New York Times ironiza outro escândalo: a Transnordestina

http://jc3.uol.com.br/blogs/repositorio/HS030309402.JPG

Por enquanto, somente cabritos são transportados na nova “ferrovia”

Branca Nunes

“Os trilhos da ferrovia Transnordestina abrem passagem para um novo ciclo de desenvolvimento econômico e social na região nordeste”, orgulha-se a voz em off logo na abertura do vídeo institucional sobre os 1.728 quilômetros de trilhos projetados para ligar o Porto de Pecém, no Ceará, o Porto de Suape, em Pernambuco, e o município de Eliseu Martins, no Piauí. “Do início da operação, em dezembro de 2009, a dezembro de 2011, mais de 15 mil pessoas foram contratadas”.

A narrativa ufanista segue evocando números de matar de inveja noruegueses, suecos e alemães. “Foram realizados mais de 34 milhões de metros cúbicos de terraplanagem, construídos mais de 24 mil metros cúbicos de bueiros, 30 obras de arte especiais, entre pontes e viadutos, já estão concluídas, 280 mil metros cúbicos de concreto estrutural executados, foram adquiridas 170 mil toneladas de trilhos, mais de 200 milhões de reais investidos na compra de seis locomotivas e 480 vagões”.

Gravado em 2012, o vídeo garante que a obra descerá do palanque no máximo em dezembro de 2014 – segundo o cronograma original, a ferrovia seria inaugurada ainda no governo Lula. Em março de 2013, a conclusão dos trabalhos foi empurrada para 2016 e os preços subiram: só a gastança com a construção começou em R$ 5,4 bilhões, saltou para R$ 6,72 bilhões e acabou de chegar a R$ 7,5 bilhões. A conta não inclui os gastos com vagões e locomotivas, orçados (por enquanto) em R$ 1,5 bilhão. Nem as despesas com oficinas e portos.

UM PROJETO ABANDONADO

Neste fim de semana, The New York Times descobriu que o colosso ferroviário só esbanja saúde no Brasil Maravilha registrado em cartório, e que os trens nunca apitaram fora dos vídeos institucionais. “A mais de mil milhas ao norte das praias do Rio e dos arranha-céus de São Paulo está a multimilionária Ferrovia Transnordestina”, informa o jornalista Simon Romero na vídeoreportagem. “A longa e sinuosa estrada de ferro deveria transportar grãos de soja do empobrecido interior do Brasil para os locais de exportação. Há 18 anos em construção, é uma sequência de estradas de terra e pontes abandonadas – um dos muitos grandes projetos que foram abandonados com a desaceleração da economia brasileira”.

Depoimentos de moradores da região confirmam as desoladoras constatações feitas pelo jornal mais influente do mundo. “Juscélia e José Luiz são lavradores em Contente, uma remota cidade cortada pela rodovia”, exemplifica Romero. “Em nome do que chamaram de progresso, eles tiveram sacrificados seus campos, suas vilas e seu modo de viver”. Outros trechos expõem a incompetência do governo. “Ninguém em Contente foi indenizado pelas terras destruídas”, denuncia Romero. “O campo era a principal fonte de frutas frescas e vegetais. Agora, está seco e se tornou inútil”.

Depois de enfatizar que ninguém sabe se e quando a obra será concluída, o correspondente do NYT desmonta as fantasias do vídeo institucional de 2012: “Cruzando as terras dos sertões ao litoral, a locomotiva do futuro vai transportar riquezas e criar novos sonhos para uma gente ansiosa em ser protagonista de uma nova história”. Pelo andar das obras, essa gente ansiosa em ser protagonista será novamente coadjuvante de mais um fiasco nascido da aliança entre a inépcia administrativa e a corrupção política.

Clique na imagem para assistir ao vídeo do The New York Times:

http://www.nytimes.com/video/world/americas/100000002735915/brazil-tracks-from-boom-to-rust.html

(enviado por Mário Assis)

37 thoughts on “New York Times ironiza outro escândalo: a Transnordestina

  1. A qual brasileiro interessa a opinião do The new york times sobre o nordeste brasileiro ? Onde já se viu americano se preocupar com o povo brasileiro ? Vai cuidar do teu povo , da tua juventude assassina, que por revolta mata professor, amigos da escola, pai e mãe. Aqui, no Brasil, aqueles que plantavam bomba, praticavam o terrorismo de estado , e eram teleguiados pelo the new york times, já morreram

    • Engano se Renato,hoje eles estão no poder ou seja ja a mais de 12 anos infelizmente.Só voce ainda não descobriu isso.E particularmente nos sabemos porque voce não descobriu não é?

  2. Mais uma ‘obra’ do sistema fascista da ‘verdade’ de Goeebels petista. Tem de vir um grinco para acabar com mais esse ato de ilusionismo do Grã Circus Petralis. Para variar querem esconder o fato atrás do biombo do relincho ‘ideológico’ que a jornnlismo vem para a Caixa você também, do PT criou !

  3. A pedra – de Antonio Pereira

    O distraído nela tropeçou
    O bruto a usou como projétil
    O empreendedor, usando-a, construiu
    O camponês, cansado da lida, dela fez assento
    Para meninos foi brinquedo
    Drumond a poetizou
    Já, Davi, matou Golias, e Michelangelo extraiu-lhe a mais bela escultura
    E em todos esses casos, a diferença não esteve na perdra, mas no homem !
    Não existe pedra no seu caminho que você não possa aproveitá-la para seu próprio crescimento.

  4. Nós, os brasileiros com vergonha na cara, ficamos profundamente envergonhados e indignados com mais uma obra inacabada e superfatura como essa.

    Ainda mais percebendo que até estrangeiros têm conhecimento disso.

    Mas há uma imensa legião de brasileiros sem vergonha na cara, como até vemos através de comentários desta Tribuna.

    Brasileiros que acham tudo isso muito normal, e até mesmo natural. E que chegam a defender tais práticas. De repente são imensamente ingênuos, ou então até mesmo participam de “esquemas” que causam imensos prejuízos aos cofres desta nação.

  5. e vão anotando, vocês, por aí:

    os GRANDES EMBUSTES da atualidade, sem citar o mais vi$$$$$$ado – o tal ‘pré-sal’,

    > a TRANSNORDESTINA

    > a ‘TRANSPOSIÇÃO’ DO SÃO FRANCISCO

    > a REFINARIA NO CEARÁ (não sairá JAMAIS,NUNCA, EM TEMPO ALGUM!!!)

    e a $p$r$o$p$i$n$a$ $r$o$l$a$n$d$o$

    • Em março de 1995, por solicitação do governador do estado do Ceará, Tasso Jereissati (PSDB), o presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) determinou que o Grupamento de Navios Hidroceanográficos da Marinha do Brasil realizasse os levantamentos ecobatimétricos na região do Pecém, no município de São Gonçalo do Amarante, a cerca de 60 km de Fortaleza.
      A partir desse evento, estava se materializando um dos maiores projetos de desenvolvimento econômico já implementados nesse Estado, o Complexo Industrial e Portuário do Pecém que foi inaugurado em 2002.

  6. AH se eu soubesse escrever como muitos que aqui escrevem, e tivesse um espacinho para poder mostrar o tanto que o Brasil tem avançado. Sou um privilegiado por trabalhar numa empresa que precisa que eu viaje pelo Brasi para acompahar obras de engenharia. Meninos eu vi : Manaus se tornar a 5ª cidade brasilera, vi Rio Branco ser interligada com o Peru para escoara produção do centro oeste pelo oceano Pacífico, uma economia logistica imensa, vi o filho do Rui, um morador do morro borel, formar o filho, hoje ele é médico, vi o interior do estado rio crescer como nunca por causa dos royalties do petróleo, vi o interior do Brasil ser suprido de energia el[étrica que não, são milhares de linha de distribuição , de transformadores de energia intaladas pelo Brasil. Até quando a imprensa brasileira continuará a mostrar apenas o Brasil corrupto, crimes, violência, esquecendo o lado positivo do páis. Por uma imprensa menos sanguinária e mais adepta das boas notícias para clarear a mente do brasileiro embotada de tanta má notícia. Ah se eu fosse jornalista.

  7. Bora lá nos estates para ver se a imprensa americana martiriza o povo com notícias e manchetes mostrando policiais brancos fuzilando negros, com reportagens mostrando o obama como um negrinho africano. Quero ver os americanos depreciarem seu país. Vamos valorizar mais o que há de bom no nosso Brasil. B R A S I L !

  8. As praias do Brasil ensolaradas
    O chão onde o país se elevou
    A mão de Deus abençoou
    Mulher que nasce aqui tem muito mais amor
    O céu do meu Brasil tem mais estrelas
    O sol do meu país mais esplendor
    A mão de Deus abençoou
    Em terras brasileiras vou plantar amor

    (Refrão)
    Eu te amo meu Brasil, eu te amo
    Meu coração é verde, amarelo, branco, azul anil
    Eu te amo meu Brasil, eu te amo
    Ninguém segura a juventude do Brasil

    As tardes do Brasil são mais douradas
    Mulatas brotam cheias de calor
    A mão de Deus abençoou
    Eu vou ficar aqui porque existe amor
    No carnaval os gringos querem vê-las
    No colossal desfile multi-cor
    A mão de Deus abençoou
    Em terras brasileiras vou plantar amor

    (Refrão)

    Adoro meu Brasil de madrugada
    Nas horas que eu estou com meu amor
    A mão de Deus abençoou
    A minha amada vai comigo aonde eu vou
    As noites do Brasil tem mais beleza
    A hora chora de tristeza e dor
    Porque a natureza sopra
    E ela vai se embora enquanto eu planto amor

    (Refrão)

    ——————————————————————————–

    o ringtone de músicas »Baixe

    Tweet

    Enviar por e-mail
    20.411º
    ranking▾

    Link: http://www.vagalume.com.br/os-incriveis/eu-te-amo-meu-brasil.html#ixzz3OhviLulx

  9. Idiotas sempre haverão. Um governo corrupto e incompetente como este nem ficando um século no poder conseguiria fazer o Brasil desenvolver. A tal sexta economia já virou sétima e está preste a saltar para oitava. Junte incompetência com corrupção e espere o que?

  10. Mais um jornalista da indústria da difamação petista condenado. Dessa vez foi o Miguel do Rosário, feroz defensor do bandido foragido Pizzolato. Ele escrevia os seus artigos da cobertura do Pizzô em Copacabana. Vejam a que ponto essa indústria chega, ele acusou falsamente o Ali Kamel de ter sido ator porno !

    Depois de ser condenado pela Justiça do Rio de Janeiro a pagar uma indenização de R$ 15 mil ao diretor da Globo Ali Kamel, o blogueiro Miguel do Rosário escreveu: “Já não sou tão pobre, graças ao sucesso do meu blog. Com um pouco de ajuda dos amigos, que tenho aos montes, consigo R$ 15 mil com facilidade”. Agora, o valor aumentou para R$ 20 mil.

    A 19ª Vara Cível do Tribunal de Justiça fluminense deu provimento a uma apelação de Ali Kamel, que apontou que a condenação a pagar R$ 15 mil “não teve qualquer efeito no sentido de dissuadir o apelado de prosseguir nas suas práticas”. Ou seja, não impediu que o blogueiro seguisse publicando textos ofendendo o diretor da Globo.

    Miguel do Rosário havia sido condenado pela juíza Lindalva Soares Silva, da 11ª Vara Cível do Rio de Janeiro, a indenizar Kamel em danos morais, por ofensas publicadas no blog O Cafezinho. Os textos, entre outras ofensas, chamam o jornalista de “sacripanta reacionário e golpista”, dizem que ele cometeu “todo o tipo de abuso contra a democracia” e de se empenhar “dia e noite para denegrir a imagem do Brasil”. No texto publicado depois da condenação, Rosário volta a chamar Kamel de sacripanta.

    O blogueiro também foi condenado por fazer referências ao filme pornô Solar das Taras Proibidas, dos anos 1980, no qual afirma que há um ator com o mesmo nome do diretor da TV Globo. No processo, porém, Kamel provou que o nome do ator em questão é Alex Kamel.

  11. Caro Jornalista,

    Realmente, ESTA COLÔNIA ESTÁ SENDO GOVERNADA PARA FRACASSAR COMO PAÍS desde o descobrimento.

    Quando foi mesmo que os americanos cortaram com ferrovias os Estados Unidos de lesta a oeste?
    -Em 1831?
    -Em 1890?

    Desde o descobrimento os BANDIDOS tomaram as rédeas dessa fazenda e impediram crescer qualquer coisa, qualquer pé de tomate que não interessasse à matriz e que pudesse levar os peões para a frente. Da mesma forma, QUALQUER BENFEITORIA ESTÁ SUMARIAMENTE PROIBIDA NA COLÔNIA!
    Coisas que as nações sérias fizeram séculos atrás, por aqui, no ano de 2015, MAIS DE CENTO E CINQUENTA ANOS DEPOIS, ainda geram Comissões, Palestras, Congressos e Simpósios com a finalidade de discutirem a viabilidade e utilidade das obras…

    O QUE ESTAREMOS DISCUTINDO DAQUI A 150 ANOS?
    -A mudança da matriz energética para energia nuclear por casa dos apagões e blecautes anuais?
    -A utilização das águas dos aquíferos para consumo humano no lugar de esgoto reciclado?
    -A reprodução do boto cor de rosa?
    -Estudos ambientais para a construção de uma ferrovia que ligue parte das cinco regiões do país?
    -A construção de um submarino nuclear a prova d’água?
    -O aumento dos valores do IPVA e das multas por excesso de velocidade, como fazer um asfalto com mais de 5cm de espessura que não seja hidrossolúvel e a proibição dos motoristas de saírem de carro nos dias úteis?
    -A corrupção no governo e a prostituição entre os líderes dos três poderes?
    -O reconhecimento do crime organizado (PCC, CV, ADA e etc) como ONGs representantes da sociedade civil oprimida e, consequentemente, suscetíveis a receberem DINHEIRO PÚBLICO?
    -O requerimento de visto permanente por parte do Itamaraty, junto aos respectivos consulados, para os brasileiros que quiserem morar nas NAÇÕES INDÍGENAS vizinhas?

    É dureza este país!

    • Aqui no Brasil não temos nem navegação de cabotagem, por causa dos interesses das montadoras. Um carro sai de SP e vai de caminhão para o nordeste, num custo 10 vezes superior !

      • Caro Virgílio,

        Por aqui AS COISAS NÃO ANDAM. O PAÍS ESTÁ SEMPRE DE MÃOS DADAS COM O ATRASO!

        Não te disse que conheci a área onde Olacy de Morais encontrou Tálio, em Barreiras, em 2008?
        -Até hoje estão desenrolando a papelada nas ONGs e IBAMAS da vida!!! Passei lá e só tinha os buracos da sondagem.
        A previsão da Itaoeste, empresa do Olacyr, seria um faturamento de UM BILHÃO DE DÓLARES. Quanto o município de Barreiras arrecadaria com um empreendimento desses? Quantos empregos na área de tecnologia seriam criados?

        Como pode uma CIDADE CHEIA DE FAVELAS, ruas esburacadas, mendigos, população pobre, esgotos correndo em valas e sendo despejado no rio e com mais pernilongos do que no inferno ABRIR MÃO DE RECURSOS?!

        • Esse país virou uma piada! Sabe quanto o INPI está demorando para liberar uma patente ? Cerca de 10 anos ! Nos dias atuais isso é uma vida ! Depois se queixam que o empresariado não pesquisa, é mais barato pesquisar e patentear no exterior.

  12. SERÁ SOMENTE FALTA DE PLANEJAMENTO?

    SRodovia Interoceânica Sul (entre Rio Branco no Brasil e Cusco ou Puno, no Peru)

    Excertos do link: http://www.oeco.org.br/marc-dourojeanni/27170-multiplicacao-de-vias-entre-brasil-e-peru-e-cara-e-desnecessaria

    OBRAS SEM SENTIDO

    Vários estudos econômicos demonstraram veementemente que a maioria das estradas construídas ou por construir na Amazônia, incluídas as Interoceânicas Sul e Norte, não são rentáveis nem mesmo com base a critérios económicos convencionais, e que são extremamente caras, levando-se em conta os custos de seus impactos ambientais e sociais.

    A verdade é que o povo peruano foi enganado. A Interoceânica Sul, por exemplo, apesar dos dois bilhões de dólares investidos, não aumentou o comércio entre o Peru e o Brasil. Somente serviu para estimular atividades ilegais como a mineração “informal”, a destruição da floresta e a invasão de territórios indígenas. Ninguém viu, até hoje, um caminhão carregado de soja brasileira para ser embarcada nos portos do sul peruano, como os políticos tanto propagandeavam. Eles se esqueceram do pequeno detalhe: os gigantes Andes, que tornam técnica e economicamente impossível usar esta estrada para o transporte das volumosas commodities brasileiras em direção aos mercados asiáticos. É mais barato dar a volta no continente. A Interoceânica Sul foi um grande negócio para as empresas construtoras, para os banqueiros, os especuladores e, aliás, é claro, para os garimpeiros informais de ouro de aluvião e para os traficantes de drogas.

    Vários estudos econômicos demonstraram veementemente que a maioria das estradas construídas ou por construir na Amazônia, incluídas as Interoceânicas Sul e Norte, não são rentáveis nem mesmo com base a critérios económicos convencionais, e que são extremamente caras, levando-se em conta os custos de seus impactos ambientais e sociais. Mas isso parece não importar aos governos que tampouco fizeram investimentos colaterais às estradas que permitiriam aproveitá-las.

    2) USANDO UM POUCO DE BOM SENSO
    As conexões entre o Peru e o Brasil devem ter uma clara justificação econômica. Antes de começar a construí-las, deve se saber exatamente para que serão feitas. Se fosse verdade, como afirmam os políticos brasileiros, que para as exportações de commodities brasileiras para a Ásia é vantajoso encurtar o caminho através dos Andes, deve ser demonstrado que o tipo de via a construir vai permitir que este transporte seja economicamente viável.

    Com a carga de commodities volumosas, a única opção disponível para atravessar a Cordilheira dos Andes até os portos do Pacífico no Peru é uma estrada de ferro. E a verdade é que o único passo andino que permitiria fazer isso economicamente seria o Passo de Porculla, a menos de 2.200 metros acima do nível do mar. Qualquer outro passo exigiria que as cargas subissem até 4.000 metros acima do nível do mar. Já na parte amazônica a carga pode continuar por ferrovia ou por hidrovia.

    Ou seja, das várias propostas de novas vias que existem entre o Brasil e o Peru, somente tem lógica a hidrovia ou uma estrada de ferro………

  13. Um texto está fazendo bastante sucesso nos últimos dias nas redes sociais, mais especificamente no WhatsApp, onde é enviado de telefone a telefone e se multiplica igual a pães cedinho.O texto diz:” Eu e minha vizinhança sofríamos de assaltos regularmente… e estava cheio disso !!! Então desativei meu sistema de alarme , deixei de pagar o guarda noturno dispensei a vigilância do bairro. No jardim da casa plantei e bandeiras : uma do Afeganistão , outra do Paquistão e no meio a bandeira negra do Estado Islâmico! Agora, somos vigiados pela Polícia local,Federal , pela Segurança Pública ,Interpol ,FBI,Mossad etc., 24 horas por dia , 7 dias por semana x 365 por ano! Meus filhos são seguidos quando vão para a escola , minha esposa é vigiada quando sai de casa , e me seguem quando vou e volto do trabalho. Ninguém mexe com a gente.Nunca me senti tão seguro.Já me disseram inclusive que se eu botar uma bandeira de Cuba , ainda ganho um dinheirinho da Dilma…”
    A brincadeira faz mesmo sentido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *