O advogado, o suplente e o apartamento

Contei aqui, a inacreditável apropriação feita pelo causídico do apartamento do suplente. Este foi identificado por quase todos os seguidores do blog. E o advogado? É exibicionista, como tantos, considerou que ficaria no apartamento, por isso respondeu ao suplente: “ME TIRA DAQUI“. Precisa do domicílio eleitoral, quer ser prefeito de Niterói. O irmão vai coordenar a saída, não quer ser atingido. A questão pode ir rapidamente para o CNJ (Conselho Nacional de Justiça).

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *