No mundo do faz de conta, quando é feita a medição da audiência das TVs ou a propaganda eleitoral, ninguém leva em consideração a existência de 20 milhões de antenas parabólicas no país.

Nogueira Lopes

Sem querer desestimular os candidatos que confiam no horário gratuito para sensibilizar o eleitorado, é bom esclarecer que a distribuição da TV por satélite não pode continuar ignorada no setor de mídia. O Brasil tem 20 milhões de antenas parabólicas, que levam sinais de TV a cerca 40% da população, mas este importante item não é levado em consideração, nem na medição do Ibope nem na propaganda política.

As parabólicas são usadas por pessoas que moram na periferia das grandes cidades ou no interior, onde os sinais das TVs abertas chegam muito fracos e não existe TV por assinatura. Grande parte desses eleitores na verdade nem assiste ao horário gratuito de suas regiões, pois as parabólicas transmitem o sinal gerado nacionalmente pelas emissoras, enquanto a propaganda política é estadual.

Traduzindo: os candidatos que dependem da audiência desses eleitores para ganhar as eleições, podem esquecer.

R$ 26,5 mil por um aparelho sanitário

Um vaso sanitário usado por John Lennon e Ringo Starr foi arrematado num escraboso leilão por 9,5 mil libras (R$ 26,5 mil), durante a 33ª Convenção Anual dos Beatles em Liverpool, cidade onde surgiu a lendária banda.

A peça de porcelana foi usada por Lennon quando viveu com Yoko Ono em Tittenhurst Park, numa casa de campo no Sul da Inglaterra, de 1969 a 1971, e que depois foi comprada por Ringo Starr.

E qual é a diferença para outra privada comum? Nenhuma.

Plástica já aprimora também o queixo

O Dr. Hugo de Castro, um dos melhores cirurgiões plásticos do país, revela que um recurso pouco conhecido vem atraindo cada vez mais pacientes – a mentoplastia, ou cirurgia que projeta o queixo do paciente.

A intervenção pode resultar numa projeção do queixo de até 1,2 cm. Ela pode ser feita de duas maneiras: cortando-se o osso e puxando-o mais para frente ou colocando uma prótese de silicone. A primeira é mais agressiva e tem recuperação mais difícil. Já o implante pode ser feito por dentro da boca ou embaixo do queixo.

“A cicatriz resultante é quase imperceptível e em poucos dias o paciente pode retomar sua rotina”, afirma o cirurgião plástico, Dr. Hugo de Castro, assinalando que, se vivesse nos dias de hoje, Noel Rosa poderia se tornar um galã.

Rita Lee agora é “atração” na internet

A cantora Rita Lee está se divertindo na internet. Sua primeira vítima no Twitter foi o plano de saúde. Depois de xingar a empresa algumas vezes, ela desabafou sobre sua situação financeira familiar. “Tem gente que pensa que todo artista é rico. Numa época eu até fui, mas fumei, cheirei e bebi tudo. Hoje moro no mato e ‘trampo’ para pagar as contas”, escreveu Rita.

Ela realmente é um belo exemplo do mal que as drogas fazem e também um bom exemplo de pessoa que vence as drogas.

Fundos de pensão vivem na caixa-preta

O projeto mais importante dos últimos tempos está parado na Câmara. Destina-se a colocar os fundos de pensão sob crivo do Ministério Público. É um passo gigante para moralizar essas entidades, que movimentam mais de R$ 300 bilhões/ano. Elas operam numa espécie de caixa-preta impenetrável, sem transparência alguma.

Compreensivelmente, o projeto não anda. Interessa a todos os brasileiros, especialmente os associados aos fundos, mas parece não interessar aos parlamentares.

Ratinho promete purificar seu programa

Nem tudo está perdido. O tristemente famoso “Programa do Ratinho”, do SBT, está em processo de reformulação e não mais de dedicará aos casos policiais. Resta saber quais são as atrações que ele nos reserva, já que é um dos maiores especialistas em baixarias na TV brasileira.

Marido de Demi Moore sai “aprontando”.

O ator Ashton Kutcher, marido da atriz Demi Moore  (15 anos mais novo do que ela, que tem 47 anos) é o novo protagonista dos escândalos de traição de Hollywood, segundo o site Pop Crunch. Um repórter da “Star Magazine” viu o marido de Demi Moore aos beijos com uma jovem modelo em um restaurante de Los Angeles. O site destaca que o pior é que o ator não se preocupa em esconder o caso, exibindo a amante “por toda Hollywood”.

É um enredo que pode dar um bom filme.

Essa multinacional de Francis é imbatível

Em tempo de campanha eleitoral e às vésperas da eleição mais complicada do planeta (nenhum país elege tantos políticos ao mesmo tempo), é sempre bom lembrar o jornalista Paulo Francis, que dizia: “A ignorância é a maior multinacional do mundo”.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *