, a todas as perguntas…Mas calma lá!  Que crime Moro é acusado de ter cometido?

Ele, sim, é que foi vítima de crime covarde, quando teve invadida sua privacidade e o criminoso-invasor apoderou-se das mensagens e as tornou públicas, em capítulo, em pílulas, em etapas! Isso, se o teor das gravações conseguidas criminosamente forem mesmo verdadeiras.

ERRO DE PESSOA – Quem deveria estar sentado atrás daquela mesa e sendo interrogado é esse estrangeiro Glenn Greenwald, um criminoso que nem o nobre ofício de jornalista acoberta seus crimes, por ele cometidos e/ou por ele divulgados.

Quem segura a escada para o ladrão roubar também responde pelo crime de roubo. Quem divulga mensagens de terceiros, conseguidas criminosamente, ainda que não seja o divulgador quem as gravou, é tão bandido quando quem gravou, quem copiou, quem invadiu.

Quem também deveria estar sentado atrás daquela mesa para ser interrogado era a doutora Raquel Dodge que, na chefia do Ministério Público Federal, cruzou os braços e não pediu à Justiça a busca e apreensão do material criminoso em poder do tal Greenwald.

CASO NEYMAR – Enquanto isso, o mesmo Ministério Público (o Ministério Público é uno e indivisível, seja estadual, seja federal), pediu e obteve na Justiça a busca e apreensão do celular da “cândida” jovem Nájila Trindade, que foi a Paris para passear com Neymar e ver como ficou a Catedral de Notre Dame e voltou acusando o jogador de tê-la estuprado e de outros crimes. Tudo gravado, segundo ela, pelo seu celular.

 Mesmo assim e apesar da tragédia, nosso presidente Jair Bolsonaro resumiu, acertadamente, tudo numa frase a respeito da covardia que fizeram com Sérgio Moro: “Vão quebrar a cara. Podem procurar outro alvo”.

51 thoughts on “Nesta quarta-feira, a sala da CCJ do Senado foi palco-salão de uma tragédia

  1. Caro Dr. Beja,
    O ator Carlos Vereza usou o facebook para fazer a seguinte pergunta: “o que espera Bolsonaro para extraditar Glenn Greenwald?”, pois segundo o artista ele está conspirando contra a operação LAVA-JATO.
    Para o ator ao comentar o caso do vazamento criminoso de informações promovido pelo jornalista americano Glenn Greenwald:
    “O que o Greenwald fez nada tem a ver com liberdade de expressão e muito menos com jornalismo.
    Ele está conspirando contra a Operação Lava-Jato, tentando desmoralizar o Ministro Sérgio Moro, e consequentemente tornar sem efeito as incontáveis provas contra o gatuno de Curitiba.
    Não por acaso, Gilmar Mendes, já estava com mais um pedido de habeas Corpus engatilhado para o dia 25 do corrente mês, visando soltar o ladrão.
    Alô, Ministério de Segurança! Será que não percebem que há um complô em pleno andamento com desdobramentos para desestabilizar, também, o novo governo?! “
    “O mesmo não se atreve a fazer nos EUA: seria preso imediatamente por atentar contra a Segurança Nacional.
    Aliás, o que espera Bolsonaro para extraditá-lo? Será que não percebe que sua presença no país alimenta as teorias de conspiração – verdadeiras ou não?!”
    Não nos esqueçamos que o ator Carlos Vereza foi um membro atuante do partido dos trabalhadores que não trabalham e dos estudantes que não estudam.

  2. Continuo entendendo que a Intimidade de um Presidente da República foi violada dentro de seu palácio … e à noite … e foi dada Publicidade à Violação.

    O problema é o MPF ainda não cumprir tudo que lhe cabe dentro da CIDADÃ … mesmo PGR não ser mais demissível “ad nutum”.

  3. Greewald já esteve envolvido em publicação de documentos secretos com detalhes sobre a segurança americana e britânica obtidos por Snowden, atualmente exilado. Talvez não possa ser extraditado do Brasil porque tem um marido brasileiro.
    Quanto á audiência na CCJ, fiquei enojado com a presença e posição do Jacques Wagner. Ele, envolvido em corrupção até a cauda, pediu que o Moro se afastasse para ser investigado pela PF. Como o povo baiano, trabalhador e culto, pode votar num petista tão envolvido em falcatruas?

    • Por que extraditado? Por acaso os EUA ou a Inglaterra moveram alguma ação contra ele e pedem sua extradição?

      O que existe são alguns milhares de homenzinhos (e mulherzinhas) com nervos à toda por revelações contra o seu super-herói tupiniquim.

      Como as revelações são feitas por um cidadão norte-americano, companheiro de um brasileiro (político do Psol), essas qualidades fazem do povo brasileiro(a) naturalmente racista, xenófobo e homofóbico cair em cima.

      Nem venham dizer que o brasileiro é o contrário disso!

      Episódios na cidade fronteira com a Venezuela com venezuelanos, a maneira como vejo bolivianos e colombianos tratados no Rio e até mesmo refugiados do oriente médio… permite-me tirar uma conclusão completamente diferente.

      • Desculpe-me, caro Mountain Lion, errei em usar o termo extradição (não sou versado nessas coisas jurídicas). O termo correto é expulsão, um pé na bunda. Eis como pode ocorrer a expulsão de estrangeiro, conforme texto oficial:
        A Expulsão consiste em medida coercitiva de caráter discricionário de um Estado, levada a efeito em face do “estrangeiro que, de qualquer forma, atentar contra a segurança nacional, a ordem política ou social, a tranquilidade ou moralidade pública e a economia popular, ou cujo procedimento o torne nocivo à conveniência e aos interesses nacionais” (artigo 65 da Lei nº 6.815/80 – Estatuto do Estrangeiro).
        Espero ter me redimido do erro semântico. Abraços efusivos.

        • Prezado, esse estatuto está revogado. E outra. Ele é anterior à Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. E mais. Há ainda que sopesar texto Lei, qualquer que seja tanto com a Constituição como Tratados Internacionais.
          Nenhum texto de lei é aplicado sem considerar o ordenamento jurídico como um todo.

          Pois então. Ao ensejo de você trocar extradição por deportação/expulsão, aproveito para também atualizar o fato de que não se tem notícia que o estrangeiro em questão tenha sido deportado, expulso dos EUA ou da Inglaterra.

  4. Pela maneira como se dirigiu à qualidade de estrangeiro certamente revela que há algum caráter xenófobo, ainda que oculto, no seu pensamento.
    O indivíduo tratado com palavras tão grosseiras tem histórico de atuação internacional como pode ser encontrado no Wikipedia (abaixo – versão americana) contra governos, autoridades e o poder.

    https://en.wikipedia.org/wiki/Glenn_Greenwald

    • Al Capone era conhecido internacionalmente.
      Revele-nos a razão da sua insistência em defender um estrangeiro que tentou desmoralizar um dos maiores brasileiros das últimas décadas. Quem mais teve a estatura do Moro? O ladrão hoje encarcerado em Curitiba foi um genocida, a considerar a miséria em que deixou o povo para poder se locupletar e enriquecer os seus capangas. No entanto você o defende.
      Desculpe-me em ser breve, é que tenho que trabalhar para sobreviver, diferentemente dos petistas seborrentos.
      Abraços efusivos.

  5. Aqui é Brasil, é isso mesmo. O rabo balança o cachorro. Quando tem uma roubalheira dessa, os ladrões ainda se apressam interrogar e colocar as vítimas sob suspeição.

  6. Um Senado que tem Renan, Humberto Costa, Paulo Rocha, e outras figuras que não merecem respeito de nenhum ser humano do bem só podia acontecer aquele vexame grandioso. Pode perguntar a qualquer Cidadão nas ruas do Brasil o que eles acham do Congresso Nacional que eles dirão que não fazem falta, e se forem fechados seria bom, pois nada de bom constroem para o Brasil e seu Povo, é só imoralidades e criminosamente colocarem os Cidadãos reféns de seus “atos e fatos criminosos”, até quando o Brasil e seu Povo aguentam isso Senhores Presidentes da Câmara e do Senado, que não ouso dizer os nomes para não causarem vômitos aos Cidadãos de Bem Brasileiros ???????

  7. Esse caso de Neymar lembra muito a situação de Mike Tyson.

    Na matriz Mike Tyson, pois lá depois de muito debate, a justiça concluiu que a mulher não é obrigada a rezar depois de ajoelhar. Basta dizer não.

    Aqui na filial parece que as coisas funcionam diferente.

  8. Caro leitor e comentarista leão da montanha,
    Não necessariamente o advogado para ser um ótimo profissional da advocacia criminal tem que ser inscrito nestas associações a que alude em seu equivocado entendimento.
    O Dr. Beja é um renomado Advogado militante nesta que já foi considerada a cidade maravilhosa com especialização em Responsabilidade Civil, Pública e Privada pela UFRJ e Universidade de Paris, Sorbonne.
    É membro Efetivo do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB).
    O leitor pode até discordar do que se contém no artigo lavrado do articulista, no entanto, não tem o direito de se desfazer do Homem, de quem escreveu o seu artigo.
    Agora eu pergunto e quem é o senhor?
    Eu o conheço por incursionar na gloriosa TI, sempre invocando que a saída para o Brasil é o seu pensamento, um tal de, se não me falha a memória RPL-…
    Emita as suas opiniões, as suas divergências em relação ao que foi publicado na TI, mas não tente desacreditar quem escreveu os artigos, não é correto, não é justo, sobretudo não se reveste de razoabilidade e urbanidade.

  9. Coitado do leozinho……nem capim matou a fome desse animal, entendo que acabou a mortadela e voce esta passando por necessidades, agora nao venha atacar um homem de caracter no site da TI…aqui tem muitos para defender o mestre Beja , e vou mais alem…em portugues mesmo… EU CONFIO NO MORO, ja no ladrao de 9 dedos e seus defensores nao

    • Mas todo e qualquer ato de agente público é revestido de alguma forma, segue algum fluxo e está prevista na lei.
      Conversas entre agentes públicos, nessa qualidade, não gozam da proteção da vida privada e intimidade.
      O meio obtido ainda que não seja lícito, não torna os dados obtidos inservíveis para todos os propósitos.
      De todos os direitos, sendo o acesso à informação e o interesse público os mais relevantes no trato da coisa pública, no comportamento de seus agentes, deve prevalecer o direito à disponibilização dos dados obtidos.

      Quem fala diferente disso não é capaz de olha com crítica a própria realidade em que vive.

      Tenho pra mim que os desvios dos fins previstos na lei e do interesse público somente ocorrem porque falta muita, mas muita transparência nos atos praticados, há inobservância estrita ao papel de cada um na função e desrespeito à coisa pública.

      • Dado sua fluência na matéria, se tiveres um escritório de advocacia – e acredito que tenhas – deixe ele para algum próximo e faça concurso para juiz federal. Será um ganho para a nação.

      • Indago se o art. 5º, LVI, da CF88 foi revogado e ninguém soube?

        Para maior facilidade, o transcrevo:

        LVI – São inadmissíveis, no processo, as provas obtidas por meios ilícitos.

    • Extradição só caberia se ele tivesse cometido crime no exterior e fosse requerida a execução da pena lá, poderia ser caso de expulsão, mas, não é, ele tem marido brasileiro e não se encaixa nas condições estabelecidas no estatuto do estrangeiro, deportação caberia muito menos ainda.

  10. O Leão da Montanha está fora do seu habitat, pois pertence às savanas africanas.

    Sendo um dos maiores predadores que temos no planeta, alguns humanos ou setores feitos pelo homem, se mostram idênticos ao carnívoro felino.
    Por exemplo:
    O Leão do IR, que nos devora nosso dinheiro ganho honestamente, mas não fareja os roubos praticados contra o erário e povo;
    E o comentarista que se apresenta anonimamente, denominando-se leão da montanha, atacando instintivamente quem não pensa e age como deveria, conforme a sua mente obtusa e limitada, e parte para reações animalescas e predadoras.

    O meu amigo, dr.Béja, tem uma história, um caminho percorrido de cidadão e profissional, que são exemplares.
    O leão da montanha tem um histórico de agressões, de críticas contumazes contra a política, mas, diante da mudança dos ventos, seu focinho apenas sente o cheiro podre petista, que lhe atrai, então agride e tenta abocanhar quem alerta para o fedor exalado por um petista preso, e que deve ser mantido desta forma por muito tempo.

    E compactua com a carniça, com as carnes deterioradas pelo tempo, deixadas pelo PT e seu líder, igualmente predadores.

    O leão da montanha é tão absurdamente incompetente, ofensivo, que inverte a posição natural de seus parentes verdadeiros, que são arqui-inimigos da hiena, predadora também, mas que vive somente dos restos deixados pelo leão, e de carnes apodrecidas que encontra eventualmente, enquanto o humano, o leão da montanha, tem nesses animais seus melhores amigos, independente dos males ocasionados pelo fedorento e nauseabundo animal, absolutamente igual aos petistas!

    O falso leão, o indivíduo, poderia criticar o articulista; poderia dizer que discorda do seu modo de pensar; que não aceita as colocações do excelso, célebre e eminente advogado, cujo nome é conhecido nacional e internacionalmente, mas optou por ferir, arregaçar as suas garras para cortá-lo.

    Da mesma forma que os predadores do senado quiseram fazer com Moro, que, muito bem protegido, ocasionou que alguns dos ladrões e corruptos animais predadores fantasiados de terno e gravata, vulgo senadores, quebrassem seus dentes ao tentar mordê-lo, o comentarista tentou devorar uma pessoa que tem consigo inúmeras qualidades, incalculáveis dons, dentre eles, a sua capacidade e competência profissionais, sua retidão de caráter, um ser humano altamente caridoso, homem que serve como modelo de sociabilidade e civilidade, e que jamais foi agressivo com quem quer que seja neste blog, que o leão o enaltece como de fato incomparável, pois nenhum animal escreveria as ofensas postadas contra este senhor, contra este advogado, contra o meu amigo, dr. Béja!

    Não fosse o espírito superior de Carlos Newton no que tange à democracia, regime de governo que o leão desconhece, pois perde as estribeiras e dá coices em quem dele discorda, o leão da montanha deveria ser enjaulado, ou seja, deveria ser retirado do convívio de seres humanos pois, selvagem, a sua natureza o obriga a atacar qualquer pessoa traiçoeiramente para satisfazer seus instintos carnívoros, mesmo as que ele está proibido de atacar, em razão da educação e respeito mantidos pelos humanos, e de tentar qualquer reação que não fosse sentar-se e abanar o rabo, como se mostra amestrado pelos chicotes petistas!

    O leão da montanha tem as suas presas quebradas; não tem mais a força de antes; não tem mais fêmeas ao seu redor para caçarem por ele.

    Então foi para as montanhas se recolher.

    O leão da montanha, então, ruge longe das contendas; falta-lhe vigor; não tem mais a ferocidade de antes, então se esconde nos morros, nas coxilhas, escondendo-se no anonimato, com medo de ser devorado pelas hienas, que as têm como amigas, mas são bem mais perigosas que ele, pois agem em bando, assim como um partido político conhecido como PT!

    Lamento pelo felino, pelo verdadeiro leão, que vê o seu nome sendo usado de maneira tão covarde e solerte!

    Ao meu amigo, dr.Béja, a minha irrestrita solidariedade e apoio.

    • Caro Francisco Bendl, respeito sua posição e seus comentários, e embora não concorde com algumas opiniões, goza de grande sensatez.
      E em específico aqui, minha indignação vai ao comportamento que tenho como descolado e injustificado vindo de pessoa, como o caro mesmo disse e reconheço, de atuação reconhecida. Há que se separar as coisas. E essa coisa de ficar atacando nominando de bandido, pedindo deportação, apreensão, criminoso, cúmplice à pessoa que bem ou mal divulga dados que são, sim, importantes revelados não está, agora, na plena altivez que parece ter deixado no passado. Sincero respeito ao Dr. Béja, mas isso que disse não está nem um pouco certo.

      • Leão,

        Se tivesses feito o teu comentário do jeito que estás te dirigindo a mim, que me obrigou a responder de forma contundente, eu não o teria escrito.

        Evidente que podemos discordar de quem quer que seja – eu, às vezes, não concordo com o Papa, meu xará!
        Mas, jamais, em circunstância alguma, a educação e respeito pelas pessoas podem ser deixados de lado, jamais.

        O dr.Béja é intocável, e não porque seria santo, claro que não e não o é, mas o eminente advogado tem prestado serviços à TI mediante artigos tão esclarecedores e instrutivos que, atacá-lo em defesa de Lula, classifico como insanidade, sectarismo, radicalismo político, então devo reagir à altura, além de ser meu amigo, repito e enfatizo.

        Gostei que respeitas o dr.Béja, que não poderia ser diferente, óbvio.

        Mas, pensa, reflete:
        Até que ponto vale defender Lula de supostos “crimes” de Moro para condená-lo e colocá-lo na cadeia, para se tornar inimigo e opositor veemente de colegas teus neste blog?!

        Vale a pena ofender, agredir, quem nada te fez nesta vida, para demonstrares fidelidade ao PT e a Lula??!!

        Não sei, mas as coisas estão sendo invertidas de tal maneira que, ali adiante, nossos líderes se não tiverem condenações e prisões em seus currículos não servirão para nos comandar e guiar pelos caminhos que tanto esperamos, de desenvolvimento e educação adequada à grandeza desta nação!!

        • Eu não estou nem aí para o Lula enquanto político. Falo enquanto pessoa sujeita às normas. E todos nós somos. O Estado, inclusive.

          Já falei inúmeras vezes em outros comentários meus aqui – não sobre política – mas de Administração Pública, o quanto vergonha tenho de ver falta de trato com a coisa pública, desvio da finalidade do interesse público, do fim para o qual este ou aquele órgão foi criado. Uma podridão muito maior que está no comportamento individual contamina tudo.

          As pessoas simplesmente não atuam segundo seus papéis na sociedade – a mãe que quer se a melhor amiga da filha(o), a professora da aluna(o); como agente do Estado – do guarda/policial se achando juiz, e ainda pior, no direito de sentenciar à morte…
          E nem estou falando das benesses criadas aqui e acolá. Servidores concursados ou comissionados do alto escalão e mesmo de posições menores se achando em casa e o dinheiro público à disposição deles!

          No caso específico que causa tamanho embate de pensamentos, eu tenho pra mim que o agente público deve cumprir estritamente a função que lhe cabe na missão institucional do órgão a que pertence.

        • Enfim, se houver que ser anulada uma sentença, é o preço que o Estado paga ao não fazer respeitar as normas em sua atuação e exemplo a todos.
          Do contrário, sempre o Estado poderá desrespeitá-la a fim de lançar sua perseguição contra o o inimigo sob qualquer pretexto – ou quase sempre, dependendo de quem esteja no poder e quem recebe a pecha de inimigo. Fazendo uso do Direito conforme a ocasião. O nome disso é lawfare.

  11. Prezados,

    O problema da relac.ao Moro-Procuradores e’ bem descrito em nota de hoje da AJD (assoc dos jui’zes pela democracia):
    “É inaceitável que o Ministro confunda a urbanidade na interação entre juízes e membros do Ministério Público, com a fusão de seus distintos papéis processuais, bem delineados em nossa Constituição.”

    Esta falha do juiz e’ bem assinalada nas trocas de mensagens com o Dallagnol reportadas por G. Greenwald.

    Cleber

  12. Ao apagar as suas contas no telegram Os procuradores estão praticando obstrução as investigações.

    Mas não vai adiantar pois o Intercept tem os áudios com as vozes de Sérgio Moro é Dallagnol.

    O intercept tem material para 1 ano de matérias.

    A lava jato prova do seu próprio veneno.

  13. Dr. Jorge Béja tem toda a razão, quem devia estar ali no senado sendo inquirido era o Glenn Greenwald, que cometeu o crime de publicar conversas telefônicas apenas de personagens da Força Tarefa, adquiridas de forma ilegal, sem se preocupar com a veracidade das gravações.
    Sérgio Moro foi vítima e não culpado do conluio entre os hackers, os que querem ver o Lula e toda a bandidagem soltos e o tal do “jornalista” Geenwald. Quanto a Nájila Trindade, eu queria ver ela ir passear com o Bruno no sítio..

  14. Eu tenho o meu “senso comum” e também de lógica que diz que o Lula é bandido e o Moro é o mocinho da história.
    Um petralha fanático(a esmagadora maioria dos petralhas são), pensa exatamente o contrário. Juristas de renome com uma argumentação sólida e fundamentada confirma o meu “senso comum”.
    Mas juristas da cúpula da OAB e outros(principalmente criminalistas-por que será?), confirmam o senso comum petralha.
    Não tive tempo para checar, gostaria de ver uma posição de um grande homem, jurista de respeito, como o Dr. Béja. Não tenho muita certeza de que o entendimento dele é o mesmo que o meu, mas de qualquer forma seja lá o que for, ele vai saber embasar e fundamentar o seu veredicto de uma forma isenta e com certeza professoral

    EU TINHA 99,9% DE CERTEZA QUE O DR. BÉJA, JURIDICAMENTE E PROFESSORALMENTE, IRIA RATIFICAR O MEU E O DA IMENSA MAIORIA DO POVO BRASILEIRO, SENSO DE JUSTIÇA! MAS SIGA-SE DE PASSAGEM, NÃO SÓ O DR. BÉJA, MAS JURISTAS HONRADOS COMO O DR. CARVALHOSA TEM A MESMA OPINIÃO! DEFINITIVAMENTE A OAB SÓ REPRESENTA MESMO ADVOGADOS CRIMINALISTAS QUE FICARAM MILIONÁRIOS DEFENDENDO POLITICOS E EMPRESÁRIOS BANDIDOS! O PAÍS ESTÁ FARTO DESSA GENTE(?) !

    • Cardoso,

      Deixa de ser cínico!

      Quem não aceita pensamentos discordantes são vocês, fanáticos e radicais petistas!

      Agora, por uma questão de avaliação entre Lula e Bolsonaro, independente dos defeitos deste, comparar um ao outro é insanidade!
      Mil vezes Bolsonaro e suas omissões como presidente, que Lula no Planalto nos roubando, explorando e manipulando.

      Quanto a Moro, bem, essa é a frustração dos petistas.
      Mesmo no auge, Lula jamais teve a notoriedade de Moro; jamais fez algo de útil para o Brasil e povo, pois compensava os falsos projetos sociais que a quadrilha divulgava, depredando estatais, fundos de pensão, aparelhando o Estado, e deixando a violência, saúde pública e educação, atingirem os atuais patamares inexplicáveis e injustificáveis.

      Dá um tempo nesta tua fidelidade a Lula, nesta tua forma de professares a seita lulopetista, pois, esta sim, trata-se de um movimento que mescla política e religião naquilo que ambas têm de mais pérfido, condenável e hediondo!

  15. Caraca, quanto desperdício de dinheiro público. Um monte de gente, caríssima para o contribuinte, reunida por 9 horas no senado, mídia total, para discutir apenas o sexo dos anjos, é de doer. Deem uma chance dessa para o HoMeM do Mapa da Mina, por apenas 4 horas, e vocês verão a mudança de verdade, séria, estrutural e profunda que o país tanto necessita. Por que não uma audiência pública dessa com o HoMeM ?

  16. Olha…

    Até onde eu pude ver no video, cujo link segue para quem puder ter dúvidas:

    https://vimeo.com/342105746

    O jornalista Glenn Greenwald já se ofereceu para ir ao Congresso Nacional, mas parece que os Deputados do PSL e de toda a Base Governista, que inclusive haviam apresentado um requerimento para a convocação do jornalista, de repente, não só retiraram abruptamente o requerimento, como fizeram de tudo para encerrar a discussão.

    Enfim. Perdemos a oportunidade de ver esta arguição, entre tantas outras que nos são negadas, como por exemplo a da Professora Maria Lúcia Fattorelli, sobre a Dívida Pública e a pretendida Reforma da Previdência Social.

  17. Moro em nada se intimidou naquela pseudo-sabatina. Moro não estava nem um pouco desconfortável. Afinal passou a vida inteira cara-a-cara com bandidos da mais alta periculosidade nas audiências na Vara Federal em Curitiba. Já está até acostumado a enfrentá-los. Foi moleza pra ele.

  18. Dr. Beja, parabéns, como sempre colocando os pingos nos iiiiis, que Deus- Pai lhe de muita saúde e longa vida, para nos mostrar o “Caminho para um Brasil decente e justo para seu povo.

  19. “VERDADE SEJA DITA, JUSTIÇA SEJA FEITA. No caso Lula Triplex, pode até não ter existido conluio, como diz o Moro, mas o diabo é que estão presentes todos os elementos do dito-cujo conluio, de modo que não é à toa que pessoas isentas, respeitáveis, imparciais, inclusive muitos juristas de notório saber jurídico e reputação ilibada, estão dizendo ou sentindo que de fato houve conluio, em que pese a tática do embaralhamento, da confusão e da intimidação contra os divergentes e até contra o próprio STF, tática essa, aliás, parecida com a dos narcotraficantes que, quando contrariados por pessoas de bem, em seus pontos de distribuição de drogas fazem os diabos para queimar o filme delas nas comunidades em que sobrevivem, como se fossem elas os bandidos da comunidade, sendo esse, aliás, o nível a que desceu a política, infeliz e desgraçadamente. E não diga que sou “vivandeira”, porque vivandeira é a mãe, o pai e o filho amante$ e capacho$ de coturno$. https://josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br/2019/06/20/tatica-de-moro-embaralha-julgamento-sobre-lula/?fbclid=IwAR24zhSOcMi92_1qqupJO4Xs1AMQJH5mt-s__uQ3K1vjpaJhuIAXk_aGdds

  20. Soltem Lula, dissolva-se a Lava Jato e devolvam o dinheiro aos ladrões originais.
    E um tiro bem dado na cabeça do Moro e dois na cabeça do Bolsonaro.
    Indenize-se o Lula e o nomeiem Imperador Vitalicio do Brasil.
    Indenize-se todos os presos do Mensalão e da Lava Jato.
    Vamos moralizar nossa bela cleptocracia.

  21. Partamos do princípio de que os atos praticados pelo juiz Moro e pelos membros do MPF esbordaram dos seus limites. Que são abomináveis, que não deveriam ser praticados por pessoas de boa índole etc.

    Ok. Partamos desse ponto.

    Em direito há uma máxima que diz que não há nulidades se não há prejuízos. Essa máxima, um princípio, encontra-se positivado na lei, ao dizer que eventuais vícios processuais somente atingirão atos que são essencialmente a eles vinculados e que tenham causado prejuízo a uma das partes.

    Mesmo sem considerar que para enfrentar a maior quadrilha de todos os tempos era necessário lançar-se mão de práticas inéditas (hoje em dia existe a delação premiada, há a possibilidade de se acompanhar o crime “por dentro”, deixando-o progredir até certo ponto, para se perceber o alcance da quadrilha etc.), deve-se levar em conta que, como cidadão, o juiz Moro já tinha como certa a culpabilidade do ex-presidente. Bastava prová-la.

    Qual honesto cidadão brasileiro que não ficaria satisfeito em poder enjaular esse bandido? Mas, como juiz, tinha como certo que provas capengas não serviriam. Daí poder e dever conversar com o MPF para, num trabalho conjunto, fazerem uma obra primorosa, incapaz de ser desconstituída.

    Os petistas e asseclas ficariam felizes com atuações precárias dos juízes e promotores que participaram da acusação e do julgamento do seu principal protagonista. Perseguição? E o monte de gente de outros partidos que foram condenados, presos, inclusive empresários sem ligação com a esquerda? Disso não se fala?

    Todas as provas apresentadas foram confirmadas em graus superiores, pelo TRF-4, pelo STJ e pelo próprio (insuspeito?) STF. Penas sentenciadas pelo juiz Moro foram agravadas. Esse o lado prático.

    Pas de nullité sans grief, dizem os franceses. Então, leões montanhistas e demais fanáticos: recolham o seu fanatismo e agradeçam ao Céus que existiu um Moro para passar o Brasil a limpo.

  22. Pensávamos que a saída do PT do Planalto, de certa forma diminuiria sensivelmente as rusgas políticas com este partido nas redes sociais.

    Ledo engano.

    As discussões ficaram mais acirradas, mais radicais e fanáticas!
    Isso porque está preso um criminoso, chefe da quadrilha que mais roubou e lesou um país e seu povo, Lula!

    Causa espécie, no entanto, a postura dos petistas.
    Alegam que seu líder, amo e senhor está preso injustamente, que não havia provas para a sua condenação.
    Agora, através de conversas obtidas ilegalmente, Lula não só esta na cadeia injustamente como foi alvo de um conluio.

    Mas, os sectarismo dos seguidores e admiradores de Lula, escondem, omitem, evitam discutir os prejuízos ocasionados à Petrobrás, ao BNDES, ao País e povo!

    Desconsideram que, se Lula não roubou, conforme juram de pés juntos e a mão direita aberta sobre a Bíblia, o petista PERMITIU, AUTORIZOU, que a corrupção fosse instituída, e escancarou para ladrões escolhidos a dedo, as diretorias mais importantes de nossas estatais!

    Lula recebendo como propina ou não o sítio e o apartamento, pouco importa.
    A questão é que ele era o chefe da gangue, do bando de ladrões, que aprimorou sobremaneira a forma de lesar o patrimônio nacional e de roubar dinheiro vivo!

    Agora, Moro do jeito que trabalhou, que investigou e enquadrou o meliante, isso é importante, decisivo, meritório.

    O resto é choro de derrotado, frustrado, de gente que não aceita o contraditório e não sabe conviver com a democracia, que tanto vociferam e arrotam esta palavra.

  23. YAWHE SEJA LOUVADO …SEMPRE

    Eu já escrevi sobre o Sr. Bejá , e acrescento ..notório defensor do erro. Só Isso .

    Blá..blá…blá… seu artigo. Vejo neste artigo somente uma posição : UNILATERAL .

    YAWHE SEJA LOUVADO …. sempre…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *