No Ceará, não se fala em outra coisa: por que Tasso não foi ao casamento da filha de Ciro Gomes?

Mateus Silva:
“Helio, quem casou foi a filha – Livia – e não o filho de Ciro Gomes. Agora, fique certo que vou cobrar-lhe a “premonição” para a eleição do Senado, pois a realidade aqui é Tasso eleito e José Pimentel (homem sério) brigando com Eunício “bebeto” Oliveira, o genro mais querido do clã Paes de Andrade.”

Comentário de Helio Fernandes:
Desculpe, eu sabia que era filha, na digitação saiu filho, nenhuma importância. Pode me cobrar à vontade, só que não existe premonição, e sim muita informação.

Tratei de tudo, Mateus, não deixei um ponto sem ser analisado. (Em outras oportunidades, ressaltei a honestidade do ex-ministro, não fiz nenhum favor).

Curiosamente, você QUESTIONOU a questão da filha ser chamada de filho. Quanto ao resto, silêncio. O mais importante de tudo, o fato de Jereissati não ter ido ao casamento da filha do até então grande amigo, não interessou a você? Pois o que mais se comenta em Fortaleza e no Ceará, é precisamente isso.

E foi este repórter que publicou o fato com exclusividade.

***

PS – Com um abraço, Mateus, a curiosidade, você não duvidou de nenhuma informação?  Só não acredita na análise. E é tão difícil acontecer alguma coisa diferente do que analisei.

PS2 – Como examinei, Cid deve ganhar no primeiro turno. Se passar para o segundo, será por pouco. Minha análise é tão correta que elogiei o adversário, Lucio Alcântara.

PS3 – Quanto ao Eunicio, não perderia nem mesmo se quisesse. Com votação própria, apoiado pelo governador e pelo presidente, como seria derrotado pelo Tasso?

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *