No Holocausto, os nazistas perseguiam e matavam outros grupos sociais, alm dos judeus

Crianas ciganas tambm iam para os campos de concentrao

Celso Serra

Ainda a propsito do 27 de janeiro, Dia Internacional em Memria das Vtimas do Holocausto, criado pelas Naes Unidas para que jamais sejam esquecidos os genocdios praticados pelos nazista alemes, devemos lembrar que, alm dos judeus, os historiadores tambm incluem como vtimas do nazismo no conceito de Holocausto os opositores polticos na Alemanha, sobretudo social-democratas e comunistas, assim como os prisioneiros de guerra russos, srvios, ciganos, poloneses, deficientes fsicos e mentais, negros e outras minorias.

At o transporte dos presos para os campos de extermnio era feito em situaes sub-humanas em vages ferrovirios de carga pouco arejados. Muitos presos morriam dentro desses vages.

TRABALHOS FORADOS – O assassinato atravs de trabalhos forados tambm fazia parte poltica de extermnio sistemtico os presos eram obrigados a trabalhar at a morte ou a exausto corporal e da colocados nas cmaras de gs, nos caminhes de gs ou fuzilados.

Os maons tambm se tornarem alvos e, consequentemente, vtimas do violento regime instaurado por Adolf Hitler na Alemanha durante a Segunda Guerra, por dar abrigo a judeus e os ajudar a fugir para locais distantes do controle alemo, preservando suas vidas.

Os arquivos preservados do principal escritrio de Segurana do Reich revelam a perseguio aos maons na Alemanha. Estima-se que cerva de 200 mil maons tenham sido exterminados sob o regime nazista.

REGISTRO FOTOGRFICO – O general Eisenhower, ao constatar pessoalmente o massacre realizado pelos nazistas, ordenou o registro fotogrfico amplo e cuidadoso do caos encontrado por suas tropas, o que muito veio a ajudar a Justia e a tornar o holocausto inesquecvel.

O chefe do nazismo, Adolf Hitler, jamais escondeu seu dio aos judeus. No livro que escreveu, Minha Luta (Mein Kampf), ele foi comedido, apenas avisou sobre seu propsito de expuls-los da vida poltica, intelectual e cultural da Alemanha. No registrou sua inteno de extermin-los. Porm, h assentamentos de que ele teria sido mais direto e inequvoco em seus pronunciamentos reservados. H registros de que, em 1922, ele teria dito ao major Joseph Hell, na poca um jornalista:

Assim que eu realmente estiver no poder, minha primeira e mais importante tarefa ser a aniquilao dos judeus. To logo eu tenha o poder de fazer isso, eu terei foras construdas em fileiras na Marienplatz em Munique, por exemplo, tantas quantas o trfego permitir. Ento, os judeus sero enforcados indiscriminadamente, e eles continuaro pendurados at federem; eles ficaro pendurados l tanto tempo quanto os princpios da higiene permitirem. Assim que eles tiverem sido desamarrados, o prximo lote ser enforcado, e assim por diante da mesma maneira, at que o ltimo judeu em Munique tiver sido exterminado. Outras cidades faro o mesmo, precisamente dessa maneira, at que toda a Alemanha tenha sido completamente limpa de judeus.

LOUCO ASSASSINO – O expressivo nmero de vtimas do nazismo prova incontestvel de que Adolf Hitler era um desequilibrado emocional, um desmedido e louco assassino.

O importante pesquisador, investigador e escritor judeu Simon Wiesenthal nascido em Buczacz, Polnia, em 31 de dezembro de 1908 e falecido em Viena, ustria em 20 de setembro de 2005 foi tambm o mais importante caador de nazistas.

Em junho de 1941 a Alemanha nazista invadiu a Unio Sovitica, sendo Wiesenthal e sua famlia feitos prisioneiros. Passou quatro anos e meio em cativeiro passando por vrios campos de concentrao e sendo obrigado a realizar trabalhos forados como escravo. No ltimo campo, em Mauthausen, foi libertado pelas tropas americanas em maio de 1945.

CAADOR DE NAZISTAS -Wiesenthal era um sobrevivente do Holocausto que ficou mundialmente conhecido depois da Segunda Guerra Mundial pelo seu trabalho na localizao, perseguio e captura de nazistas.

Uma vez em liberdade, dedicou a maior parte da sua vida a recolher informaes sobre criminosos de guerra nazistas em fuga, espalhados por todo o planeta, de forma a que pudessem ser levados a julgamento em tribunal.

Simon Wiesenthal jamais matou os criminosos nazistas, sempre os levou para serem julgados pela Justia. E foi o instituidor, em 1947, de um centro de documentao sobre as vtimas do Holocausto.

COMPARAO NECESSRIA – Simon Wiesenthal foi o responsvel pela priso de mais de 1,1 mil criminosos, dentre eles, o clebre Adolf Eichmann, que tinha se refugiado na Argentina com identidade falsa.

Seu lema e regra nica de atuao era Justia, no Vingana, tendo, inclusive, em 1989, editado um livro com esse ttulo.

Eis a comparao necessria: Adolf Hitler mandava assassinar inocentes, mas Simon Wiesenthal jamais executava os criminosos nazistas. Simplesmente, capturava os assassinos e os enviava para serem processados e julgados pela Justia, sempre com amplo direito de defesa.

###
(PS) - Lembro que no dia 14 de dezembro de 2020 foi inaugurado o Monumento em Memria s Vtimas do Holocausto no Morro do Pasmado, em Botafogo, Zona Sul da cidade do Rio de Janeiro, RJ.Ao visitarmos esse justo e importante memorial podemos testemunhar e sentir na alma o martrio das inocentes vtimas dos nazistas e tambm aprender a lio de que na vida sempre preciso vigiar o passado, porque ele pode voltar se no estivermos alertas.

(Celso Serra advogado e economista, fundador da Academia Manica de Artes, Cincias e Letras do Rio de Janeiro)

3 thoughts on “No Holocausto, os nazistas perseguiam e matavam outros grupos sociais, alm dos judeus

  1. Esse “Filho” que apareceu agora no Blog o mesmo rob que atende pelo nome de J.Rubens.

    Como dizia Ibrahim Sued, em sociedade tudo se sabe.

    CN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.