No Dia do Aposentado, pensionistas da Varig fazem protesto contra a Justia e o governo

Rio de Janeiro - Ex-funcionrios das empresas areas Varig, Vasp e Transbrasil fizeram uma passeata para cobrar uma posio do governo sobre o Fundo de Penso Aerus (Tomaz Silva/Agncia Brasil)Akemi Nitahara
Agncia Brasil

Para marcar o Dia Nacional do Aposentado, comemorado hoje (24), ex-funcionrios das empresas areas Varig, Vasp e Transbrasil fizeram uma passeata pelo centro do Rio para cobrar uma posio do governo sobre o Fundo de Penso Aerus. Os pagamentos esto suspensos ou parciais desde 2006, quando a Varig encerrou as atividades.

A ex-comissria de bordo Dayse Amorim Matos diz que a situao dos aposentados, de forma geral, est difcil no pas e que o reajuste concedido a eles ficou abaixo do aumento do salrio-mnimo. O Brasil est vivendo uma realidade surreal com relao ao dinheiro e, alm do achatamento que o aposentado vem sofrendo, a gente tem problemas srios com a nossa previdncia privada, que o Aerus. Estava na mo do STF, j estava parado l h muitos anos, a presidenta Dilma sinalizou que poderia vir uma proposta. Ento a gente est aguardando a posio do governo.

Dayse diz que contribuiu para o Aerus por 19 anos e agora no tem acesso ao dinheiro. Eu no sou aposentada pelo Aerus, eu sou aposentada pelo INSS, porm eu tenho todo o dinheiro que eu paguei por 19 anos na previdncia privada, mensalmente. Ento eu tenho l o meu valor, uma poupana que voc vai colocando. O Aerus est sob interveno e a gente est aqui na esperana.

O ex-comandante Zoroastro Ferreira Lima Filho, diretor do Sindicato Nacional dos Aeronautas, explica que a proposta de acordo com o governo surgiu depois das duas ocupaes que um grupo de aposentados fez no ano passado, uma de 26 dias na sede do Instituto Aerus, entre junho e julho, e outra de oito dias no Salo Verde da Cmara dos Deputados, em agosto. De acordo com ele, em reunio com a Advocacia-Geral da Unio em novembro, foi informado que a proposta de acordo havia sido entregue presidenta Dilma.

Est nas mos dela o processo. Eles vo analisar trs propostas que entregamos e dessa anlise vai vir uma resposta da presidenta dando cincia e dizendo se concorda ou no com esse acordo. Se concordar, ns iniciamos a fase final, que seriam as nossas pretenses.

Lima Filho lembra a urgncia de se resolver o caso, pois se trata de pessoas idosas. Ns no podemos ficar mais esperando, quase todo dia est morrendo uma pessoa, porque a idade mdia do nosso pessoal 75 anos, ento ns no temos mais condies. O dinheiro que o pessoal est recebendo 8% [do que deveria receber] e no est dando para nada. Tem gente precisando de internao, tem outros que no tem mais dinheiro para comer, est uma calamidade.

De acordo com a Casa Civil da Presidncia da Repblica, a questo do Aerus foi discutida em uma reunio em agosto do ano passado, mas no h nenhuma deciso a respeito.

19 thoughts on “No Dia do Aposentado, pensionistas da Varig fazem protesto contra a Justia e o governo

  1. Desconfio que aqui no blog entre os comentaristas vence o voto nulo. Quem apia uns e outros porque desfrutou ou desfruta de alguma benesse ou cargo de comisso como servidor pblico. Quem tem carteirinha assinada, regido pela CLT, ou aposentado pelo Regime Geral, dificilmente apia esses ou os anteriores. Vive inseguro com certeza apenas de 40% da multa rescisria sobre o FGTS, se levar p no rabo andando na linha, ou j conhece as porradas do fator previdencirio.

  2. Todos os governos enrolam, embromam, empurram com a barriga, como queiram caracterizar, problemas sociais. Quando se agrava algum setor, faz um remendo para disfarar. Mudam at o nome de favela para comunidade. Afagam o ego de pobre assalariado endividado chamando-o de classe mdia. Se esses aerovirios no conseguirem algo nesse ano eleitoral, penso em 2015 ser mais difcil com o arrocho que se vislumbra. Alis, ontem mesmo a presidenta prometeu docilmente fazer tudo para os senhores de Davos, ratificando o que havia dito para figures do sistema financeiro em Nova York, por ocasio de sua participao na abertura dos trabalhos da Assemblia Geral da ONU.

    • Diga-se de passagem com o Brasil apresentando seu resultado econmico que o pior da sua Histria!
      A reportagem que abordava esta questo foi didtica, e mostrou que estamos diante de srios problemas nesta rea se no crescermos mais do que tem acontecido neste governo morno da presidente Dilma.
      A complicar mais ainda a situao, a disparada do dlar na Argentina, alm dos graves problemas econmicos na Venezuela, dois parceiros comerciais do Brasil que nos daro menos receitas e possveis calotes em no saldarem suas dvidas com o nosso Pas.
      Alis, esse aumento do dlar na Argentina que diariamente veiculado na imprensa, a meu ver poderia muito bem acontecer no Brasil, certamente no na mesma intensidade, mas que a moeda americana valer mais reais que atualmente indiscutvel.

  3. Quanto aos aposentados da Varig, o caso de crime e irresponsabilidade do governo!
    Abandonar essas pessoas de forma to descarada e desprezando-as em seus direitos, demonstra cabalmente o que venho escrevendo contra o PT, que discrimina o povo, que o separa, que divide o Brasil.
    Ora, este um caso legtimo de Direitos Humanos. Por onde anda a secretria intil e omissa desta rea?
    Por onde anda a Maria do Rosrio, cuja atividade e distrao maiores desenterrar cadveres?
    Por onde anda a (ir)responsvel senhora que afirmou que, o suicdio de um rapaz, em So Paulo, tinha sido um assassinato motivado por dio, haja vista ser negro e homossexual?
    Dias aps esta declarao afoita, a me do jovem confirma o laudo tcnico da polcia que o seu filho se matara, pois estava deprimido.
    Por onde anda esta secretria dos Direitos Humanos, que no est de braos dados com esta categoria de trabalhadores que foi abandonada pelo seu governo petista?!
    Quanto cinismo e hipocrisia deste partido enganador, o PT!

  4. Sr. Bendl e comentaristas, a hipocrisia e farisasmo do governo gigantesco, o Partido que seria dos trabalhadores, tem sido o grande traidor dos Direitos dos trabalhadores, que com “suor e lgrimas” constroem esse Pas, com salrios miserveis, que mal d para o “po de cada dia”.
    A ESPERANA E SONHO PT virou pesadelo, quando assumiu “o Poder”, dando continuidade a “politicagem” do FHC, destruindo o “bem estar e progresso” da Nao.
    A questo da VARIG, a mesma a da PANAIR, que a chamada ditadura destruiu, a questo VARIG cpia exata do crime contra uma Empresa, que dava a seus funcionrios o “respeito e dignidade de ser trabalhador” (fui mecnico da Panair de 48 a 52 entrei como ajudante em treino, e com seis meses, aps cursos internos, passei a mecnico, sempre havia cursos de capacitao, tnhamos aumentos salriais trimestrais). O governo destroi empresas nacionais, coloca seus ex-funcionrios e familiares, na rua da amargura, e o Poder, que deveria fazer JUSTIA, omisso, portanto chegamos a concluso “no Brasil a Justia, para os 3 Ps -pobre-preto e puta, chama-se ‘INJUSTIA”.
    Ficamos por aqui, a indignao total e irrestrita.
    P.S. Para a eleio de 05/10, em quem votar? quem merece confiana? para colocar o Brasil no lema da Bandeira”Ordem e Progresso”, s temos “Pinquio!!”
    Faamos nossa parte, e oremo DEUS como ltimo recurso.

  5. Meu caro Theo Fernades,
    Se no houver qualquer resqucio ideolgico de proveito pata o PT, ento ele se retira, se omite, mostra a sua inutilidade e descaso com a Nao e povo.
    Se ele paga os aposentados, cumpriu com a sua obrigao, portanto, no lhe trouxe dividendos polticos, alm de tirar dinheiro do cofre, reservado obviamente para os petistas e aliados;
    Se o PT no paga, ele continua a ser criticado por uma quantidade de pessoas que no influenciar nas eleies os votos contrrios que receber, simples.
    O grande objetivo petista em qualquer nvel, municipal, estadual e federal a arrecadao, razo pela qual a carga tributria e os impostos escorchantes que nos cobram, principalmente o IR, uma imoralidade e confisco sofrido pelos que recebem salrios, haja vista o desconto ser na fonte, ento, o raciocnio petista um s: se at aqui nada receberam, que assim continue, pois as reclamaes no afetam a sua imagem junto ao povo que ganha os benefcios do governo e votar nele sempre com receio de perder a esmola, diante da ausncia da contrapartida com os benefcios entregues, tais como: Planejamento Familiar, Ensino Tcnico e trabalho.
    Ora, o bolsa famlia e outros benefcios so dados absolutamente de graa, JUSTAMENTE em cima dessas economias que o PT consegue base de calotes, de se negar a honrar direitos alheios, de ignorar segmentos da sociedade que esperam por decises que contemplem suas expectativas porque essas no trazem votos, portanto, que permaneam nesta condio humilhante e desesperadora, na tica petista.
    Este o PT. Um partido cnico e hipcrita; mentiroso e enganador, que precisa deixar o poder. Est em nossas mos a chance para estancar os males que os petistas esto cometendo contra o povo e a Ptria com as eleies deste ano.

    • Confesso que estou cheio de propaganda poltica, conversa fiada de siglas. Quero ver o PT fora do poder e substitudo nesse processo fajuto eleitoral para que o comentarista se manque, de uma vez por todas, que nada vai mudar na poltica econmica e financeira do pas, incluindo a ARRECADAO, ARROCHO, SACANAGENS COM APOSENTADOS, etc. O problema no governo, funcionrios, gerentes, ministros, presidentes. Eles esto a para enganar e mentir mesmo. Trata-se do modelo econmico que nos submete. Isso INTOCVEL. Nenhuma dessas siglas ou figuras pblicas de proa ousam desafiar. Alguma dvida para entender? No tema especfico. Quanto custa a soluo da questo dos aerovirios? Custa X ? Convm rea econmica? No deve convir pelo valor ou custo-benefcio poltico para o sistema poltico e econmico, da mesma forma como manter a sacanagem contra os aposentados do Regime Geral que ganham acima do mnimo. Ento, vo empurrando com a barriga o problema e torcendo para que os interessados morram. Isso prtica manjada no Brasil. O comentarista ainda no se deu conta?

      • Laco,
        J me dei conta, sim, que existem situaes que o governo no controla mas, as demais, ele tem como resolver e se no faz omisso, irresponsvel!
        O teu comentrio corrobora com o meu neste sentido, dos aposentados da Varig, e tu ampliaste para todos em geral, porm alegando como causa o modelo econmico adotado pelo Brasil que transcende governos e nos deixa de mos atadas.
        Neste aspecto, discordo em parte do que afirmas.
        Em princpio, governo, ento, para qu?
        Teatro, pantomima para ingls ver?
        Sabemos haver uma elite que comanda a Nao, mas certamente ela deve ter conscincia que se o Brasil vai mal ela inevitavelmente sofrer as consequncias tambm.
        Ora, retesar a corda a ponto de rebent-la no s no negcio como o permite que igualmente o peixe escape mesmo no anzol.
        Deixar uma populao tensa porque o governo no cumpre com suas obrigaes ou no remunera de acordo o aposentado, pode causar mudanas inesperadas e, a elite, deixar de ganhar seus dividendos nababescos, razo pela qual eu no considero como tu levas em conta, Laco, esta total independncia do sistema com os governos, mas no mesmo! Que estes estejam a servio das elites indiscutvel, mas ela no tem os poderes na mo, somente dinheiro, e no faz as leis e no julga. De certa forma a elite est vinculada ao poder, caso contrrio, nem mel nem porongo.

        • Governo, ento, para qu? Para ADMINISTRAR o modelo econmico imposto e em vigor. E o PT muito bom nisso, PORQUE COMPETENTE PARA EMBROMAR O POVO. Seus gerentes no chamam aposentados de vagabundos. Simplesmente, OS FERRAM COM VASELINA. Voc disse que “as demais situaes ele (governo) tem como resolver…” Quais? Educao e sade tm verbas limitadas pelo modelo econmico imposto e frequentemente ao longo de dcadas CONTINGENCIADAS para privilegiar os donos do poder. Os burocratas que pe a cara e se desgastam so apenas bem remunerados e metem a mo em parte mnima do bolo. A elite econmica. grana, poder econmico, meu caro, que ditam as REGRAS, que elaboram as leis, que mandam at seus gerentes se reunirem com magistrados de tribunais superiores para engavetarem processos, pedirem vistas para empurrarem com a barriga ou decidirem feitos. Em 1992, na CPI do PC Farias, o Antonio Ermrio confessou que corrompeu o governo Collor, que deu 240 mil dlares EPC e ao prprio PC Farias. No deu em nada. O procurador- geral poca botou o galho com esse corruptor confesso. Repare no detalhe da estrutura do judicirio. Primeiro grau de jurisdio. A os magistrados so concursados. Depois, NO MAIS. So escolhidos e checados meticulosamente para servirem ao sistema poltico e econmico dominante. O comentarista est na fase ainda de acreditar em papai noel nas instituies brasileiras, como aquela conversa fiada de poderes independentes entre si, apesar de ter vivido numa poca em que o sistema econmico levou os militares a virar tudo e at capito intimidava juiz de vara de famlia que ousava enviar ofcio ao ministrio da Guerra para descontar penso alimentcia de seu soldo. Mas, ateno, a ditadura sempre foi DCIL tambm com senhores do sistema econmico. Pedia at dinheiro a eles para a represso e embolsava uma parte. No se lembra, mais tarde, como o Nelson Jobim, que tinha um escritrio a em PAlegre para servir a interesses econmicos de empresas multinacionais, falsificou um estratgico artigo da CF de 1988, quando relator na constituinte, depois foi ministro da Justia,da Defesa, do STF? Ele mesmo confessou que falsificou e at o momento est por isso mesmo. Por que? Porque os mesmos que lhes deram a ordem de falsificar seguem ainda hoje mandando. Mais adiante, voc disse que a corda pode rebentar. Por ora, est sob controle e aposentado, por exemplo, no causa distrbio social nem atenta contra a ordem poltica econmica e social. Veja que no meio do ano passado surgiram movimentos ESPONTNEOS de protestos. Rapidamente, eles fizeram concesses ao congelarem preos de passagens de transportes em grandes centros urbanos. Sergio Cabral Filho, gerente regional no Rio, baixou logo a crista aps receber ordens superiores. Todos os governadores ou gerentes regionais que comandam a represso NA PONTA so dependentes e subservientes aos poderosos da CNI, FIRJAN, FIESP, FEBRABAN. O Jorge Gerdau, por exemplo, conselheiro da presidncia da Repblica. Olha no wikipedia algumas de suas funes no sistema econmico brasileiro e me diga se ele DEPENDENTE de algum petista, tucano ou qualquer poltico de outras siglas. Isso acontece tambm nos EUA e na Europa. Clique no seu google o nome Marylou Whitney e constate como VRIOS PRESIDENTES NORTE AMERICANOS E AUTORIDADES a bajulam h dcadas. Comprove como a Margaret Thatcher, Bush, Nancy Reagan, o metido a besta Giuliani, Frank Sinatra e at o Reagan e o Nixon ao lado dela. Ela integra junto a outros o sistema poltico econmico norte americano. Entram e saem presidentes e todos lhes beijam as mos.

          • Ento, Laco, o negcio sobreviver!
            Se no existem foras que possam acabar com este poder econmico e muito bem protegido, o povo precisa se espremer entre as brechas deixadas buscando para si mesmo um pouco de ar para respirar.
            Jogamos a toalha?
            De fato estamos derrotados?
            No h soluo vista?
            Credo, que decepo. Quanta frustrao, papagaio!

  6. Pegando carona no comentrio do Theo Fernandes, lembro que na poca, quando
    se queria dizer que alguma coisa era muito boa, dizia-se; PADRO PANAIR.
    Exaltando a Panair, Elis Regina, cantava uma msica que num trecho, se no me falha a memria, dizia: Conhecendo a maravilhas do mundo, voando nas asas da
    Panair. H um processo para travar o Brasil, que comeou em 1964 e os governos
    civis tem avanado neste processo. O massacre de todos aposentados faz parte,
    com raras excees, como: aposentadoria dos polticos, dos juzes, dos Presidentes
    da Repblica e os que recebem varias aposentadorias. uma vergonha.

  7. Caro Sr. Blend, gostaria de saber como nos livrar-nos desta quadrilha, s a turmas das bolsas vai eleger-los novamente. Com os partidos e modelo poltico que temos (e no vai mudar) fica praticamente impossvel de momento. Bom fim de semana (se possvel) a todos.

  8. Prezado Ernst Mann,
    A soluo que foi sempre adotada pelos povos que queriam se livrar de governos incompetentes e corruptos, chama-se EDUCAO!
    H quanto tempo que nossos governantes no investem pesado nessa rea de vital importncia ao nosso crescimento e poder de deciso de um povo?
    Simplesmente porque se torna fcil comandar incultos e incautos, o analfabeto funcional, que sabe ler, mas no interpeta e no entende o contedo lido.
    Ora, na razo direta que este povo elege maus governantes, ele vota em gente sem condies tambm, lgico, porm com mais poder de oratria e de convencimento atravs de mentiras, engodos e promessas.
    Lula teria como governar qualquer Pas com seu currculo?
    Claro que no. No entanto, egresso do povo, retirante, um homem simples, conquistou a simpatia de seus pares, milhes de brasileiros sem estudo, sem ensino, sem educao. Os que nele votaram e tinham at mesmo cursos universitrios, queriam se aproveitar do momento, da sua famosa indeciso, de ser manipulado pelos companheiros mais espertos.Lula foi usado na sua modstia intelectual, mas carismtico e excelente comunicador, de falar a lngua do povo, a ponto de exclamar uma de tantas “prolas” que vomitava:
    “Para ser presidente no preciso estudo, tem que ter corao”, ou seja, ensino, preparo, conhecimento, raciocnio, anlise crtica, para qu?
    O que fez o PT com o Ensino Fundamental desde que assumiu?
    Nada.
    O estudante brasileiro carece de carga horria, de contedo, de professores que recebam de acordo importncia sde suas funes, da sua valorizao como mestre.
    As escolas devem atrair o aluno com salas bem equipadas, arejadas, confortveis, instalaes sanitrias adequadas e higinicas, esportes, atendimento mdico, odontolgico e psicolgico, afora orientao vocacional.
    Como so as nossas escolas pblicas, na sua absoluta maioria?
    Defradantes, caindo aos pedaos, sem quaisquer condies.
    E, os professores?
    Mal preparados, desprestigiados, desvalorizados.
    A consequncia, os partidos polticos que temos; os parlamentares que compem o Legislativo; eleies de pessoas sem condies; um povo que no sabe votar!
    Enquanto no tivermos uma revoluo na Educao, um governo que coloque esta rea como meta precpua, continuaremos a sofrer com o caos poltico, a desonestidade, a imoralidade, a ausncia de tica, a corrupo institucionalizada, as instituies abaladas, um povo sem identidade.
    EDUCAO, Ernst, a nossa deficincia imunolgica contra os males provenientes de parlamentares e polticos mal intencionados!

  9. O que foi feito VARIG e ao fundo AERUS foi uma das maiores sacanagens e traies do Governo Lula!

    Lembro-me que, quando criana e depois adolescente, a VARIG era talvez uma das mais conhecidas empresas brasileiras. Ela levava a nossa bandeira a inmeros pases da Terra.

    A VARIG e seus nobres trabalhadores elevaram a qualidade da aviao comercial brasileira a patamares internacionais.

    Hoje vejo com tristeza alguns avies da GOL “fantasiados” de VARIG. Para que isso? Para afrontar o passado de um cone do transporte areo nacional?

    E tambm me entristeo com a atual situao dos antigos trabalhadores da empresa, que contriburam durante anos para o fundo de penso AERUS, e que hoje no vem mais a cor daquele dinheiro a que tinham legtimo direito.

    Este nosso Brasil da insegurana jurdica!

  10. AO RESPONDER PESQUISA DE SATISFAO DO USURIO DA JUSTIA NO BRASIL, IMPERIOSO TORNAR PBLICO O FATO QUE SE SEGUE; PORQUE DEUS SABE QUE ENQUANTO HOUVER INJUSTIA ENTRE OS HOMENS, NO HAVER PAZ NA TERRA:
    Saiba todo o Povo Desperto que as principais Autoridades que se assenhorearam do poder da justia, como titulares do STF e do CNJ; j tm conhecimento e se mantm indiferentes ante a consumao de mais uma injustia: Depois de ter sido julgado favoravelmente em ltima Instncia, pela 3. Regio do STF; o Processo no. 88026001-2 de 1988, foi sumariamente sepultado vivo pela 14. vara da justia federal em So Paulo/SP, por falta de IRRESIGNAO; constituindo-se em prova formal e inconteste de um vergonhoso calote judicial, perpetrado por pura maldade contra um jornaleiro-Pai de famlia, sacrificando particularmente rfos e viva que dependero da respectiva aposentadoria para sobrevivncia; corroborando o injusto e desumano estado de direito que tem imperado nessa babilnia brasileira.
    (GL.4.30) Contudo, que diz a Escritura? (SL.68.5) Pai dos rfos e juiz das vivas Deus em sua santa morada; (PV.21.23) porque o Senhor defender a causa deles e tirar a vida aos que os despojam:(SL.33.14) Do lugar da sua morada, observa todos os moradores da terra: (1CR.16.14) Ele o Senhor nosso Deus; (RM.2.6) que retribuir a cada um segundo o seu procedimento: (DT.27.19) Maldito aquele que perverter o direito do estrangeiro, do rfo e da viva: (EC.34.26) Quem tira a um Homem o po que ele ganhou com o seu amor, como o que mata seu o prximo: (HB.10-30) Ora, ns conhecemos Aquele que disse: A mim pertence a vingana, eu retribuirei; (LS.1.15) porque a justia perpetua e imortal: (JB.15.25) Isto, porm, para que se cumpra a palavra escrita na sua lei; (JR.4.27) – pois assim diz o Senhor: (ML.3.5) – Chegar-me-ei a vs outros para juzo; serei testemunha veloz contra os feiticeiros, contra os adlteros. contra os que juram falsamente, e contra os que defraudam o salrio do jornaleiro, e oprimem a viva e o rfo, e torcem o direito do estrangeiro e no me temem, diz o Senhor dos Exrcitos: (PV.28.20) O Homem fiel ser acumulado de bnos, mas o que se apressa a enriquecer no passar sem castigo: (JR.16.21) Portanto, eis que lhes farei conhecer, desta vez lhes farei conhecer a minha fora e o meu poder; e sabero que o meu nome Senhor Arnaldo Ribeiro; (FL.2.6) pois ele, subsistindo na forma de Deus, no julgou como usurpao ser igual a Deus; (LS.2.23) porquanto Deus criou o Homem inexterminvel, e o fez imagem da sua semelhana: (J.16.19)

  11. A MORTE DE UM REI IMORTAL:
    (MT.23.1) Ento, falou Jesus s multides e aos discpulos, (EX.1.16) Dizendo: (JB.12.23) chegada a hora de ser glorificado o Filho do Homem: (MT.15.10) Ouvi e entendei: (JB.3.27) O Homem no pode receber cousa alguma se do cu no lhe for dada:(EC.37.28) A vida do Homem se encerra num certo nmero de dias; porm os dias de Israel so inumerveis: (AT.20.10) No vos perturbeis, que a vida nele est; (JB.5.26) porque assim como o Pai tem vida em si mesmo, tambm concedeu ao Filho ter vida em si mesmo:(LC.13.27) Mas ele vos dir: (JB.10.28) Eu lhes dou a vida eterna: (GL.2.20) Logo, j no sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela f no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim: (RM.6.19) Falo como Homem, por causa da fraqueza da vossa carne:
    Agora que o meu corpo j se curva ante o peso da idade, e j no dispondo de viso ocular suficiente para este Trabalho; penso que j hora de retornar para a casa do nosso Pai Eterno, pois Sinto que j estou pronto para voar rumo glria infinita; (LC.22.37) pois vos digo que importa que se cumpra em mim o que est escrito:
    (JB.5.41) Eu no aceito a glria que vem dos homens, (SL.78.22) porque no creram em Deus, nem confiaram na sua salvao: (SL.14.3) Todos se extraviaram e juntamente se corromperam, no h quem faa o bem, no h nem um sequer: (2PE.2.31) Tambm, movidos por avareza, faro comrcio de vs com palavras fictcias:IRRESIGNAO: Para eles, o juzo lavrado h longo tempo no tarda, e a sua destruio no dorme:(LE.3.17) Ento, disse comigo: (IS.14.14) Subirei acima das mais altas nuvens e serei semelhante ao Altssimo; (SL.18.22) porque todos os seus juzos me esto presentes, e dos seus estatutos no me desviei:(SL.122.1) Alegrei-me quando me disseram:Vamos Casa do Senhor:; ((1PE.4.17) porque a ocasio de comear o juzo pela casa de Deus chegada: (EC..41.5) No temas o decreto da morte: Lembra-te de todos aqueles que foram antes de ti e dos que viro depois de ti; este um decreto que o Senhor pronunciou contra toda a carne: (J.5.26/27)) Em robusta velhice entrars para a sepultura, como se recolhe o feixe de trigo a seu tempo: Eis que isto j o havemos inquirido e assim ; ouve-o e medita nisso para teu bem: (SL.116.15) Preciosa aos olhos do Senhor a morte dos seus Santos: (JB.15.25) Isto, porm, para que se cumpra a palavra escrita na sua lei: (LC.19.9) Hoje houve salvao nesta casa; (LC.19.10) porque o Filho do Homem veio buscar e salvar o perdido:(TG.2.23) E se cumpriu a escritura a qual diz:(1CO.15.54) Tragada foi a morte pela vitria: (1JB.5.4) E esta a vitria que vence o mundo: A nossa f: (JB.15.13) Ningum tem maior amor do que este, de dar algum a prpria vida em favor dos seus amigos: (EC.11.24) A beno de Deus se apressa a recompensar o justo, e numa rpida hora o faz crescer (LC.22.69) Desde agora estar sentado o Filho do Homem direita do Todo-Poderoso Deus: (JB.8.19) Eis em que deu a tua vida! E do p brotaro outros; (LS.3.11) porque desgraado o que rejeita a sabedoria e a instruo, e a esperana deles v e os trabalhos sem fruto, e inteis as suas obras: (J.4.20) Nascem de manh e tarde so destrudos, perecem para sempre, sem que disto se faa caso:(JB.5.44) Como podeis crer, vs os que aceitais glria uns dos outros, contudo, no procuram a glria que vem do Deus nico?(EC.32.20) Aqueles que temem ao Senhor conhecero o que justo, e faro luzir as suas boas obras como farol: (OS.14.9) Quem sbio, que entenda estas cousas; quem prudente que as saiba; porque os caminhos do Senhor so retos e os justos andaro neles, mais os transgressores neles cairo: Quem revelar o nosso juzo final?… .

  12. (IS.66.5) Ouvi a palavra do Senhor, vs que temeis a palavra do Senhor;(AM.5.4) pois assim diz o Senhor Casa de Israel: Buscai-me e vivei: (JR.30.24) Nos ltimos dias entendereis isto:(AP.9.6) Naqueles dias os homens buscaro a morte e no a acharo, tambm tero ardente desejo de morrer, mas a morte fugir deles: (LC.6.27) Digo-vos, porm, a vs outros que me ouvis: (LC.12.32) No temais, pequenino rebanho, porque o vosso Pai se agradou em dar-vos o seu reino: (JB.10.11) Eu sou o bom Pastor: O bom Pastor d a vida pelas ovelhas: (JB.10.28) Eu lhes dou a vida eterna, jamais perecero, e ningum as arrebatar da minha mo; (IS.30.12) pelo que assim diz o Santo de Israel:
    Enquanto o Brasil dormia o profundo sono da inconscincia em bero esplndido, o meu povo padecia na Babilnia, sob o jugo do pecado da mentira, da desordem e do regresso: Mas ao acordarmos em Jerusalm, pelo poder do Amor, deparamo-nos com o jbilo da verdade, da ordem e do progresso: E agora j podemos cantar efetivamente que no tememos a prpria morte, e o pavilho nacional j poder tremular soberanamente, renovado por ostentar os smbolos da vitria da nossa f: Louvado seja Deus conosco:
    Estudai, praticai e divulgai os fundamentos cristos que temos postado na internet, em particular no BLOG DE ARNALDO RIBEIRO OU ISRAEL.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.