O Bradesco vai receber a segunda parte da recompensa pela concordância com a demissão do presidente da Vale. Passará a controlar o IRB, grande potência no setor de seguros.

Helio Fernandes

O Governo (BB) ficará com 49 por cento. Mas tudo ainda é muito incerto, menos o poder de fogo do Bradesco. Há muito tempo falam na privatização desse instituto, mas tudo estava parado, pelo menos há dois anos. O IRB já teve lucro de 170 milhões, agora mal chega a 40 ou 50 milhões. O mercado segurador está agitado, porque existem muitas formas ou fórmulas, sendo encaminhadas.

Duas coisas que não sofrem dúvida. 1 – A posição de grande controlador, do Bradesco. 2 – E a situação do Banco do Brasil, que ficará com 49 por cento do IRB. Mas ninguém sabe quanto é o patrimônio líquido do IRB, quando é o seu ativo, quanto representa em capital.

Consultei várias fontes, especialistas, interessados, gente que não quer sair e gente que pretende entrar nesse IRB. Mas apesar de respeitar o sigilo pedido (nenhum favor, é a regra da informação e o direito do informante), sabiam tão pouco, que chega a ser disparatado ou contraditório falar em sigilo.

De qualquer maneira, vou publicar o que está sendo discutido, e que agita o mercado. E que qualquer solução (?) encontrada facilitará banqueiros e seguradoras, dois grupos que ganham sempre, mesmo sem colocar dinheiro.

(Não esquecer: na grande crise financeira que ainda assusta o mundo, a maior potência política e financeira do mundo, os EUA, colocaram TRILHÕES DE DÓLARES no “mercado” (textual e entre aspas), disseram que se não fizessem isso, o “MUNDO EXPLODIRIA”). Quem era esse “mercado”? Bancos, seguradoras e empresas de “empréstimos” imobiliários, vorazes e desvairados por lucros.

Também é preciso registrar, ressaltar e ressalvar, o seguinte: o melhor prêmio de documentário foi dado a um  jornalista-escritor-especialista-financeiro, que contou tudo sobre o que chamaram de “A MAIOR CRISE FINANCEIRAS DESDE 1929”. Incluindo a crise dos petrodólares. Ele contou, não omitiu coisa alguma.

E numa entrevista de grande repercussão nos EUA, assustou potências, banqueiros e seguradoras, revelando que está produzindo o segundo documentário, mais completo que o primeiro. (A Academia de Cinema terá a coragem de premiá-lo pela segunda vez? Ou esgotaram a coragem na concessão do prêmio deste ano?).

A guerra do IRB, se trava em torno das AÇÕES PREFERENCIAIS e das AÇÕES ORDINÁRIAS COM DIREITO A VOTO. Aparentemente (e que deve se concretizar) é o seguinte: ninguém INVESTIRÁ coisa alguma, a não ser o Banco do Brasil. Que compraria 100 por cento das PREFERENCIAIS, e transformaria em ORDINÁRIAS.

Essa operação é defendida pelo Bradesco, que tem 100 por cento dessas PREFERENCIAIS (todas). O governo (BB) compraria todas essas PREFERENCIAIS, que transformadas em ORDINÁRIAS COM DIREITO A VOTO, seriam vendidas a seguradoras, grandes, médias e pequenas.

O Bradesco compraria 25,5% das ORDINÁRIAS e o seu sócio americano (essa associação, que acabou de ser feita, pouca gente sabe), uma parte ainda não definida. Quer dizer, o Bradesco receberia o dinheiro das PREFERENCIAIS, compraria as ORDINÁRIAS. E ainda sobraria muito para reforçar o caixa e comprar bônus do Tesouro. Agora, recebendo 11,75%, mas quando tudo estiver feito e acertado, já estará em 12,25%.

***

PS- Nesse esquema, o BB ficará com duas diretorias importantes e o Bradesco outras duas. Estão falando em criar outras duas diretorias inexpressivas, em termos de Poder. Mas com salário de 12 mil reais, com as mordomias (carro e motorista, almoço e jantar, cartão corporativo etc.) chegam a 60 ou 70 mil, M-E-N-S-A-I-S.

PS2 – O presidente desse NOVO IRB, será escolhido de acordo entre BB e Bradesco. Indicado pelo BB, sem veto do Bradesco, ou o inverso. Nome do Bradesco referendado pelo BB. Tão íntimos e interligados, Bradesco e BB não brigarão de jeito algum.

PS3 – Apesar da desinformação geral, a análise do repórter estará bastante aproximada da realidade. Pode haver alteração mínima, muito pequena mesmo.

Ps4 – Para terminar, mais um fato do poderio do Bradesco. Está sendo renovado o Banco Postal, exclusivamente para o Bradesco. Isso mais sigiloso ainda. Gente do “mercado” me pergunta: “O que é isso, Helio? Ouvi falar, mas não sei o que é”. São tão sem constrangimento, que em vez de me informarem, querem informação. Ha!Ha!Ha

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *