Nossos muitos “Sovietes” se tornaram um poder paralelo que jamais perde eleição

Resultado de imagem para servidor charges

Charge do Ivan Cabral (ivancabral.com)

Percival Puggina

Durante décadas fui participante ativo de debates políticos nas emissoras de rádio e TV de Porto Alegre. Eram anos de ostracismo para o pensamento conservador e para as ideias liberais de que o país era tão carente. Contavam-se nos dedos os que se dispunham a enfrentar o esquerdismo que ia dominando a política nestas bandas. Na Rádio Guaíba, um estúdio instalado na esquina da Caldas Júnior com a Rua da Praia proporcionava som e ampla visibilidade ao público que se acotovelava para assistir as discussões do programa Espaço Aberto.

Durante a Feira do Livro, o “Estúdio de Cristal”, como era chamado, mudava-se para a Praça, e a multidão, literalmente, cercava aquele ringue retórico para ver quem iria às cordas.

MEROS CONTRAPESOS – À medida que nos aproximávamos do fim do milênio, os partidos de centro-direita e de direita foram virando apoiadores de quaisquer governos, espécie de contrapeso nas disputas eleitorais, deixando sem trincheira ou expressão o ideário conservador e liberal. Fechavam-se, no Rio Grande do Sul, as últimas portas ao debate político que fosse além do bate-boca pelo poder. Ou, com palavras melhores, em que essa disputa não fosse a única finalidade de todo argumento.

Lembro-me de ter ouvido do governador Alceu Collares, num desses debates, pela primeira vez, referindo-se ele aos partidos do espectro esquerdista: “Nós, do campo democrático e popular”. A expressão disseminou-se.

Socialistas, marxistas e a esquerda em geral agarraram-se com braços e pernas ao binômio democrático-popular. Posavam como donos desse “campo”.

CONSELHOS POPULARES – No campo democrático-popular eles jogavam futebol e golfe, criavam gado e faziam seus melhores discursos. E criavam conselhos populares… Então, como ainda hoje, eram avessos à propriedade privada, mas o tal “campo” foi cercado, escriturado em seu nome e passou a lhes pertencer o inço que ali crescia.

Não falo, apenas, de uma pretensão local, mas de uma obstinação mundial. É bom lembrar que Albânia, Bulgária, China, Cuba, Camboja, Coréia do Norte, Mongólia, Vietnã, Iêmen, e todas as demais republiquetas africanas, asiáticas e europeias, que em décadas anteriores adotaram o socialismo, se apresentavam ao mundo como “democracias populares”.

Enchiam a boca e estatutos constitucionais com sua condição de people’s republic. E o leitor está perfeitamente informado sobre seus principais produtos: totalitarismo, supressão das liberdades, genocídio e miséria.

APARELHAMENTO – Aqui no Brasil, o dito campo esquerdista encontrou na criação e povoamento de conselhos uma forma de se institucionalizar e atuar politicamente. Na administração pública estão em toda parte. Com exceções, formam pequenos sovietes, determinando e impondo políticas. São detentores de um poder paralelo que somente na órbita federal se manifesta através de 2.593 colegiados, segundo matéria de O Globo publicada em 29 de junho de 2019. Na véspera, Bolsonaro havia anunciado a intenção de reduzi-los a 32.

No entanto, esses aparelhos políticos resistem. Os 996 conselhos ligados a instituições federais de ensino operam em ambientes blindados pela autonomia universitária. Outros foram instituídos por lei e só poderão ser cancelados por outra lei. Assim, no curto prazo, apenas 734 criados por decretos federais ou por portarias dos próprios órgãos federais estão liberados para encerramento de atividades.

Note-se: a criação e operação de grande parte desses conselhos, muitos dos quais altamente onerosos ao pagador de impostos, é apenas uma das formas de aparelhamento da administração pública, que deveria ser apartidária, técnica e comprometida com a redução do peso do Estado sobre a sociedade.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGBem-vindo à luta, Puggina, com este excelente artigo. No início do ano passado, denunciei aqui na TI a existência desses “Conselhos” que nada fazem e oneram os cofres públicos. Dei como exemplo o Conselho Nacional de Defesa dos Direitos dos Idosos, que tem sede em Brasília e sucursais nas capitais, como o Rio de Janeiro, onde tem equipe, automóvel de luxo, motoristas, secretárias, assessores etc.  Meses depois o governo Bolsonaro tomou providências e aplaudimos aqui, mas a medidas ficaram pela metade. É preciso fazer projetos para extinguir os “Conselhos” criados por lei. Mas o governo parece ter desistido de acabar com a farra do boi, para não criar problemas para os parlamentares responsáveis pelas nomeações. De toda forma, precisamos continuar lutando. Mas quem se interessa? (C.N.)

12 thoughts on “Nossos muitos “Sovietes” se tornaram um poder paralelo que jamais perde eleição

  1. Este País é ágil em criar órgãos, conselhos e agências, cujo único objetivo en criar cargos públicos, cujo retorno para sociedade fica a desejar.

  2. O País tá quebrado pela criação de “orgãos ditos fiscalizadores e defensores do cidadão” quando nada mais são do que uma “arvore podre de formação de quadrilha” nos organismo públicos. Onde estava essa gente quando o PT e seus Partidos Satélites, ORCRIMS, incrustadas nos 3 Poderes , Roubavam o Brasil impunemente( cifras de 5 Trilhões de reais até hoje contabilizadas) sob um silêncio tumular e cínico de “garantistas jurídicos” nomeados, protegidos e indicados pelo Chefão da Quadrilha ??? Perfeito esse Artigo, e para mensurar tudo isso, basta ver como o Presidente Bolsonaro não pode nomear ninguém para qualquer Órgão que eles correm para o “STF dos Garantistas Amigos de Lula” e lá eles impedem tudo, e o Governo e a Nação se deteriorando até que eles voltem ao Poder através de uma “Assembléia Bolivariana Modelo Maduro” , vide Tofolli todos os dias impedindo que o País de mudar esse mar de crimes dos últimos 20 anos de seus “amigos lulopetralhas” !!! O Presidente foi eleito pelo povo, nomeia quem ele quiser, dentro da legalidade, ou será que ele não governa e sim vocês Tofolli, Maia e Alcolumbre ??? A Nação não são vocês, pensem isso antes que seja tarde, um dia a casa cai, depois não reclamem que derrubar seus atos inconsequentes seja Ditadura, ou só existe Leis para proteger Bandidos nesse País via “podres poderes” ??? Parabéns Percival Puggina, e Parabéns Carlos Newton, Análises perfeitas, só não ver quem não quer !!!!!

  3. Sou da área da construção naval/offshore (ou fui).
    Eles aparelharam a área de segurança industrial e se qualquer ser vivente tiver que seguir pelo menos a da área da construção naval; se inviabilizará em relação a Prazo e Custo.
    Existe o técnico de movimentação de cargas; o supervisor normalmente com larga experiência e mesmo assim a norma exige memória de cálculo para qualquer movimentação acima de determinado peso, que é menos que mil quilogramas.
    Os técnicos da Petrobras, ficam numa “saia justa”, tremenda pois em uma auditoria se não tiver o documento eles vão para a “pedra”.
    Vi o governo “atacando” a área de defensivos agrícolas e é isto mesmo; vamos trabalhar com técnicas e não com sentimentos; na área de soldagem, o que pode em um país de primeiro mundo não pode em outro e por aí vai.

  4. Um exemplo de agência criada pelo fhc e que haje sempre contra o povo é a ANS. Enquanto a inflação é inferor a 5% eles sempre permitem aumento acima de 10%.

    • O problema dos Conselhos é a quantidade que é na verdade excessiva ou O fato de terem pessoas de pessoas de esquerda, o que não é problema.

      Pode ter pessoas em Conselhos sende de esquerda e de direita, o que importa é se a pessoa tem boas idéias

  5. Percival Puggina, Carlos Newton e …”E DEIXA A TOGA VOAR !!!” – perfeitos e complementares seus textos. Podemos pensar bastante em razão dos conteúdos. Parabéns aos três.

  6. KKK este governo é a continuação dos anteriores, só se trocaram os nomes mas não as práticas. E estes Conselhos logo serão ocupados por novos conselheiros que, como sempre estarão alinhados e aliados com os donos do Poder. Em Pindorama adoramos mudar para que nada mude, odiamos o novo.

  7. Nós não podemos clamar por “Luz” quando “os incautos” acham quem um “Meliante Bandido Ladrão do Povo Brasileiro Metalúrgico Infelizmente Nordestino” seja essa “Luz” ,que eles clamam e o querem de volta ao Poder para roubar impunemente sob a tutela dos seus Protegidos e Iguais dos 3 Podresres !!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *