No natal, o simbolismo do reinício da vida, na visão de João Cabral de Melo Neto

Resultado de imagem para joão cabral de melo netoPaulo Peres
Poemas & Canções

O diplomata e poeta pernambucano João Cabral de Melo Neto (1920-1999), no poema “Cartão de Natal”, mostra o simbolismo do reinício da vida que todo Natal propicia.

CARTÃO DE NATAL
João Cabral de Melo Neto

Pois que reinaugurando essa criança
pensam os homens
reinaugurar a sua vida
e começar novo caderno,
fresco como o pão do dia;
pois que nestes dias a aventura
parece em ponto de voo, e parece
que vão enfim poder
explodir suas sementes:

Que desta vez não perca este caderno
sua atração núbil para o dente;
que o entusiasmo conserve vivas
suas molas,
e possa enfim o ferro
comer a ferrugem,
o sim comer o não.

3 thoughts on “No natal, o simbolismo do reinício da vida, na visão de João Cabral de Melo Neto

  1. A vida não se revolve com palavras… Que besteira, que sentença vazia. E ainda publicam como se fosse uma pérola de sabedoria. Estamos ficando cada vez mais medíocres – é a minha conclusão.

  2. 1) Bela poesia.

    2) Por falar em reinício: a excelente Revista Ciência Hoje das Crianças voltou a circular. O nº 295 entre outros ótimos artigos, tem um texto sobre essa história de Terra Plana…

    3) Informando que a celeuma surgiu com o escritor inglês Samuel Rowbotham (1816-1884) que defendia essa ideia.

    4) Nosso planeta é redondo e bola pra frente, que o Flamengo deve ser o Campeão do Mundo.

  3. “A vida não se resolve com palavras”.

    Realmente, essa é uma verdade milenar. Há sempre aqueles bons oradores, ótimos escritores que tem o dom da palavra, os quais colocam belas frases, ótimas ideias, enfim, coisas que não tem sentido quando se encara a realidade da vida. E assim se multiplicam os demagogos, os populistas, os livros de autoajuda, etc.
    Mas somos assim, a razão nunca é apaixonante como a paixão. A ilusão é vencedora.

    João Cabral de Melo Neto escreveu o ótimo livro Morte e Vida Severina. O livro animado da obra é muito bom.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *