No mundo, a esquerda se alarma por democracia no Brasil e a direita ironiza

Charge do mexicano Monero Rapè no Washington Post

Nelson de Sá
Folha

O conservador Wall Street Journal fez editorial saudando o “Drenador do pântano brasileiro”. Abre ironizando que os “progressistas globais estão tendo ataque de ansiedade com a quase vitória do conservador Jair Bolsonaro no Brasil”. Afirma que, “após anos de corrupção e recessão, milhões de brasileiros parecem acreditar que um ‘outsider’ é exatamente do que o país precisa”. E “talvez eles saibam mais do que os rabugentos globais”.

Sobre democracia, diz que Bolsonaro não propõe mudar as regras constitucionais que “constrangem os militares a ficar em casa”.

ONDA DE RAIVA – Também o Financial Times publicou seu editorial, intitulado “Bolsonaro cavalga onda de raiva popular no Brasil”. É bem menos assertivo. Diz que “os brasileiros estão compreensivelmente fartos”, mas questiona paralelos com Trump, pois no Brasil “as instituições são mais jovens e mais fracas do que nos EUA, o que torna os riscos muito maiores”.

Acrescenta que, embora seja “quase certa” a vitória de Bolsonaro, “muita coisa pode acontecer nas próximas três semanas”.

O mesmo FT trouxe coluna de Gideon Rachman dando a ascensão de Bolsonaro como “acontecimento de importância global”. Encerra citando o medo de que está começando “uma nova e mais sombria fase da história mundial, e que mais uma vez o Brasil sintetiza essa tendência”.

NOVO GOLPE – No Washington Post, Ishaan Tharoor, também colunista de política externa, reproduz uma imagem da bandeira brasileira com suástica e vê “um novo golpe na democracia liberal” no mundo.

O tom foi o mesmo por artigos no Guardian, com professor da Universidade de Boston alertando que a “democracia está numa encruzilhada” no Brasil e EUA; na New Republic, com professor da Universidade Brown dizendo que o “Brasil está à beira do autoritarismo”; e na Foreign Policy, com professor da Universidade de Chicago destacando que “o futuro parece sombrio para a democracia em Brasília”.

CARTA ABERTA – O sociólogo espanhol Manuel Castells, da Universidade de Berkeley, divulgou carta aberta a “amigos intelectuais comprometidos com a democracia”, reproduzida em veículos de EUA e Europa. Do texto:

“O Brasil está em perigo. E com o Brasil o mundo, porque após a eleição de Trump, a tomada do poder por um governo neofascista na Itália e a ascensão do neonazismo na Europa, o Brasil pode eleger um fascista, defensor da ditadura militar, misógino, sexista, racista e xenófobo. Pouco importa quem é seu oponente… Numa situação assim, nenhum intelectual, nenhum democrata pode se manter indiferente.”

MEIO AMBIENTE – No rastro de editorial na Science e artigo na Nature, agora a New Scientist questiona o líder na eleição brasileira, que “quer abandonar o tratado sobre o clima”. Vai além, escreve Fabiano Maisonnave no Guardian:

“Fim do acordo de Paris. Fim do Ministério do Meio Ambiente. Uma estrada pavimentada cortando a Amazônia. Não só isso. Territórios indígenas abertos à mineração. Relaxamento do licenciamento e da aplicação da legislação ambiental. ONGs internacionais como Greenpeace e WWF banidas do país. Uma forte aliança com o lobby da carne”…

E ao longo do dia o agregador Drudge Report (acima), referência da direita americana, postava a chamada “Brasil a um passo de mudança aguda à direita com Bolsonaro”, linkando o Miami Herald.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
O jornalista Nelson de Sá é um craque. Muito interessante, instigante e inquietante essa repercussão da próxima vitória de Jair Bolsonaro. Demonstra que os estrangeiros e os antigos brasilianistas não entendem nada de Brasil. A principal explicação para o fenômeno Bolsonaro é que os brasileiros cansaram de corrupção. Somente em segundo plano é que existe fundamento ideológico de direita e esquerda. A maioria silenciosa brasileira é de Centro, até porque não entende nada de política. (C.N.)

35 thoughts on “No mundo, a esquerda se alarma por democracia no Brasil e a direita ironiza

  1. Precisa-se discutir esse tópicos:

    -Pesquisas forjadas e urnas fraudadas.

    -Com a delação e as provas de Palocci que a campanha dos vermelhos foram pagas com dinheiro de ditaduras do exterior tem que cassar imediatamente o registro do Partido dos Trambiques !!!

    – 39 processos de justiça contra Malddad.

    – Dívida gigantesca referente à uma propriedade de luxo de Malddad para com o estado de São Paulo.

  2. “Fim do acordo de Paris. Fim do Ministério do Meio Ambiente. Uma estrada pavimentada cortando a Amazônia. Não só isso. Territórios indígenas abertos à mineração. Relaxamento do licenciamento e da aplicação da legislação ambiental. ONGs internacionais como Greenpeace e WWF banidas do país. Uma forte aliança com o lobby da carne”…

    Não sei se isso acima é verdade, mas, se for verdade, são mais alguns bons motivos para votar no Capitão.

    • E unânime a voz que o Brasil precisa de mudanças. A mudança é Bolsonaro ou o poste com a máscara de um presidiário corrupto? Agora é um ou outro. Quem entende do país é o eleitor e não colunistas de jornais ou intelectuais.
      O cotidiano das pessoas não sabe o que é “direita ou esquerda” e sim o que é a esperança de uma vida melhor.

  3. Sr Jornalista
    Está de esquerda e direita no Brasi.l Só vemos agora em conversa de bar na boêmia. Meu primeiro voto foi todo para o PDT de Leonel Brizola. E assim em eleição pós eleição tenho mantido está linha . Mas jamais votarei no PT. E a ampla maioria de eleitores desta tal esquerda. Iram votar contra o PT . E como dizia o Engenheiro Leonel. Vamos dar um não ROTUNDO a tudo isto que está aí. Como a Senadora Ana Amélia declarou. O gaúcho não fica em cima do muro. Vamos de Bolsonaro

  4. A bandeira do Brasil com a foice e martelo no meio em vermelho, postada no facebook do adélio-esfaqueador-pau-mandado, nenhuma mídia comprada gringa mostrou.
    Nem na época, nem agora. Bando de caça-níqueis iluminattis que vivem como moscas em torno do castelo de estrume da putrefante elite global.
    Como bem analisou CN, sobre a corrupção nenhuma linha.

  5. Não lembro de ter visto toda essa movimentação e resistência internacional, a um candidato específico quando o Brasil era uma insignificante nação governada pela anta Dilma Roussef. Interessante, estarem tão interessados em influenciar esta eleição. Do que eles tem medo de fato? Essa é a pergunta. Espantados assim, só em junho de 2013, quando o povo brasileiro escancarou ao mundo, o péssimo caráter que imperava em sua classe política. Classe muito eficiente em propagar a corrupção, criar leis para se defenderem da justiça e garantirem sua impunidade. Principalmente, eficentes em manter ancorado o país no terceiro mundo.

    • “Diante da repercussão nacional, o advogado Adão Paiani, que defende a candidatura de Bolsonaro, anunciou que representará contra a denunciante por falsa comunicação de crime. Ele avisou que os advogados da campanha farão o mesmo em todos os demais casos semelhantes”. Mesmo blog. Excelente. Ninguém a está acusando de ser militante da esquerda, o que provavelmente é, teremos certeza ao saber o valor dos advogados e a defenderá.

  6. cinismo: delegado diz que suástica não era suástica: era budismo

    Claro, foram monges budistas bombados e sarados que atacaram uma moça que estava contestando este símbolo da meditação budista, o sr. Jair Bolsonaro…

    Mas o delegado, com um ar angelical, diz que não se podem fazer suposições e garante que a suástica era budista.

    https://goo.gl/yvFtWu

  7. Cara, que nojo dessa imprensa esquerdista assistencialista mundial! Que se dane a opinião deles. Mimimi! Tamos de saco cheio de corrupção. PONTO! Nem centro, nem esquerda querem resolver. Então optaremos pela direita. Somos soberanos.

  8. A maioria da ppulação não é esquerda, direita ou centro.

    Ela é do óbvio.

    Quer, como todo mundo ter um emprego.

    Mas isto só se consegue com um bom capitalismo, coisa que nunca aconteceu no Brasil e ela não sabe disso e por isso se deixa enganar com o esquerdismo com suas demagogias que prega o contrário e que nos levou a esse caos econômico e a essa violência que estamos vivendo nestas ultimas décadas.

  9. O Brasileiro sempre foi de DIREITA. A Esquerda é que com seu discurso e a tomada das instituições e da mídia, fez o povo acreditar que era de Esquerda ou sentir vergonha de se dizer de direita. Por muitos anos eu deixei minhas opiniões políticas sob “segredo” nas redes e foi só depois da mascara do PT cair, que eu e milhões de brasileiros se sentiram confortáveis em gritar com orgulho: SOU DE DIREITA !!!
    A família, a tradição conservadora e a liberdade individual sempre foram o Norte do Brasileiro e isso volta a tona agora !

    • É conservadora, como toda pessoa normal no mundo inteiro,que tem o óbvio como referência.mas, mesmo assim, sabe que é e quando está passando dificuldades , precisando de uma melhora de vida com um emprego, acaba acreditando na esquerda com suas demagogias e , por isso mesmo, elegeu o PT em 4 eleições.

  10. No Brasil, politicos de esquerda, centro e direita, nao são ideologicos, mas sim oportunólogos. Uns roubam com a mao esquerda,outros com a diteita, e os de centro, com as duas.

  11. Os inimigos do Brasil nos querem assim como estamos, de joelhos quase de arrasto. Não entendem que a continuação do que está aí não vai mudar nada, crescimento econômico quase nulo e 13 milhões de pessoas desempregadas. Esta gente nos quer de arrasto, humilhados pela corrupção, pela roubalheira e pela incompetência do Estado. A nossa democracia só corre um sério risco, o de se fortalecer mais ainda .

  12. Durante todo o processo eleitoral sempre se soube que Bolsonaro iria para o segundo turno e até especulava-se que ganharia no primeiro alguns dias antes da eleição de 7 de outubro.

    O que se jogou durante meses foi com a possibilidade dos candidatos Geraldo Alckmin e Ciro Gomes irem com ele para o segundo turno e o derrotarem.

    Quando se confirmou a ida de Haddad o mundo levou um choque, porque sabia-se que a rejeição ao PT derrotaria seu candidato.

    Alguns dias antes da eleição, Ciro Gomes era segundo as pesquisas que foram desmoralizadas depois da eleição, o único que venceria Bolsonaro.

    O grande choque que muitos não entendem é que a maioria da sociedade brasileira não aceita os petistas de volta ao poder e até o General Mourão, vice de Bolsonaro, teria chances de vencer se fosse o candidato no segundo turno.

    Essa situação pode mudar no futuro caso Bolsonaro seja um desastre? Só o tempo dirá.

    Mas nesse momento ele será eleito e ponto final.

  13. Estes jornais que dão voz a esquerda mundial, deveriam ter como principal preocupação, o que esta levando o povo brasileiro a fazer tão extremada, “troca de guarda”.
    Para quem vive em pais do primeiro mundo, é muito confortável ser admirador da esquerda, afinal lá, as leis são justas e cumpridas.
    Essa gente que se mude e venha morar no Rio de Janeiro, onde já tem mais de cinco mil tiroteios, só este ano.
    Que venham morar num pais que não tem justiça, saúde, educação, segurança e nem honestidade na política, que logo entenderiam porque o povo esta “tiririca da vida”, com esta falsa esquerda depravada e vigarista.
    Porque estes arautos do distributivismo também não vão dar pitacos em países, com Cuba, Venezuela, Coréia do Norte e outros com a Nicarágua, que a democracia já se escafedeu a muito?
    Vamos assumir com fé a nova ordem que esta chegando ao Brasil, e convidando aos descontentes, que vão morar nos países, pelos quais nutrem admiração.
    Aqui, quem manda ainda é o povo brasileiro.

  14. ““Fim do acordo de Paris. Fim do Ministério do Meio Ambiente. Uma estrada pavimentada cortando a Amazônia. Não só isso. Territórios indígenas abertos à mineração. Relaxamento do licenciamento e da aplicação da legislação ambiental. ONGs internacionais como Greenpeace e WWF banidas do país. Uma forte aliança com o lobby da carne”…”

    -QUE ÓTIMO! Os parasitas terão que procurar emprego em outro país. Quem sabe na NICARÁGUA OU VENEZUELA nos deixarão aqui, em paz?

    • Os jornalistas-ativistas green-go ainda não se informaram que mais da metade da BR-230 (Transamazônica) já é asfaltado. A pauta cai no pé e eles chutam de qualquer jeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *