Nunca dantes

Edson Khair

Na impostura geral nunca dantes ocorrida neste pais, ressalte-se o aumento do custo de vida que flagela o povo brasileiro. Vejamos os fatos, segundo o jornal O Dia, o reajuste da tarifas de nibus no Rio-Capital propiciou um lucro ao ano de 188 milhes e reais s empresas.

Explicando melhor, o prefeito Eduardo Paes brindou as empresas com aumento de 5,39 nas passagens e nibus. Com tal liberalidade s custas do bolso das camadas mais pobres da populao, o pref eito do Rio contribuiu com maior ndice e aumento do ndice Geral de Preos-Disponibilidade Interna (IGP-DI).

To suspeita liberalidade do prefeito do Rio beneficiando as empresas de transportes, num breve histrico, recordamos o seguinte:

1. De dezembro de 2008 a janeiro de 2010 o preo do Diesel nas distribuidoras no RJ caiu 7,56%. Mas a prefeitura autorizou um aumento da tarifa nica de nibus (sem ar condicionado) em 6,81%, de R$ 2,20 para R$ 2,35, a valer sbado. 70% do custo operacional dos nibus o consumo de leo Diesel.

2. Levantamento de Preos. ANP. Sntese dos Preos Praticados – Estado RJ. Preo da Distribuidora – Preo Mdio -Diesel R$/l \ Perodo: 2008 – DezembroR$/l 1,892 \ Perodo : 2010 – Janeiro R$/l 1,749 \ QUEDA DE 7,56%.

3. Corrigindo os demais custos operacionais em 5% (IPCA foi pouco maior que 4%), o reajuste deveria ter sido: de R$ 2,20 para R$ 2,12, ou uma reduo de 3,8%.

4. Lucro extraordinrio dos nibus: 2,35 / 2,11 = R$ 0,24 por passagem. Dados da Fetransport: 65,3 milhes de passageiros por ms ou 783,6 milhes de passageiros por ano ou x R$ 0,24 = R$ 188 milhes de reais de ganho adicional por ano para o sistema de transportes.

Assim, presenteou Eduardo Paes o povo do Rio!

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.