O “Jornal do Commercio” deixa o Rio, a prefeitura compra a sede na Rua do Livramento.

Helio Fernandes

Esse “Associado” disputa com o jornal do mesmo nome do Recife, para saber qual é o mais antigo do Brasil. É ali na saída do Túnel João Ricardo, o menor, o mais antigo e o mais sujo do Rio.

Funciona num edifício com projeto de Oscar Niemeyer. Construído numa casinha “geminada”, onde funcionou até morrer, a revista “O Cruzeiro”, inesquecível para o repórter.

O jornal vai para Brasília, pretende ser impresso nas oficinas do “Correio Braziliense”. (A Rádio Tupi ainda não tem local para funcionar). Esse prédio agora negociado, foi inaugurado em 1961, num jantar com a presença do então já presidente, João Goulart.

 ***

PS – Chateaubriand, o criador do maior império mundial (proporcionalmente) de mídia, não pôde ir, teve um derrame cerebral.

PS2 – Morreria em 1968, os “Diários Associados” não resistiram. Criou o “Condomínio Associado”, malabarismo jurídico genial de Nehemias Gueiros, grande advogado-estrategista. Mas os filhos de Chateaubriand estão ganhando tudo não Justiça, representados pelo notável advogado Ivan Nunes Ferreira.

PS3 – O prefeito quer criar ali, um Centro de Imprensa para a Copa de 14 e a Olimpíada de 16. Mas seu mandato acaba em 2012, muito antes.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *