O decano do jornalismo político do país continua a ser Helio Fernandes

Resultado de imagem para helio fernandes

Aos 96 anos, Helio está na ativa

Vicente Limongi Netto
Diário do Poder

Evidente que Villas-Bôas Corrêa merece ser exaltado e homenageado. Contudo, Villas, que morreu semana passada aos 93 anos de idade, não era o “analista político mais antigo em atividade no Brasil”. Na verdade, o mais antigo é o jornalista Helio Fernandes. Com 96 anos, Helio continua escrevendo diariamente. Com a lucidez e coragem habituais, no blog que leva o seu nome. Durante 50 anos, sem faltar um dia sequer, Helio manteve coluna política no jornal “Tribuna da Imprensa”.

Por mérito e justiça, Helio Fernandes pertence à galeria dos notáveis e respeitados jornalistas políticos do Brasil. Ontem, hoje e sempre. O obituário de O Globo sobre Villas-Bôas tem diversos equívocos. Incrível, é o primeiro obituário da imprensa mundial cheio de informações erradas.

O atento Cláudio Humberto salientou no Diário do Poder, com todas as letras: “o decano do jornalismo político é Helio Fernandes”.  O Globo e a Globonews erraram feio.  É de pasmar. A arrogante e covarde patrulha finge que não errou. Não admite que deu informação completamente errada. Se julgam gênios e sábios.

PAI DO RODOLFO – O mais grave, melancólico e patético: o saudoso Rodolfo Fernandes exerceu durante anos a Direção da Redação do Globo. No céu, Rodolfo ficou triste e decepcionado com a colossal barriga. Logo injustamente contra o pai dele.

Preso diversas, confinado em Fernando de Noronha, Helio lutou a vida toda pela democracia e pela liberdade de expressão. Viu o prédio da Tribuna da Imprensa ser destruído por bombas, mas jamais se intimidou diante da prepotência dos poderosos de plantão. Helio começou a trabalhar, cobrindo política, aos 21 anos de idade. Bem antes de Villas-Bôas e Castelinho. É repugnante, covarde e hipócrita a omissão ao nome de Helio Fernandes.

15 thoughts on “O decano do jornalismo político do país continua a ser Helio Fernandes

  1. A qualidade do jornalismo da Globonews é uma porcaria. Acabo de ouvir naquela droga do “Em Pauta” que a minha esposa insiste em ouvir que Carlos Kawall tinha sido diretor do BC quando na verdade foi Secretário do Tesouro.

    Hélio é o único jornalista vivo que cobriu a Constituinte de 46, daí ser o mais antigo.

  2. Eu acho que tanto o Villas Boas como Hélio Fernandes têm cadeira cativa no jornalismo brasileiro. Não vejo um ser mais do que o outro. Acho os dois excelentes cada um com seu estiolo; adoro ler os textos do blog do Hélio Fernandes; passo sempre por lá.
    Ambos são patrimônios do jornalismo brasileiro. Tenho profundo respeito pelos dois.

  3. Antonio Santos Aquino … pois é … em Agosto de 1954 me lembro muito bem … a vizinha chegando e gritando no portão … minha mãe corre pela varanda … e eu corro por dentro da casa e fico espiando pela janela: Dona Ivete, o Getúlio morreu!!! !!! !!!

    É das minhas mais antigas lembranças!!! Abração!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *