O goleiro Bruno fala pela primeira vez, diz ”SOU INOCENTE”, apresenta versão totalmente nova para o assassinato. Pode (vejam bem) MUDAR O LINCHAMENTO

Há 72 horas a Organização Globo recebeu INFORMAÇÕES PRECIOSAS sobre o caso Bruno. Parou o linchamento, o massacre, “descontinuou” a mobilização dia e noite que envolvia toda a parafernália, constituída dos mais diversos órgãos de comunicação (?).

Ninguém nega que a Organização é poderosa e, sendo poderosa, é bem informada. (No mundo inteiro, especialistas proclamam: “Informação é Poder”).

Não se passou muito tempo, o jogador veio a público, PELA PRIMEIRA VEZ, dar a sua versão sobre os fatos. E como todos chamavam a atenção para o fato do jogador SER FRIO, NÃO REVELAR A MENOR EMOÇÃO, quebrou inteiramente esse comportamento, SE EXALTOU E SE EMOCIONOU ao contar fatos que ninguém se interessava em desvendar.

Vejamos, pura e simplesmente como informação, o que ele contou.

1 – “SOU INOCENTE, armaram contra mim”.

2 – “Como podia esperar isso do “Macarrão”, amigo quase irmão de 18 anos”?

3 – “Quando conheci a Eliza, já ESTAVA SEPARADO DA MINHA MULHER VERDADEIRA, com quem tenho dois filhos”.

4 – “A Eliza era conhecida por gostar de relacionamento com atletas PARA LEVAR VANTAGEM“.

5 – “Não tive nada a ver com a morte dela, não sei como foi morta, onde está, mas o grande culpado de tudo é o “Macarrão”.

***

PS – O próprio advogado que ASSESSORA a Organização, hoje, duas vezes (até o momento em que escrevo) se mostrou inteiramente diferente.

PS2– Textual dele, às 9,10 da manhã: “Essa versão é surpreendente, não sei como é que o advogado do Bruno vai lidar com isso. Mas houve OU PODE HAVER (a dúvida é dele, compreensível) modificação completa”.

PS3 – O assunto é apaixonante e daqui a pouco a gente volta com novos comentários.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *