Netanyahu anuncia ação militar longa e assim isola Israel no cenário internacional

Pedro do Coutto

Reportagem da Folha de São Paulo publicada na edição de 29, destaca o pronunciamento da véspera do primeiro-ministro Netanyahu avisando que a operação militar na Faixa de Gaza será longa e, com isso, tacitamente, rejeitou todos os apelos e manifestações voltadas para o cessar fogo na região, entre eles o apelo do Papa Francisco. Rejeitou também, da mesma forma implícita, os esforços do Secretário de Estado John Kerry, isolando ainda mais Israel no cenário internacional.

O primeiro-ministro sustentou que os combates só acabam quando Gaza estiver desmilitarizada. Esqueceu que, sob o ângulo político, quando mais os bombardeios israelenses durarem, maiores e mais intensas vão ser os atos que acontecem em inúmeras cidades contra a política de Telavive.

Não se pode ignorar os ataques do Hamas a Israel e também condená-los, reconhecendo o direito de Israel se defender. Só que a única saída para o gravíssimo impasse está na negociação através de fins pacíficos. Pois, caso contrário, envereda-se duplamente pelo caminho da destruição que ninguém sabe onde vai parar e a que desfecho trágico pode conduzir. Não existe alguém de bom senso na face da Terra capaz de dissecar um rumo imprevisível, no qual previsíveis são as mortes, aos milhares, que vão se suceder.

No momento, Israel, mesmo assim com reservas naturais colocadas pelo Secretário de Estado Kerry, só conta com o apoio dos Estados Unidos. Israel está perdendo a guerra da comunicação – basta ir os jornais e revistas, observar as fotos e o confronto diplomático. Na realidade, quanto mais se alongarem as bombas e foguetes, quanto maiores forem os números dos mortos e mutilados, pior, sob o ângulo político, será para Israel.

Como é possível o premier Netanyahu ignorar este aspecto essencial? Terminará isolado não só internacionalmente, mas dentro de seu próprio país, uma vez que não é lógico aceitar a tese que um conflito longo e permanente pode interessar à sua população. Ela acabará naturalmente cansando-se dos conflitos, das mortes, das mutilações, dos prédios destruídos, com os alarmes tocando a cada instante.

UM CLIMA RUIM

Matéria de Carolina Alencastro, O Globo também de 29, reproduziu declarações da presidente Dilma Rousseff, durante sabatina pelo UOL, amplamente publicada pela FSP, que afirmou que as declarações da chancelaria israelense  contra o Brasil criaram um clima ruim entre Brasilia e Telavive. Passada uma semana, o primeiro-ministro de Israel poderia ter reduzido a questão, suavizando o mal-estar com um simples pedido informal de desculpas. Seria uma fórmula de restabelecer o diálogo. No entanto, até agora permanece em silêncio. E o silêncio é comprometedor e leva à concordância com um absurdo.

Já que é rematado absurdo desconhecr a importãncia do Brasil no cenário mundial. Os fatos concretos apontam o contrário. Em coluna recente, escrevi sobre vários deles, culminando com a participação brasileira, através da heroica FEB, na segunda guerra mundial. Esqueci de citar dois. Cito hoje. A Conferência Panamericana realizada em janeiro de 42, no Rio de janeiro, Palácio Tiradentes, de apoio aos Estados Unidos contra o ataque japonês a Pearl Harbor; a cessão das bases aéreas de Natal e Recife para a operação militar das forças aliadas num espaço aéreo fundamental. Importância se mede com fatos, não com palavras grosseiras e despropositadas.

 

13 thoughts on “Netanyahu anuncia ação militar longa e assim isola Israel no cenário internacional

  1. Interessante o diálogo entre o Sr. Deasy e Stephen, personagens do livro Ulisses, de James Joyce.
    Sr. Deasy: Dizem que a Irlanda tem a honra de ser o único país que nunca perseguiu os judeus. O senhor sabe disso ?
    Não.E sabe por quê ? Fechou severo o rosto no ar iluminado. Por quê,senhor ? Stephen perguntou,começando a sorrir. Porque nunca deixou eles entrarem,o senhor Deasy disse solene.

  2. É um trabalho lento, progressivo e gradual, que não teria êxito se não fossem a extrema-direita católica e os evangélicos (todos) que acreditam nas abobrinhas bíblicas e por extensão na ‘santidade’ de determinado povo. Os evangélicos então são os subjudeus, só falta colocarem o paninho na cabeça. Perguntem-lhes se Israel tem razão no massacre e dirão que sim. Até aqueles meninos que estavam jogando bola na praia serão considerados militantes do Hamas. Por falar em Hamas, este foi eleito porque o pacato governo anterior não conseguiu acabar com a grilagem, o roubo de terras, chamado ironicamente de ‘assentamentos’.
    Todos sabemos que Israel possui aqui no continente dois cães, um mais feroz que o outro: são eles Rep e Dem. Um age por determinado período e depois é a vez do outro. Israel prefere Rep por agir por instinto, Dem parece pensar antes de agir. Quando quer perturbar um país, Israel grita aos seus americães: ‘Pega ele, Dem. Exploda-o !’. Nem sempre Dem obedece, mas o outro americão é mais estúpido e nem pestaneja. Cumpre fielmente, caninamente a ordem. A ironia é que no tal velho testamento, quando o seu deus quer destruir todas as pessoas de uma região, manda que façam, pois sabe que não é deus coisa alguma e não teria força para tanto. Assim fazem agora com os americães.
    Chegará o momento em que os governantes indagarão aos nascidos em seus países se são pró-seu próprio país ou pró-Israel. Escolhida a segunda, ‘Por favor, pode ir embora’, pois em Israel não há espaço para que possamos viver lá, mas os seus podem viver aqui ?
    Enquanto vivermos com pessoas cegas mentalmente, que acreditam nas historinhas sem perceberem que estão sendo enganadas pela religião, Israel terá apoio. Mesmo que eu insista em mostrar categoricamente às pessoas que Abraão, apesar da insistência em idolatrá-lo, não passava de um esperto cafetão.

    • 50 – Nas campinas de Moabe, junto ao Jordão, do outro lado de Jericó, o Senhor disse a Moisés:
      51 – Diga aos israelitas: Quando vocês atravessarem o Jordão para entrar em Canaã,
      52 – expulsem da frente de vocês todos os habitantes da terra. Destruam todas as imagens esculpidas e todos os ídolos fundidos, e derrubem todos os altares idólatras deles.
      53 – Apoderem-se da terra e instalem-se nela, pois eu lhes dei a terra para que dela tomem posse.
      54 – Distribuam a terra por sorteio, de acordo com os seus clãs. Aos clãs vocês darão uma herança maior, e aos menores, uma herança menor. Cada clã receberá a terra que lhe cair por sorte. Distribuam-na entre as tribos dos seus antepassados.
      55 – Se, contudo, vocês não expulsarem os habitantes da terra, aqueles que vocês permitirem ficar se tornarão farpas em seus olhos e espinhos em suas costas. Eles lhes causarão problemas na terra em que vocês irão morar.
      56 – Então farei a vocês o mesmo que planejo fazer a eles.

      Quer mais ?

    • Lionço, fique com sua religião e isso aqui mais:

      “A nossa raça é superior. Nós somos deuses divinos neste planeta. Nós somos diferentes das raças inferiores porque elas vieram dos insetos. De fato, comparados à nossa raça, outras raças são bestas e animais, gado, no máximo. Outras raças são consideradas excremento humano. Nosso destino é controlar as raças inferiores. Nosso reino terrestre [o planeta terra], será controlado por nosso líder com mão de ferro. As massas gentias irão lamber nossos pés e nos servir como escravos”.

      – Menechem Begin, Primeiro-ministro de Israel – 1977-1983

      Se esse cara não tivesse morrido, poderia muito bem esclarecer que a intenção era matar todos do USS Liberty e colocar a culpa no Egito para que os americães bombardeassem o Cairo. Não deu certo porque o alarme foi disparado e vieram outros em socorro. Mas o 11 de Setembro foi melhor executado e serviu para apagar a lambança anterior.

      • Meu caro … sou judeu de descendência … sou índio de descendência … sou português de descendência … sou negro de descendência … talvez seja chinês de Macau de descendência (ainda não concluímos pesquisa familiar; pois temos traços físicos semelhantes) … sou católico apostólico romano de tradição familiar e carismático libertador (não marxista) por opção religiosa … sou (pe)emedebista desde 1974 por simpatia política (fui candidato a deputado federal em 1974 e 1978 pelo MDB-RJ – atualmente sou do PMDB de Peruíbe – SP) … sou casado uma só vez … tenho três filhos … sou empregado com carteira assinada … sou nascido em Nilópolis … sou natural do Estado do Rio de Janeiro … estudei como seminarista salesiano durante 4 anos em MG … trabalhei em SP, ES, MG e ES, além do RJ … sou brasileiro … … … SOU FIEL A TUDO QUE SOU!!! !!! !!!

  3. Pedro,
    Realmente estão faltando homens dignos e de bons costumes no cenário internacional que almejem, efetivamente, a paz.
    O pogrom de Gaza e o genocídio que lá se instalou é de uma barbárie exemplar. Parece que a humanidade não aprende e a elite de Israel muito menos! Só se deseja o lucro.
    Agora, quanto a diplomacia brasileira, sem dúvida já teve momentos relevantes. Como a seleção brasileira na copa de 70, tinham homens de personalidade e atitude em campo. Correlação efetuada pois brasileiro gosta de futebol.
    Atualmente, há dúvidas. Como a atual seleção.
    SDS
    Vitor

  4. Jorge Luiz Baleia, está certíssimo. O interesse de Israel é se apossar das terras dos palestinos, ainda que para isso, tenha que matar indiscriminadamente.
    A maioria da população de Israel são de judeus originário de outros países.
    os verdadeiros donos de toda aquela área, são os judeus e árabes que vivem
    ali a milênios. Quem lê o antigo testamento, verifica que foi escrito pelo homem
    para atender seus interesse e de sua nação, usando o nome de Deus, para ter um
    cunho de verdade. Uma verdadeira blasfêmia.

  5. Sou flamenguista … sou Beija-Flor de Nilópolis … sou pela volta do maxixe (La Carioca de Flying down to Rio, gravado pelo Caetano também) etc etc etc hoje me dedico a manter a Moderação no PMDB, visto que há radicais no nosso companheiro PT que precisam ser domados kkk KKK KKK sou por Dilma-Temer (porém, PMDB é PMDB e PT é PT)

  6. Finalmente um detalhe … Não há como fugir de sermos negros, pois todos viemos de lá … Não há como fugir de ser árabe, pois são filhos de Ágar e de Cetera … Não há como fugir de ser judeu, pois são filhos de Sara … NÃO HÁ COMO FUGIR DE SER FILHO DE ABRÃO.

  7. Ser cristão é Fé, é opção, é se deixar convencer pelo Espírito Santo … Ser judeu religioso é Fé … Ter religião é FÉ … ser negro, ser árabe, ser judeu é da Ciência, é da Genética … … … Nazismo condenava até a terceira geração, independente da religião … ser ateu ou agnóstico é opção … Mengele, o pesquisador da Genética nazista se refugiou e morreu no Brasil, terra com mais judeus genéticos da Terra Kkk snifff KKK

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *