Neste final de ano, uma bela mensagem de Natal do desembargador Eduardo Mayr, que está lançando o livro “Ouro, Incenso e Mirra”.

 Nogueira Lopes 

Pelo título, se diria que esta nova obra do desembargador Eduardo Mayr é um livro dedicado ao Natal ou a fatos ligados à religião. Na verdade, é muito mais do que isso. Aborda uma grande variedade de questões ligadas ao conhecimento humano, com importantes lições de vida colhidas na longa experiência do consagrado jurista.

“Quando olho para frente, na ideia de que os faróis de um automóvel devem ser sempre dirigidos para adiante, tenho certeza de que neste 2011 irei errar bastante também. Mas o importante é que não gastemos nossas energias nos torturando numa autocrítica pelo que não deu certo, Devemos compreender que não somos perfeitos e que não podemos acertar sempre, não podemos consertar o passado, apenas tirar dele os necessários ensinamentos para a nossa vida, perdoando-nos” – ensina Eduardo Mayr, em sua bela obra.

FESTA NA SOCIEDADE PESTALOZZI

Esta quinta-feira, a Sociedade Pestalozzi do Brasil promove sua festa de Natal. A instituição, que acaba de completar 65 anos de amparo às populações carentes, luta com dificuldades e atende atualmente a mais de 600 crianças.

Na semana passada, sua sede, que fica próxima à favela da Mangueira, sofreu mais um assalto. Foram furtadas as câmaras de segurança, além de placas de bronze, móveis da Tock & Stock, pratos, talheres, outros utensílios e grande quantidade de alimentos, deixando os alunos da instituição sem condições de almoçar.

Mas a mãe de um dos alunos, que mora na Mangueira, reconheceu os objetos da Pestalozzi sendo vendidos numa feira, no final de semana. Corajosamente, ela enfrentou os ladrões e conseguiu recuperar parte dos pertences furtados. Depois, foi à 17ª Delegacia, para comunicar o fato. Os ladrões foram identificados, mas a Polícia ainda não conseguiu prendê-los.

Por questões de segurança, a diretoria da instituição está mantendo em sigilo o nome da mãe do aluno, que será a grande homenageada na festa de Natal da instituição, quando receberá a Medalha Educadora Helena Antipoff, das mãos do pároco de São Cristovão, que rezará uma missa no local.

TRABALHO SOCIAL NO DONA MARTA

A propósito do trabalho social dos ex-alunos do Colégio Santo Inácio, o colunista recebeu mensagem do Dr. Elpidio de Figueiredo, acrescentando que “o trabalho da ASIA e dos ex-alunos vai além da parte médica (ambulatório popular com consultas e laboratórios)”.

A ASIA mantém também duas unidades educacionais no morro Dona Marta, há muitos anos, nem se pensava em UPP. Uma unidade vai até três anos de idade, e a outra, dos três aos seis anos. Contam com funcionários e voluntários (a esposa do Dr. Elpidio já foi voluntária) e são unidades de primeiro mundo, só vendo para acreditar, com assistência médica inclusive.

O Colégio Santo Inácio mantém à noite um curso noturno, tipo intensivo, para inclusão dos mais carentes. Os ex-alunos montaram também um curso noturno pré-vestibular, no qual trabalham como professores-voluntários. Tem dado muita alegria a famílias carentes, pois diversos alunos já se formaram nas faculdades do Rio, inclusive na PUC. O nome do pré-vestibular é Invest (bastante sugestivo).

Vale a pena uma visita à ASIA e também a divulgação para conseguir mais contribuintes, pois lá efetivamente o dinheiro é bem aplicado. Dr. Elpidio de Figueiredo e seus companheiros estão de parabéns e realmente merecem um Feliz Natal.

ERIC CLAPTON FAZ LEILÃO 

O músico inglês Eric Clapton vai vender mais de 70 guitarras de sua coleção pessoal em um leilão em Nova York, e o dinheiro resultante será revertido para seu centro de reabilitação de drogas e álcool na Ilha de Antigua, no Caribe.

A casa Bonham’s cuidará do leilão marcado para 9 de março de 2011, que também terá instrumentos doados por Jeff Beck, J.J. Cale, Joe Bonamassa e outros guitarristas.

Clapton, que era viciado em drogas, conseguiu se salvar e hoje dedica a vida a salvar os outros. Também merece um Feliz Natal.

VEM AÍ A “CONVERSA GIRATÓRIA”

Já está pronto para ser impresso o novo livro deste colunista da Tribuna, “Conversa Giratória”, que reproduz os principais trechos de uma entrevista concedida ao jornalista Gilberto de Souza, diretor do jornal “Correio do Brasil”.

Este livro aborda a situação do Brasil e do mundo neste início do Terceiro Milênio e será lançado na Livraria Argumento, na Rua Dias Ferreira, no Leblon. 

A VOLTA DO BAR DO COPA

O chamado “Bar do Copa”, no Hotel Copacabana Palace, que já é sucesso com a garotada nos finais de semana, começou no início desse mês, abrindo nas 4ª feiras para  quem quiser dançar, encontrar amigos ou comemorar aniversários.

A entrada é aberta, não precisa ser convidado – nem ter nome na lista – não tem fila – não cobram ingresso – não tem consumação mínima e paga-se somente o que for consumido. Ainda está em fase de teste, para ver se a proposta vai gerar público suficiente para manter o local aberto.

O Rio está tão carente de locais para se ouvir uma boa música e dançar, que não se pode deixar essa idéia não ir avante. A noite começa às 21 h. e a entrada é pela Av. Atlântica.

 

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *