O açougueiro predileto de Lula esquarteja a verdade

Resultado de imagem para temer e joesley charges

Charge do Benett (Do Portal UOL)

Augusto Nunes
Veja

Na entrevista concedida à revista Época, Joesley Batista assumiu a paternidade de outra brasileirice repulsiva. Sob a supervisão do procurador-geral Rodrigo Janot e com as bênçãos do ministro Edson Fachin, relator dos casos da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, foi o dono da JBS o inventor da meia delação premiadíssima. Em troca da impunidade perpétua, o depoente conta apenas uma parte do muito que sabe. Para alegria do chefe do Ministério Público, é exatamente essa a parte que arquiva bandalheiras que envolvem seus alvos preferenciais.

Como nos depoimentos cujos trechos mais ruidosos foram divulgados há pouco mais de um mês, também na entrevista a Diego Escosteguy o credor favorito do BNDES não se atreveu a negar o que qualquer bebê de colo está cansado de saber: “Lula e o PT institucionalizaram a corrupção”. Mas quem lidera “a quadrilha mais perigosa do Brasil é Michel Temer”, não o antecessor que concebeu e dirigiu o maior esquema corrupto de todos os tempos.

LULA, O MODELO – Aos olhos do delator espertalhão, Lula foi sempre um modelo de civilidade e respeito à lei. “Nunca tive conversa não-republicana com o Lula. Zero”, jurou. “Eu tinha essas conversas com o Guido Mantega”.

“Conheci o Lula só no fim de 2013”, mentiu no fim da fantasia. A verdade esquartejada foi recomposta no parágrafo seguinte. “O senhor não era próximo do Lula quando ele era presidente?”, perguntou o entrevistador. “Estive uma vez com o presidente Lula quando assumi o comando da empresa em 2006”, derrapou o entrevistado. O primeiro encontro da dupla, portanto, ocorreu sete anos antes — sete anos excepcionalmente lucrativos. Em 2006, o faturamento da JBS somou 4 bilhões de reais. Saltou para 14 bilhões já no ano seguinte.

De lá para cá, o grupo dos irmãos Batista, anabolizado por empréstimos de pai para filho liberados pelo BNDES, desenhou uma curva ascendente de dar inveja a magnata de filme americano.

TUDO “REPUBLICANO” – Em 2016, graças a sucessivos negócios internacionais facilitados pela usina de favores do Planalto, o faturamento bateu em R$ 170 bilhões. Mas Joesley fez questão de registrar que as também “as relações com o BNDES foram absolutamente republicanas”. Nada de conversa não-republicana com o presidente Luciano Coutinho ou diretores da generosa instituição. Quando precisava de outro empréstimo, bastava falar com Mantega.

Ou seja: a corrupção institucionalizada por Lula e seu partido rolou solta por mais de 13 anos, mas Joesley continua concentrando a artilharia em Michel Temer e no PMDB, sem esquecer de reservar a Aécio Neves algumas balas de grosso calibre. Decidido a poupar a mais gulosa e atrevida organização criminosa (ORCRIM, ele simplifica), Joesley segue repetindo, sem ficar ruborizado, que teve como comparsa um único e escasso oficial graduado da tropa de larápios: Guido Mantega, codinome Pós-Itália.

Se cinismo fosse crime, nem a dupla Janot e Fachin conseguiria livrar da cadeia o açougueiro predileto do chefão da quadrilha. Ele mesmo, o governante que criou o Brasil Maravilha com dinheiro roubado do país real.

15 thoughts on “O açougueiro predileto de Lula esquarteja a verdade

  1. Gilmar Mendes fez duras críticas a juízes e promotores, durante seminário do Grupo de Líderes Empresariais em Pernambuco.

    “Quem quiser fazer política, que vá aos partidos políticos e faça política lá. Não na promotoria, não nos tribunais”, disse Gilmar, que ouviu aplausos em seguida.

    “Não pensem que nós juízes ou promotores seríamos melhores gestores.” voltou a ser aplaudido.

    Sem citar Aécio Neves e Edson Fachin criticou a liminar para o afastamento de parlamentar.

    “Se está a banalizar. Dá-se uma liminar para suspender um senador do mandato. Onde está isso na Constituição? Não está, mas a gente inventa.”

    E sem citar Joesley Batista

    “Nós não podemos despencar para um modelo de estado policial. Investigações feitas na calada da noite, arranjos, ações controladas, que tem como alvo muitas vezes qualquer autoridade ou o próprio presidente… é preciso discutir isso.”

    https://goo.gl/XnZccy

    Agora que a investigação foi longe demais… chegou ao PSDB…. queridinhos da massa cheirosa da elite endinheirada…

    Janot proporá saída para fazer separação entre caixa 2 e corrupção

    Janot vai propor a chamada suspensão condicional do processo. Trata-se de um acordo no qual o Ministério Público sugere a antecipação de uma pena alternativa à prisão – como pagamento de multa ou prestação de serviços comunitários – e, em troca, o acusado deixa de responder a processo e, se cumprir as exigências, fica com a ficha limpa ao final.

    Em vez de aguardar a tramitação do processo e eventual condenação, o acusado reconhece o crime, cumpre a pena antecipadamente e se livra de uma ficha criminal.

    …cerca da metade dos 98 políticos investigados na “Lista de Fachin” poderiam se qualificar a um acordo desse tipo.

    O mesmo critério deve ser adotado quanto às delações de executivos do grupo JBS, que revelaram doações a mais de 1,8 mil políticos.

    Trata-se da tão esperada “separação do joio do trigo” na Operação Lava-Jato.

    https://goo.gl/dkRo3Z

    O Brasil ficará livre a corrupção pela Lava jato? É tudo tão obvio que dá até um enfado…

  2. Pois esta é a prova de que o Temer vai terminar o mandato. Tantas mentiras amparadas pela dupla Fachin/Janot que ninguém mais sabe onde termina a verdade e onde começa a mentira. O açougueiro já deveria estar em cana e com tornozeleira dentro do presídio e do jeito que vai, a dupla Fachin/Janot também merecem o anelzinho no tornozelo. Afinal, o que quer a dupla dinâmica, acabar com o Brasil?

  3. O excelente texto é de quem enxerga mais a frente.
    A maioria da cúpula dos partidos que fizeram parte do governo petista estão envolvidos em corrupção, inclusive o Temer, tudo com a permissão, ou omissão do Lula, que é o maior responsável por toda corrupção e crise que atravessamos.
    Mas, essa gravação do Joesley, e suas entrevistas atacando o Temer, tem cheiro de armação. Quem sabe, para aliviar a barra do Lula/Dima.

  4. Eu comento, aqui, quase diariamente: Janot/ Fachin/Globo não têm credibilidade nenhuma. Agora, até o Cunha está dando lição de moral no STF. Pobre Brasil…Pobre de nós…

  5. Os açougueiros e Lula são parceiros de longa data! Joesley só disse o mínimo necessário para não ir em cana. É EVIDENTE que teve INÚMERAS conversas “não republicanas” com o BABALORIXÁ DE BANANIA!!!! Já passou do tempo de Lula estar pagando pelos crimes que cometeu!

  6. Fico impressionado com as declarações de Michel Temer, quanta desfaçatez, é inacreditável, processar o delator, declarar que criminosos não ficarão impunes, espero que sim e que ele responda pelos crimes que cometeu, mas fico impressionado com a mídia, depois de tantas provas contra ele, ninguém questiona estas declarações insanas, é de se perguntar como funciona o jornalismo, qual a liberdade para perguntar ao presidente da república o que ele acha de tais declarações, que país é este em que todos abaixam a cabeça para crimes contra o erário público.

  7. Boa noite,
    Creio que poucos políticos sejam verdadeiramente honestos e estejam preocupados com o povo e não apenas em se locupletar e Temer não se inclui neste rol.
    Porém ele não está nem 1 ano como presidente e os Lesleys falam como se fosse o grande chefe da máfia, quando todos sabemos quem realmente os ajudou e é o chefe.
    Cadê LULA, DILMA, etc que nem aparecendo mais nos noticiarios estão?
    Acredito que TEMER até fez o que ele(JBS) fala, mas perto do nove dedos é uma freira de candura.
    Cade a justiça ???

  8. Senhores, estamos vivendo, literalmente, momentos dramáticos.
    Chegamos a um ponto em que nem reza consegue reverter o antro de crimes em que transformaram o Brasil.

    E os áulicos em Brasília, escorregando mais do que em pau de sebo, olhares de paisagem, se dão ao luxo de transformarem o que já é uma tremenda esculhambação, em intencionais trololós midiáticos e jurídicos, que só postergam soluções ad infinitum… de olho nas prescrições, que agora valem quanto pesam, em puro ouro..

    Acabamos de saber pela News, que a PF apurou existir um cheque de 500 mil da JBS S/A, na conta própria de Temer na campanha de 2014 campanha essa, que contou com mais de 20 milhões de reais.

    Mais um pepino, mais um nó que terá que ser desatado antes que o interino retorne da Russia

    Foco imaginando nesses momentos o que deve estar passando pela cabeça do ministro relator Herman Benjamin, no seu voto rejeitado…

  9. Um primor o texto do Augusto Nunes.

    Claro que o Temer não é boa bisca , como se dizia antigamente.A coisa já vinha de muito tempo e, agora, querer jogar toda culpa no Michel Temer, não é boa política.

    Globo, Fachin e Janot unidos para derrubar o presidente o que, no meu modo de ver, seria um golpe.

    Quero a saída do Michel, mas por via Republicana.

    Abração a todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *