No Pará, a volta e a revolta

Jader Barbalho ainda não decidiu se será governador outra vez ou prefere o Senado, de onde teve que fugir para não ser cassado. Foi ministro de Sarney, da Previdência e da Reforma Agrária, não precisa  nem justificar a fortuna. Que República.

Bahia: Paulo Souto ou Wagner?

Geddel voltará a atacar Lula dentro de 1 ano. Por que o prazo? Depois de insultar e não se opor ao presidente, bajulou-0, foi ministro dele. Deixou o cargo pensando (?) que seria governador. Não vai nem para o segundo turno, jogará a culpa em Lula. E voltará a injuriá-lo para ser ministro de Dona Dilma, se ela tiver Poder de nomeação.

No Rio, 160 mil buracos

Está em todos os jornais, blogs, televisões. Com essa constatação, cabralzinho e eduardinho ficam reduzidos à verdadeira dimensão: administradores tapa-buracos.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *