O arrogante e pretencioso Mourinho, humilhado e massacrado pelo Barcelona

Helio Fernandes

Perdeu de 5 a 0, e podia ser mais. No final, o Barça atendeu a torcida, respondeu afetivamente, dando “olé”, nada melhor do que isso, na própria Espanha.

É um dos maiores clássicos mundiais, o apogeu ocorreu na Guerra Civil de 1936/39. O ditador Franco torcia abertamente e ajudava o Real Madri. O extraordinário jogador que foi o argentino Di Stefano, (“La seta rubia”, estrela que surgiu em 1948 no River Plate), só foi contratado pelo time da capital por causa dos recursos autorizados pelo ditador. 5 a 0, que espetáculo.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *