Num festival de cinismo, Janot se encontra hoje com Renan

E como dizia o Roberto Carlos, daqui pra frente tudo vai ser diferente

Deu no Estadão

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, se encontra com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), nesta segunda-feira, 17. A reunião acontece em meio à expectativa de que a Comissão de Constituição e Justiça do Senado marque a sabatina de Janot, que tenta ser reconduzido para mais dois anos à frente do Ministério Público Federal.

Após a sabatina, que deve ser agendada para o dia 26, o procurador-geral da República precisa ser aprovado em votação secreta no Senado, que tem 13 senadores investigados por iniciativa de Janot no âmbito da Operação Lava Jato. Um dos alvos de investigação da PGR é justamente o presidente do Senado Renan Calheiros.

Com 799 votos, Janot ficou em primeiro lugar na lista de escolhidos pela categoria para assumir a chefia da PGR até o fim de 2017 e foi indicado pela presidente Dilma Rousseff para o cargo. Agora, precisa do aval dos senadores para permanecer na cadeira. O mandato do procurador-geral da República se encerra no dia 17 de setembro.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGO cinismo de Janot e Renan é impressionante. Nada jujstficia este “encontro”. A armação do Planalto está fedendo a quilômetros, de longe se pode sente o cheiro nauseabundo. Se Janot poupar Renan na lista dos envolvidos no esquema da Petrobras, ficará demonstrado que realmente houve dois conchavos entre Executivo e Procuradoria: primeiro, para incriminar Renan por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha; e agora, para inocentar. Ficará confirmado também que os três (Dilma, Janot e Renan) se merecem. (C.N.)

6 thoughts on “Num festival de cinismo, Janot se encontra hoje com Renan

  1. Janot reconheço maaaais, suas roupas são outraaas.

    Renan e um dos politicos que mais habil mente investe na propria aparencia, poderio e bem estar.

    Sucessor de Sarney em seu coronelismo retro na pos-modernidade.

    Prolongar a letargia e a incerteza so reforça os ganhos anticiclicos com cambio e opçoes.

    A virada de mão dos ativos da bovespa ainda parece distante.

    E viva a especulaçao politica, criminosa e financeira.

    Todos querem tirar uma casquinha ou se esbaldar nesse estupro coletivo.

    Aplicaçao brasileira da versao politica e economica da teologia do estupro, tao praticada pelo Estado Islamico.

  2. Enquanto rola o cinismo, a OAB está cobrando da Presidente Dilma pedido de desculpas ao povo
    brasileiros por ter mentido na campanha. Dia desse um artigo perguntava porque tanto ódio da Dilma?
    Elementar meu caro: Qual sentimento do eleitor quando descobre que foi enganado?

  3. Seria ridículo se não fosse trágico Renan presidente do Senado deixar de encontrar-se com Janot Procurador Geral da República porque ESTÃO DE MAL. E as instituições como ficam? O encontro é visto como cinismo e o desencontro seria visto como? O povo mais culto já não sabe o que quer. Só pensa nela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *