No Rio, outras categorias profissionais se mobilizam para dar apoio ao movimento dos bombeiros e PMs, que é nacional.

Carlos Newton

O movimento não é só dos bombeiros, mas também dos policiais militares, e tem alcance nacional. Por isso, vêm ocorrendo tantas greves de PMS nos mais diversos estados. E nas ruas podem ser vistos policiais militares usando uma fita vermelha de solidariedade aos colegas bombeiros.

Mas parece estar surgindo um pacto de silêncio na imprensa, acerca de certos detalhes sobre a situação dos bombeiros no Estado do Rio de Janeiro. Por exemplo, nos jornais, rádios e televisões, não se vê nenhuma notícia sobre a mobilização que vem sendo feita por setores da sociedade civil. Junto com a Polícia Militar, professores e outras categorias pretendem entrar em greve, para manifestar apoio e solidariedade aos bombeiros do Rio de Janeiro (e de tabela, de todo o Brasil). O movimento só tende a se expandir.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *