Novo ministro do PT diz que CPIs já não têm a menor utilidade

Pepe abre a boca para engolir as CPIs

Carlos Newton

A cada dia, o antigo Partido dos Trabalhadores vai mostrando sua nova configuração e seus novos objetivos, dentro do projeto estratégico de permanecer eternamente no poder. Quando estava na oposição, por exemplo, o PT frequentemente exigia a democrática convocação de Comissões Parlamentares de Inquérito, sob as mais diferentes alegações. Agora, depois de 12 anos no governo, o partido demonstra que mudou inteiramente de posição.

Esse desvio ideológico do PT ficou bem explicitado na primeira entrevista do novo ministro da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência, Pepe Vargas, deputado federal Pepe Vargas (PT-RS), responsável pela articulação do Executivo com o Legislativo, que surpreendeu os parlamentares ao defender a estranha tese de que as CPIs não têm mais a menor utilidade.

CPIS SÃO INÚTEIS

Indagado sobre a repercussão dos escândalos da Petrobras no Congresso, Vargas foi logo combatendo a possibilidade de criação de uma nova Comissão Parlamentar de Inquérito sobre as denúncias. Segundo ele, as CPIs não têm o mesmo papel que tiveram no passado, quando havia revelações em depoimentos, já que atualmente o depoente pode se manter calado durante toda a audiência.

“Não vejo necessidade de uma CPI para ter eficiência no combate à corrupção. Acho que o Ministério Público, a Controladoria-Geral da União e a Polícia Federal estão dando demonstrações claras de combate à corrupção. Então, não vejo necessidade de CPI para fazer investigação de corrupção”, declarou, exemplificando que, no ano passado, os trabalhos do MP e da PF já haviam conferido mais “agilidade” ao processo.

IGNORÂNCIA E DESFAÇATEZ

Com esse tipo de posicionamento, o novo ministro revela uma postura antidemocrática, baseada na ignorância e na desfaçatez. Mostra desconhecer que a CPI é uma das mais importantes conquistas políticas, pois representa um direito das minorias. Além disso, demonstra também ignorar que o direito de permanecer calado não é nenhuma novidade, pois se trata de garantia existente desde os primórdios do Direito Constitucional nas sociedades modernas, inclusive no Brasil.

Mas o que esperar desse tipo de ministro que a presidente Dilma Rousseff escolheu para governar o país?

21 thoughts on “Novo ministro do PT diz que CPIs já não têm a menor utilidade

  1. Quando tem a certeza de contar com a maioria, armam o circo e criam as CPIs para posteriormente enterra-las, independentemente do interesse da sociedade, só para tentar iludir esta com a impressão de estarem tomando alguma atitude.
    CPI já, para: PETROLAO, BNDES, FUNDOS DE PENSÃO, ETC, ETC, ETC, mas com o MPF e PF paralelamente e independentemente, pois só nas CPIs realmente não da para confiar, mas, são uma das armas do jogo democrático e temos que utilizá-las também!

    • Para ele sair do presídio e declarar que era o ‘garganta profunda do PT “. O relator petista fez em um dia as mais de 5.000 páginas do relatório virarem 1 e 1/2.

  2. Esse novo Ministro falou a verdade: CPIs não tem a menor utilidade, pelo
    fato do governo ter sempre a maioria e abafar qualquer CPI que possa
    atingir este governo. Está tudo dominado.

  3. Ele não está tão errado. Essas CPI’s acabam sempre em pizza. Servem mais é para dar holofotes para a oposição e isto logicamente o PT não quer.
    Os motivos são diferentes, mas por mim elas podiam acabar, pois não acredito em lobo julgando lobo.
    Dêem independência para o MP e para a PF e os resultados serão melhores.
    Político eleito tem outras obrigações à cumprir. Que aliás, eles não cumprem.

  4. O Pepe Vargas dizendo a que veio…
    Análise corretíssima do Moderador, sobre esse novo tempo petista que está sendo apresentado ao povo brasileiro.
    Nota 10, jornalista Carlos Newton.

  5. Já tivemos um PEPE que era sensacional! Era da esquerda: chuta e forte com o pé esquerdo) Companheiro: jogava coletivamente. Não se metia em fria: cumpria com seu dever e só sabia sobre o seu trabalho.
    Agora temo o Pepe gelado. Ex-prefeito e deputado federal. É mais um dos dominados pela doutrina petista/manipulação. Está no nível da líder e patroa.
    É mais um medíocre. Os ministro de Dilma são das categorias entre as nulidades e o espertalhões. E ella terá de correr atrás de todos. os primeiros para dizer o que devem fazer e os outros para dizer o que não podem fazer.
    Sabe que não poderá ser reeleita e que o seu criador estará velho de mais para voltar.
    A natureza é pródiga e incontrolável.

  6. Para aqueles que são a favor de CPIS:

    O ano de 2015 promete ser o início de uma forte dor de cabeça para o senador Aécio Neves; deputado estadual Rogério Correia (PT) lista CPIs sobre supostos desvios de recursos da Educação e da Saúde; superfaturamento em obras como as do Mineirão, bem como os lucros do consórcio Minas Arena; custos acima dos previstos na construção da Cidade Administrativa (sede do governo mineiro), envolvendo a Codemig, assim como possível extração de minério sem licitação; fala acerca de verbas publicitárias destinadas à Rádio Arco-Ìris, da qual Aécio é proprietário; aeroporto de Claudio, Cemig e o Instituto de Previdência dos Servidores (IPSEMG) também podem ser alvos dos antigos oposicionistas, que miram, ainda, o ex-governador Antonio Anastasia, eleito senador neste ano; início dos trabalhos e ordem das instalações das CPIs na Assembleia serão definidos; na era Pimentel.

    • Gilson
      É hora de acordar, amigo!
      Se alguém cobrar Aécio ou qualquer outro da oposição, alem de falta de moral vão esbarrar no lixo que 12 anos de governo petista largou por todo os lugares do país.
      Seria como cobrar os ladrões de galinha e homenagear os da petrolama.
      Quando é que alguém detentor de mandato ou posição terá a coragem de dizer à Dillma que, SE ELA COMBATER A CORRUPÇÃO terminará mandando prender a si própria e ao seu líder, padrinho e criador?
      Acho que temos de exigir que tudo seja cobrado, dos últimos 30 anos.
      E o PAC-3 terminará em construção de presídios.
      Abraço.

  7. O ministro Pepe tem razão, falou e disse com pleno conhecimento de causa.

    Afinal, foi o seu partido, o PT – quando assumiu o poder -, que transformou a CPI em Comissão Parlamentar de Impunidade.

    Afinal, um sincero no PT.

  8. Estou pasmo com a falta de simancol de alguns, não entendem que as eleições acabaram, se querem passar o país a limpo, não podem esquecer do que aconteceu antes, vocês só falam do PT, da Dilma, como se o Brasil tivesse sido descoberto a doze anos. Vc diz que temos que exigir que tudo seja cobrado, dos últimos 30 anos, só que não leio uma linha falando do mensalão tucano, do aeroporto e outras questões colocadas acima.
    Nem quero entrar no mérito da falta de educação de alguns, que xingam a presidenta , sem argumentos, com palavras que não dizemos nem a uma puta na rua.
    Nesta matéria, precisamente, a maioria é contra o Pepe Vargas, porque ele é contra as CPIS e não sabem que quem poderá ser mais prejudicado por elas é o próprio Aécio, dai a minha postagem.
    Acho que é hora de acordar mesmo, amigo!

  9. Pingback: PT mostra a cara! | Debates Culturais – Liberdade de Idéias e Opiniões

  10. Gilson
    Tem coisas que não dá para deixar passar “batida”.
    Pergunto: como pode um Deputado federal ser contra CPI – único instrumento que a minoria possui? Sempre foi assim. Basta voltar aos períodos em que o PT denunciava a não instauração de nenhuma CPI. Lá, os governos eram corruptos e eles eram a oposição. FFHH dominava tudo e os petistas só gritavam que a maioria os amassava. Lá, as CPIs eram importantes.
    Agora, alguém que é deputado diz que as CPIs não servem para nada e tudo bem?
    Gilson, esta de o Aécio ser o maior prejudicado é história para esconder os maiores.
    Não li, até hoje = dois anos na TI, ninguém defendendo corruptos, vigaristas, administradores de araque.
    No entanto, os petistas não perdem uma chance de defender as falcatruas, os desmandos e a corrupção nos governos Lulla/Dillma.
    Onde está a moral? Eu quero todos julgados, TODOS GILSON, não só o AÉCIO, FFHH e outros da oposição. Os petistas também e dos outros partidecos.
    Quem defende corrupção e desmandos administrativos não pode sugerir nada contra seus adversários ou inimigos.
    Deu para entender?
    De hoje em diante, quando eu desejar depreciar alguém. simplesmente direi: camarada, você está virado numa Dillma e/ou num Lulla!
    A partir de hoje, utilizarei os termos Dillma e Lulla como adjetivos negativos: falta de verdade, de dignidade, de qualidade, de seriedade, de ética e de moral.
    Quem lê e analisa, sem fanatismo, tudo que já disseram;provaram deles e que, incrivelmente, continuam sem qualquer resposta ou mesmo a responsabilização dos acusadores, certamente concordará comigo.
    Quanto ao Pepe, só conheço um que é “legal”. E é muito antigo.
    Abraço.

  11. Interessante que eu não dei a minha opinião sobre ser a favor ou contra as CPIS, que se sérias, são importantes, eu só postei a matéria sobre o Aécio e as CPIS que ele irá protagonizar. Com relação as CPIS do Aécio ser maior ou menor, não vem ao caso, o importante é questionar todos, como vc mesmo diz.
    Se nestes teus dois anos de Tribuna, não leu ninguém defender corruptos, vigaristas, etc, até entendo, mas, também não viu a maioria questionar ninguém quem não fosse do PT.
    Quando vc usar os adjetivos negativos para com alguém, use como forma de comparação o nome do Lula, da Dilma, do FHC e do Aécio, assim fica mais democrático.
    Quanto ao Pepe também conheço um que é legal, o Mujica.
    Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *