Nos EUA, Biden não perde; e no Brasil, pesquisa revela as tendências na reta final

Delegada de esquerda', Martha Rocha ameaça polarização entre Paes e Crivella em eleição no Rio - Correio da Manhã Brasil

Marta Rocha vai passar Crivella e disputar o segundo turno

Pedro do Coutto

Na semana que passou, o Ibope acentuou as oscilações na corrida dos candidatos às prefeituras das cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, destacando as tendências entre os candidatos, a meu ver um aspecto fundamental para os desfechos que começam a 15 de novembro e terminam no dia 29 deste mês.

Acompanhando há vários anos disputas eleitorais, posso afirmar que os candidatos que perdem apoio nessa fase não recuperam mais os postos perdidos. É o caso de Celso Russomano em São Paulo e de Marcelo Crivella no Rio.

DECLÍNIO TOTAL – Em São Paulo. a candidatura Russomano entrou em declínio a meu ver total. Enquanto ele descia, subiam os pontos de Bruno Covas, Guilherme Boulos e Marcio França. Assim o confronto no segundo turno deverá ser entre Bruno Covas e o segundo colocado, seja ele Boulos, seja ele França. O governador João Dória, em conflito com Bolsonaro, deve estar aguardando uma visão mais nítida para apoiar o atual prefeito da cidade.

No Rio, Eduardo Paes já carimbou seu passaporte para o segundo turno quando terá como adversária a delegada Marta Rocha. Marta Rocha vem subindo enquanto Crivella perde pontos e estaciona. Há mais calor em torno de Marta do que em torno de Marcelo Crivella. Crivella é também o candidato com maior percentual de rejeição.

A questão da tendência é fundamental, tanto para cima quanto para baixo. Nesse processo entre avanços e recuos surge o clima de entusiasmo entre as campanhas daqueles que obtêm acréscimos eleitorais.

CASOS PERDIDOS – Não existe caso em que algum candidato, tendo estado na frente e perdido apoio, depois, na reta final, tenha recuperado a posição de liderança que havia conseguido na primeira fase de campanha.

É exatamente o que se passa na campanha americana. Por isso, vou arriscar e penso que nas urnas de amanhã, 3 de novembro, o vencedor será o democrata Joe Biden. Posso estar errado, mas é o que tudo indica.

29 thoughts on “Nos EUA, Biden não perde; e no Brasil, pesquisa revela as tendências na reta final

      • Por termos somente dois lados de movimento no corpo (esquerda, direita) não quer dizer que não podermos ensaiar o de rotação e, especialmente, o de translação – o que nos conserva o foco, o norte! Portanto, povo de todo o mundo, mova-se, translade, abandone o ponto fixo e mude para não se apodrecer no mesmo lugar!

      • O Germani, o que você tem contra os esquerdistas? Achas por acaso que os outros são melhores?
        Não importa a cor do gato, dese que ele pegue o rato.
        Não importa se o cara é de direita ou de esquerda, mas que trabalhe para o povo, que seja honesto, que respeite o direito das pessoas, que crie empregos, que impulsione a nação para o seu destino de potência. Se for assim, pode ser o que for. Não podemos vir com preconceito, que não leva a lugar nenhum.

          • Não tenho nada contra o cidadão de direita, nem de centro, muito menos de esquerda. A questão não se trata de cor partidária e sim de caráter ou falta de caráter.
            Tenho amigos de direita e respeito como óbvio o seu pensamento.
            Agora, você dizer que todos os esquerdistas são impulsivos, utópicos e ousados, significa que você coloca todos dentro desse balaio de gatos.
            Utópicos ainda vá lá, se bem que alguns homens de esquerda sejam bem realistas. Impulsivos e ousados, minhas escusas, mas, isso nada tem a ver com ser de direita ou de esquerda. Nisso daí, você comete um erro de avaliação das pessoas por cor partidária. Seria como dizer que todos os cavalos são pardos, alguns homens são pardos, então todo cavalo é homem. Erra na premissa, então erra na conclusão. Outra coisa, a palavra TODOS pressupõe uma certeza absoluta das coisas, que nenhum ser humano detém, em função das variáveis que compõe a vida humana.
            Tenho uma visão diferente da sua e ponto final. Não vou mudar sua opinião e espero que você não ouse querer mudar a minha. Até porque, não vai adiantar nada e perderá seu tempo comigo.

          • Você disse: Espero que você não OUSE querer mudar a minha?

            Isso é uma ameaça,
            Roberto?

            PS-Eu apenas quero dar o meu recado,Roberto.

            Se o que escrevo e defendo não te agrada ou te aborrece,não leia.
            Simples assim.

            PS2-O que convence uma pessoa é a sua capacidade de entender.

            PS3-Não esquece de ler o livro que sugeri: MENTE ESQUERDISTA .
            (Você está lá).

      • Eu não perderia tempo com isso. Tenho mais coisa que fazer. Não nasci para bater palmas para maluco tosco e mentiroso dançar. Esse cara vai perder feio. Só se os americanos tiverem perdido o juízo, como nós perdemos aqui.

        • Pelo que você diz,Roberto,você nasceu então,para bater palmas para um incapaz como Biden e uma embusteira como Kamala Harris.

          PS-Não precisa ser gênio para perceber que a missão (que não ocorrerá) de Biden é colocar a China como “China First” e os EUA como American Second.

          PS2-Biden está no bolso da China.Acorda.

          • Bizarrice pura, acho que você é que está dormindo com essas teorias da conspiração.
            A China é produto dos americanos, que inflaram o país de Mao para fustigar a URSS, assim como fizeram com o Japão e depois se arrependeram.
            Sob TRUMP a China está quase em primeiro lugar. Caso ele vença, os EUA despencarão ladeira abaixo.
            Também não morro de amores por Biden, como você pensa erradamente. Tanto Biden como Trump pensam a América em primeiro lugar, aliás, esse é o grande ideal de uma grande potência hegemônica. Seus interesses vêm em primeiro, sempre.
            Tanto democratas quanto republicanos, qualquer desses Partidos, que empalmar a presidência, pouco mudará o destino da América. Quem define as políticas de um país são suas forças empresariais, políticas e militares.
            O que muda é o perfil do líder e o poder destrutivo da sua liderança. A Itália de Benedito Mussoline é um belo exemplo de líder negativo. Tem outros, mas, deixa a vida andar. Não temos poder para frear a marcha da história.

    • Pedro do Couto é um mestre. Contesta- lo é uma verdadeira heresia. Quais as credenciais de todos que não concordaram com sua análise?
      É privilégio ler seus artigos. Ele foi quem descobriu o escândalo da Proconsult, empresa de Informática que colocava os votos em branco na conta de Moreira Franco para impedir a vitória consagradora de Leonel Brizola.
      Podem espernear e falar o que quiserem, Biden vencerá Trump. Se Pedro do Couto disse, é porque a verdade está com ele.
      Pedro não erra um. Nós debates populares, programa do saudoso Haroldo de Andrade, Pedro um dos debatedores mais talentosos, junto com Carlos Bacelar, aclamado neurologista, era campeão de audiência nas manhãs da Rádio Globo, por causa das análises imperdíveis de Pedro do Couto. Precisa dizer mais alguma coisa. Tô com ele e não abro.
      Respeitem por favor, esse jornalista craque nas opiniões e um sábio da vida.
      É por isso que o Brasil é campeão de atraso, de retrocesso, porque, porque não damos valor as nossas maiores figuras.

  1. Tomara que a Martha consiga encerrar a carreira desses dois que estiveram a frente da prefeitura nos últimos doze anos.

    O carioca não aguenta mais ser tão roubado.

  2. Seria engraçado se não fosse trágico.
    No Rio, Eduardo Paes já carimbou a ida ao segundo turno!
    Esse cara deveria estar de há muito, na penitenciária.

    Fazer o que…

    • Meu caro, depois do Crivella, qualquer um é melhor. Esse edil atual foi terrível. Péssimo administrador da cidade.
      Sei que está difícil a escolha, mas o povo têm escolhido tão mal ultimamente e quando a massa de eleitores muda, sempre vem um maluco pior do que o antecessor.
      Olhe os candidatos e veja se tem luz no fim do túnel?

  3. Comentarista Oigres Martinelli ,

    Apoio com todas as letras o seu comentário. Não vamos votar nos que estão com ações na Justiça, para prefeito. Na verdade, além das tratativas com Sérgio Cabral e ligação com empreiteiras, a administração de Eduardo Paes foi danosa para a cidade do Rio de Janeiro, e deixou as finanças da cidade em situação calamitosa – calamidade que Crivella aprofundou – o que é do conhecimento de todos os cariocas bem informados.

    Proponho, também aos eleitores cariocas que votem, para Prefeita da cidade do Rio de Janeiro, em Martha Rocha – teclar o nº 12 , e para Vereadora proponho que se vote em Teresa Bergher – teclar o nº 23245.

    Vejam, na Wikipédia a bela e honesta trajetória da vereadora Teresa Bergher.

    Cordiais saudações,

    Ednei José Dutra de Freitas

  4. VIRA-LATAS bolsonaristas covardes já começam a CONSERTAR a garganta, para CONCERTAREM um novo latido:

    Ala política do governo defende ‘mudança de discurso’ se Trump não se reeleger
    Integrantes do Itamaraty foram aconselhados a diminuir o tom e a procurar representantes da campanha de Biden para iniciar um diálogo em caso de vitória.

    https://g1.globo.com/google/amp/politica/blog/andreia-sadi/post/2020/11/02/ala-politica-do-governo-defende-mudanca-de-discurso-se-trump-nao-se-reeleger.ghtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *