No vôlei de Bernardinho, vergonha e humilhação

Helio Fernandes

No Campeonato Mundial de Vôlei, derrota “planejada” do Brasil. Parece que não tem mais nada a ver e não é notícia para dia de eleição, bem ao contrário. O regulamento “maluco” permitiu que se forjassem resultados, se “fugissem” de adversários.

Na verdade, queriam se livrar de Cuba, que ganhou do Brasil, mas logo a seguir perdia para a Sérvia, facilmente. O técnico famoso, e os próprios jogadores, diziam: “Time campeão, não escolhe com que jogar, enfrenta qualquer um”. Mas fizeram o contrário.

Ficará registrado para sempre na história do vitorioso vôlei brasileiro. Lembrado com as duas palavras que coloquei no título.



This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *