O Blog da Tribuna da Internet enfim se estabiliza, mas ser que os hackers voltaro?

Carlos Newton

Aos poucos, vamos conseguindo reestruturar o Blog, depois do novo ataque de hackers – o segundo, em menos de um ano. Assim como ocorreu na primeira vez que o Blog foi tirado do ar aps 5 anos de postagem normal e ininterrupta, o servidor UOL no soube explicar o que estava acontecendo e seus especialistas em Informtica no encontraram uma maneira de recolocar o Blog no ar.

Naquela vez, tivemos de refazer todo o Blog, desde o incio, e o jornalista e webdesigner Antonio Caetano conseguiu salvar nosso arquivo de texto, mas centenas de milhares de comentrios sofreram abduo, simplesmente sumiram.

Desta vez, o fenmeno foi exatamente igual ao anterior. Primeiro, pequenas dificuldades de acesso ao administrador e ao prprio Blog. Depois, os obstculos foram aumentando, at que o Blog saiu inteiramente do ar, ficou inacessvel.

Como j estvamos mais experientes, assim que as dificuldades surgiram j comeamos a preparar a migrao do Blog para outro servidor, salvando todos os arquivos de texto e os comentrios. No sabamos que seria uma operao muito intrincada e dificultosa. E somente agora que estamos nos ltimos detalhes da migrao.

Mais uma vez, Helio Fernandes nos deixou e parou de escrever. Pediu tambm que retirssemos qualquer referncia a ele e Tribuna da Imprensa. claro que acatamos suas determinaes, mas pessoalmente considero uma pena e um despropsito tirar da internet a Tribuna da Imprensa.

Acho tambm um crime Helio Fernandes deixar de escrever para seus milhares de leitores. Se ele no quer recriar o Blog da Tribuna da Imprensa, acho que seria timo ele escrever no Blog de nosso amigo Pedro Porfrio ou em algum outro espao importante da web. Por que no?

BALANO DE OUTUBRO

Como o Blog esteve fora do ar, no fizemos na poca o balano de outubro, mas o apresentamos agora, agradecendo aos comentaristas que tm contribudo para manter esse espao livre na internet.

01/10/2013 011201 DP DIN LOT

60,00 C

01/10/2013 300002 DOC ELET

50,00 C

02/10/2013 021142 DP DIN LOT

20,00 C

03/10/2013 031330 SAQUE ATM
04/10/2013 041241 DP DIN LOT

51,00 C

07/10/2013 071021 DP DIN LOT

100,00 C

07/10/2013 071213 DP DIN LOT

35,00 C

07/10/2013 071243 DP DIN LOT

70,00 C

08/10/2013 080917 DP DIN LOT

30,00 C

08/10/2013 081216 SAQUE ATM
09/10/2013 091348 DP DIN LOT

30,01 C

10/10/2013 101120 SAQUE ATM
10/10/2013 000000 DEB CESTA
14/10/2013 141001 DP DIN LOT

100,00 C

14/10/2013 902153 INTERNET
21/10/2013 265793 CRED TEV

72,00 C

21/10/2013 190843 DP DIN LOT

30,00 C

21/10/2013 210915 DP DIN LOT

100,00 C

25/10/2013 173967 CRED TEV

100,00 C

28/10/2013 280918 DP DIN LOT

100,00 C

28/10/2013 281130 DP DIN LOT

52,10 C

29/10/2013 800010 DOC ELET

50,00 C

30/10/2013 301615 DP DIN LOT

200,00 C

No Banco Ita, os seguintes depsitos em outubro:

Dia 7 TEC Depsito em Dinheiro 150,00
Dia 7 TBI 0477.76345-2 TI 20,00
Dia 7 TBI 9368.46169-6 c/c 50,00
Dia 21 TBI 0406.49194-4 c/c 50,00

BALANO DE NOVEMBRO

01/11/2013 000091 DP DINH AG

60,00 C

01/11/2013 300002 DOC ELET

50,00 C

01/11/2013 011441 SAQUE ATM
04/11/2013 040926 DP DIN LOT

100,00 C

04/11/2013 041534 DP DIN LOT

51,00 C

05/11/2013 051807 DP DIN LOT

70,00 C

11/11/2013 110921 DP DIN LOT

100,00 C

11/11/2013 000000 DEB CESTA
12/11/2013 121038 DP DIN LOT

30,01 C

12/11/2013 902153 INTERNET
13/11/2013 131019 DP DIN LOT

30,00 C

14/11/2013 141047 DP DIN LOT

20,00 C

18/11/2013 113298 CRED TEV

50,00 C

18/11/2013 180953 DP DIN LOT

100,00 C

19/11/2013 190947 SAQUE ATM
20/11/2013 201619 DP DIN LOT

50,00 C

20/11/2013 600017 DOC ELET

50,00 C

21/11/2013 211058 DP DIN LOT

35,00 C

22/11/2013 110586 CRED TEV

72,00 C

22/11/2013 000010 DOC ELET

200,00 C

25/11/2013 250903 DP DIN LOT

100,00 C

27/11/2013 271821 DP DIN LOT

200,00 C

29/11/2013 291239 SAQUE ATM

No Banco Ita, os seguintes depsitos em novembro:

Dia 7 TBI 9368.46169-6 c/c 50,00
Dia 18 TBI 1649.00443-7 c/c 15,00
Dia 21 TBI 0406.49194-4 c/c 50,00
Dia 26 CEI 0001.84 Dinheiro 60,00
Dia 29 TBI 9368.46169-6 c/c 100,00

19 thoughts on “O Blog da Tribuna da Internet enfim se estabiliza, mas ser que os hackers voltaro?

  1. “Mais uma vez, Helio Fernandes nos deixou e parou de escrever. Pediu tambm que retirssemos qualquer referncia a ele e Tribuna da Imprensa. ”
    Fico muito triste com isto! Com o tempo ele vai refletir e voltar a escrever. Ele um homem esclarecido, querido e sabe que seus textos so instrutivos. No pode fazer isto com a gente.

  2. Est muito bom o BLOG. Parabns Carlos Newton. Carlos Chagas, Sebastio Nery, Pedro do Couto valorizam a Tribuna da Internet porque escreveram na Tribuna da Imprensa, esto nos informando desde da poca do papel jornal rosa,so cronistas da maior qualidade.Boff, Mauro Santayana e Teresa Cruvinel tambm gosto de ler. O Jornalista Helio Fernandes faz muita falta,mas sua sada no me inspira dvida quanto a tendncia da Tribuna da Internet porque se de direita ou de esquerda, se defende ou ataca o governo, no me interessa. O que me interessa ler as opinies. Carlos Newton esclareceu: A Tribuna da Internet no tem cor, credo nem partido, livre para receber qualquer opinio. SHOW DE BOLA !

  3. O jornalista Helio Fernandes
    uma reserva moral do Brasil
    e a imprensa livre no pode
    ficar sem a sua opinio.
    Sugiro aos leitores do blog um
    ABAIXO ASSINADO “exigindo”
    que o jornalista HF volte a
    escrever aqui ou em outro
    espao.

  4. O pensamento nico ainda domina por aqui neste blog , ainda que timidamente.
    Depois de terminada a ditadura militar, uma de suas danosas consequncias foi o radicalismo . Todos ramos contra ela e isso era ser de esquerda. Acabada que foi, os papas do pensamento nico, estabeleceram pelos dogmas de sua religio, a marxista-leninista, de que todos deviam continuar de esquerda a partir daquilo que estabeleceram e estabelecem. A doena pegou . Quem no se alinhou, deveria ser queimado na fogueira de sua inquisio.
    Estava instalada uma nova ditadura, muito pior em termos de censura que a anterior, pois as redaes de jornais e revistas esto dominadas por estes sectrios.

    A Veja que sempre fez crtica a todos os governos, passou a ser a sujssima Veja, conforme Hlio Fernandes, porque entre outras, no se alinhou ao governo do PT como tambm no se alinhou aos governos anteriores. Mas o PT se julgava representante de todos que combateram a ditadura e logo tratou de tentar implantar leis para censurar a imprensa.
    Mas a veja no se curvou e, por exemplo, a cada crtica de Diogo Mainard a Lula, o partido e a militncia se transtornavam.

    Pois , o tempo passou e s para lembrar, foi Diogo Mainard que chamou Pizolatto de ladro. foi processado por este. Hoje ele foragido da justia por roubo. Tambm numa entrevista, Diogo perguntou a Eike Batista se suas empresas no eram fico. Hoje Eike est quebrado.
    A verdade que Diogo Mainard no era de direita, entreguista, traidor e outros adjetivos conhecidos pela nossa esquerdinha para linchar os adversrios. Apenas falava a verdade, que a obrigao de todo jornalista.

    Por essas e outras, seria bom, que o editor tivesse um pouquinho mais de coragem e colocar aqui pessoas que apenas procuram falar a verdade como Diogo Mainard, para fazer o contraditrio a sectrios como Boff, Beto, Santayna, Jnio de f e outros do tipo que aparecem por aqui , e que devem continuar, na minha opinio, mesmo eu no concordando com eles.

  5. E isso jornalismo?

    Xingar os outros fcil. Jornalismo outra coisa.
    Xingar, at vc consegue, darci, muito fcil.

    S para lembrar, antes da Veja existir saiu essa na Tribuna da Imprensa aps a derrubada de jango:

    “Escorraado, amordaado e acovardado, deixou o poder como imperativo de legtima vontade popular o Sr Joo Belchior Marques Goulart, infame lder dos comuno-carreiristas-negocistas-sindicalistas. Um dos maiores gatunos que a histria brasileira j registrou, o Sr Joo Goulart passa outra vez histria, agora tambm como um dos grandes covardes que ela j conheceu”
    (Tribuna da Imprensa)

  6. Aqui ningum est elogiando a Veja. Apenas descrevendo alguns fatos de sua condio democrtica e no chapa-branca como Carta maior, Carta capital,etc dentro do espectro jornalistico como por exemplo a presena de pessoas que no se curvaram ao pensamento nico estabelecido pela nossa esquerdinha , que domina redaes de rgos de imprensa, instituindo uma censura imprensa pior do que a da ditadura militar.
    Essa de falar que Diogo Manhattan no contribui muito para esclarecer qualquer coisa. Parece mais um xingamento.

  7. Mais um erro de Z Antnio.
    Rodrigo Constantino fala verdade e Globo e ainda no foi expulso pelo pessoal da redao como o Olavo de Carvalho. O fato preciso , como por exemplo no caso de Rodrigo seria : ele corre o risco.
    No mais Diogo Mainard continua criticando a esquerdinha no governo. Fato. Deve estar correndo o risco de ser expulso tambm.
    Mas emprego no faltar para ele: as “democrtikas” carta capital e carta maior estaro com as portas abertas para Diogo.

  8. Procure saber Flvio Jos Bortollto, mas os donos dos grandes jornais pouco ou nada interferem nas redaes.
    sse o ponto. O fato.
    Sem o conhecimento disso, o equvoco inevitvel.

  9. Justia social , antes de mais nada, consequncia direta de produo com boa distribuio. E isso acontece num capitalismo srio. Coisa que ainda no existe no Brasil.
    Mas mesmo assim aqui ainda melhor que em Cuba, com toda essa avacalhao e com a ideologia nefasta do estatismo obrigando a iniciativa privada a se aliar com os governos, para que a corrupo tenha sua parte nos lucros.

  10. Ps. Para finalizar, o irmo de Hlio, o gigante Millr Fernandes, sempre trabalhou na Veja e o prprio declarou: “Nenhum diretor, redator ou os Civitas jamais interferiram no meu trabalho”
    PONTO.

  11. Prezado Sr. MAURO JULIO VIEIRA, o senhor escreveu muito bem sobre JUSTIA SOCIAL. Produo com boa Distribuio. Onde eu acho que o senhor est ” viajando na maionese ” em relao a atual Cuba. J se foram os tempos de FIDEL ( um dos mais Astutos dos Polticos do sc. XX que sempre viveu bem as custas da antiga URSS), hoje na Cuba de RAUL, mesmo ainda vivendo bastante as custas da Venezuela, se est em tempos de “Novos Lineamentos del Partido e dela Revolucion”. Atravs de financiamento Brasileiro a ODEBRECHT SA constri moderno Porto de Cargas gerais em Havana, que ser o Centro de uma Zona de Livre Comrcio, como uma das +- 350 ZPE (Zonas de Processamento Especial da China), sendo que em troca a Petrobras SA receber direitos de explorao de petrleo no Golfo do Mxico, guas territoriais de Cuba, etc, 2 Milhes de Funcionrios Pblicos Cubanos j esto com os dias contados para trabalhar na Iniciativa Privada em breve, outro tanto se seguir em seguida, o Turismo todo ele operado em Zonas Livres Especiais, e est acabando “os bons tempos do: NS FINGIMOS QUE TRABALHAMOS E O GOVERNO FINGE QUE NOS PAGA. A velha Cuba Revolucionria BARBUDA, j coisa do passado, Sr. MARIO. Abrs.

  12. Prezado Flavio Bortolotto. obrigado, mas Cuba continua Fidel. Fidel smbolo da tirania e ela continua com o irmo.
    Quer fato mais escabroso que esse dos mdicos cubanos no poderem ser acompanhados de seus famliares ao virem trabalhar aqui no Brasil e pior, avisados de no vai adiantar pedirem asilo, pois no tero?
    Outro fato que esse governo do PT, sectrio da religio marxista-leninista, contribui com dinheiro pblico para o perpetuamento desse regime hediondo. Alm, claro, de promover negcios com empresas brasileiras para atuarem l.
    Mas diga-se de passagem: no foi o bloqueio americano que arrasou Cuba e sim sua ideologia marxista-leninista, que impede o indivduo de sonhar com um amanh melhor como acontece nos pases do “malvado” capitalismo. A URSS, que dominava meio mundo, tambm faliu e pelo que se sabe, no sofreu bloqueio e nem tinha como sofrer.
    Quando se inibe ou tira a vontade do ser humano de progredir, como acontece no marxismo-leninismo, a falncia de pases que assim procedem inevitvel.
    No capitalismo, srio, as coisas acontecem, o progresso, naturalmente porque h competitividade. A luta ferrenha pelo mercado, que significa maior produo e menor custo dos produtos para o consumidor, o povo, , faz com que o avano tecnolgico acontea.
    Voc, prezado Flvio Bortolotto, e todos aqui, h de lembrar que na URSS s houve avano tecnolgico na rea espacial e armamentista. Isto s aconteceu porque teve que competir com os EUA na Guerra Fria.

  13. Boa desculpa essa : No faam o que eu fao. Millr era um gnio, no serve como exemplo.

    Obrigado Z Antnio , vc me poupou de ter mais trabalho em mostrar a sua condio de se fazer de desentendido.

    o que sempre digo: estou rodeado de gente boa. Por que reclamo?
    Vou dormir com essa hoje. Obrigatoriamente.

  14. Boa sada essa essa sua Z Antnio. Se equiparou a darci. Parabns.

    Quanto a Cuba, Juremir Machado, comunista de carteirinha e jornalista, descreveu bem o que aquele “”paraso” e como se sustenta com aquele regime hediondo.
    Simples: como no bom e velho capitalismo. Com dinheiro.
    As foras armadas e o pessoal da represso ganham 5 vezes mais que um mdico, por exemplo. FATO.

    Nada melhor para manter um escravo, que faz-lo entender as consequncias de aceitar sua condio.
    A FERRO e FOGO.

    • Bem Z Antnio, maior respeito, nada pessoal. Esclarecido isso, meu prezado, vamos ao ponto: quem escreveu isso foi Juremir Machado, gacho, jornalista e comunista de carteirinha. Foi a Cuba e ficou l por um ms ou mais, misturado com a populao. Voltou decepcionado com o comunismo.
      Juremir tem boa reputao no que escreve.
      Se ele vivenciou a experincia e a descreveu assim, quem sou eu para desmenti-lo.
      A vai o endereo do relato de Juremir.
      http://www.correiodopovo.com.br/blogs/juremirmachado/?p=3418

      Quanto a dominar o povo pelas armas, fcil. Depois que criaram a metralhadora, que pode matar centenas com uma rajada, ningum de ferro e com culho suficiente para enfrentar esse poder de fogo.
      Alis, a populao de qualquer pas milhares de vezes maior que seu dispositivo armado.
      Isto at nos remete o porque de desarmar a populao por essa gente da religio marxista-leninista. Apenas para se sentir mais tranquila, quando no poder. Para sempre. Claro.

  15. Vamos ao que interessa.

    CN, vamos repercutir a notcia do dia mais importante para o Rio: pegaram duas empresas situadas em paraso fiscal da Famlia do Paes (seria famiglia?).

    O pai Paes, a me e a irm so diretores de duas empresas de propriedade do mesmo panamenho que is dar emprego pro J. Dirceu. A somas dos capitais sociais (que somente um valor nominal, o patrimnio pode ser muito maior) de 20 milhes de reais. Isso s o comeo. Acho que agora a coisa vai!

    Ser que veremos esse cara e o Serginho Cabralzinho longe, ou o povo ainda vai votar nessa parelha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.