O corrupto da CBF

Ricardo Teixeira foi manchete negativa por causa de uma dívida com o INSS, de um restaurante de sua propriedade. (Na época). De quanto é a dívida? 57 mil reais, vejam só, para quem ficou bilionários (só isso?) sem trabalhar.

Só se interessa em aparecer, mesmo através de sonegação, lavagem de dinheiro, enriquecimento ilícito. Em 2001 foi depor numa CPI, impressionante a subserviência com que respondia aos parlamentares. “Vou mandar os documentos, Excelência”, “está coberto de razão, Excelência”, “esqueci completamente, Excelência”.

Apesar de responder a 7 acusações de crimes financeiros, diz “que se livrou de todas”. Acredito mesmo, mas ele não pronuncia a palavra A-B-S-O-L-V-I-D-O.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *