O golpe da reconquista do poder pelas oligarquias e o movimento social

0

Ilustração do Duke (O Tempo)

Leonardo Boff
O Tempo

O golpe de classe via Parlamento é um processo que gerou uma cadeia de outros golpes, com especial atropelo da ordem jurídica e constitucional. Os golpes são contra a diversidade social e de gênero, na cultura, na saúde, nos direitos sociais, nas aposentadorias. É um golpe judicial e nas eleições.

Esses golpes têm por trás as oligarquias, que utilizaram uma sagaz estratégia de conquistar setores do Judiciário, do Ministério Público, da Polícia Federal e do corpo de procuradores para conseguir seus fins. Encontraram um testa de ferro para desempenhar essa nova tipologia de golpe: um justiceiro de primeira instância, Sergio Moro, e sua equipe de jovens procuradores, infantilmente exibicionistas. Imbuídos de convicções messiânicas de limpar o país da corrupção – o que é louvável –, direcionam as investigações unicamente a um partido, o PT. Desprezando as demais agremiações, com não menos atos de corrupção, concentram o foco nas figuras referenciais, como o ex-presidente Lula e vários ex-ministros.

A novidade desse teatro político é a desfaçatez do juiz e dos policiais de passar por cima de direitos consagrados na Constituição e em todo o mundo, como a presunção de inocência. Pareceria que o juiz Moro tanto estudou a máfia italiana que se tornou ele mesmo um mafioso da Justiça. Confessou que pratica uma justiça de exceção, coisa que soa a fascismo.

ÓDIO E RECONQUISTA – Entre muitas razões subjacentes a esse golpe de classe, enfatizo apenas duas: o ódio que a classe dominante tem e sempre teve da população pobre e negra. Ocorre que um representante desses desprezados chegou a ser presidente e transformou profundamente a vida de milhões de pobres. Isso é intolerável para as oligarquias, habituadas a ocupar o Estado e seus aparatos não em vista do bem de todos, mas de seus interesses corporativistas Lula e seus assemelhados são odiados por isso.

Nunca apreciaram a democracia, mas regimes fortes e ditatoriais que lhes facilitam a acumulação, uma das mais altas do mundo. Jamais entenderam o poder como expressão jurídico-política da soberania de um povo, mas como dominação em função do enriquecimento. Sergio Moro forneceu o enquadramento jurídico canhestro para dar vazão a esse ódio de classe.

O segundo fator que cabe ser ressaltado é a estratégia de reconquista por parte das oligarquias, aquele punhado de famílias de super-ricos que controlam grande parte da renda nacional e que possuem imenso poder econômico, político e midiático. Visam voltar ao lugar que ocuparam por séculos, mas ao qual agora, com a situação histórica mudada, jamais chegariam por via democrática, expressa pelo voto popular. Mas o fazem com a trama de um golpe parlamentar vergonhoso.

SEM SOLIDARIEDADE – Essas oligarquias representam a ordem e a cultura do capital, cruel e desumano, e nunca mostraram solidariedade para com as grandes maiorias sofredoras. Praticam uma economia altamente concentradora e predatória de bens e serviços naturais, produzindo externalidades que são injustiças sociais graves e ambientais altamente danosas, das quais se eximem de responsabilidade, jogando ao Estado o ônus de sua reparação.

Elas agora voltaram para realizar a sonhada reconquista, só possível à revelia da Constituição. Aplicam medidas neoliberais das mais deslavadas, atropelando conquistas históricas dos trabalhadores e enxovalhando a inteligência brasileira. E o fazem com furor, respaldadas por um tribunal de exceção.

Esperamos a rejeição dessa reconquista pelos movimentos sociais, quiçá os únicos, nas ruas e nas praças de todo o país, capazes de inviabilizar esse retrocesso histórico infame.

42 thoughts on “O golpe da reconquista do poder pelas oligarquias e o movimento social

  1. Um cidadão brasileiro inteligente, curso superior, experiente, excelente cultura e conhecimentos que o distinguem positivamente, Leonardo Boff cospe esta sua condição adquirida dos estudos quando critica o Juiz Moro e a sua Lava-Jato!

    E age em defesa de criminosos, ladrões, traidores da Pátria e da população quando tenta menosprezar o magistrado federal na sua função de amenizar, pelo menos, a corrupção levada a efeito pelo seu partido, o PT, que a instituiu, seguida pelas demais agremiações políticas porque o caminho havia sido descoberto pelos petistas!

    E mente deslavadamente quando vocifera que somente os decentes, honestos e corretos petistas são o alvo do “justiceiro” Sérgio Moro, aventando a Constituição ofendida em face desta perseguição ao Partido dos Trabalhadores, enquanto criminosos de outras quadrilhas estão impunes!

    Boff é um ser abjeto, nocivo, nefasto, dissimulado, traidor, sem princípios, venal, antiético e imoral, razão pela qual só poderia ser um petista, explorador do pobre, gigolô da pobreza, cínico, hipócrita, pois omite os crimes do seu partido e correligionários ao deixar de mencionar os roubos cometidos contra a Petrobrás, no empréstimo consignado, nos fundos de pensão, o mensalão, as pedaladas fiscais da Dilma, as propinas de Lula, a vadiagem de Stédile, vagabundo profissional …

    Boff é um cancro a ser extirpado, pois maldoso, rasteiro, espreitador, um predador a serviço de um socialismo tão utópico quanto devastador na mente daqueles que o seguem nas suas pregações absurdas e ideologia que condenam o cidadão à miséria, enquanto que, no poder, Boff se refestela comandando corações e mentes de forma vil, criminosa porque mentiroso, enganador.

    Seus discursos são excrescências de um raciocínio voltado a roubar os ricos para dar aos pobres, agindo de maneira ilícita e conduzindo seus fiéis a se tornarem dependentes de governos para poderem comer, para viverem de esmolas, porém manipulados covardemente!

    Boff não poderia ser mais um padre porque alega para os pobres que, deles é o reino dos céus, e que nesta vida os crimes que praticam estão perdoados pela condição social que pertencem, consequentemente, os ladrões petistas encontram no ex-frei a voz que os protege, defende, em detrimento do cidadão honesto e trabalhador, gente que Boff detesta porque estão preocupadas com seus empregos, em sustentarem suas famílias, e rejeitam a ideologia comunista difundida de forma tão prejudicial para quem vive somente de esperanças!

    Boff é um indivíduo subversivo demoníaco!

    • Bendl, o Boff não passa de um psicopata religioso. São todos iguais, religiosos para fora e ateus por dentro. Pior do que isto, o Boff é um comunista e como todos é um cego para os problemas brasileiros. Para ele, todos deveríamos se pobres, desde que eles (os comunistas) sejam ricos. Nem Freud explicaria um comportamento insano destes.

      • Paulo2,

        De fato, Boff tem se mostrado distante dos problemas nacionais.

        Se fosse apenas esta demonstração de descaso pelo Brasil, vá la, mas ele teima em publicar que os petistas eram todos santos, jamais cometeriam os crimes pelos quais são acusados e alguns até presos!

        Boff comete a imprudência e ousadia, desrespeito e ofensa, ao classificar o Juiz Moro de “mafioso da Justiça”, declaração que deveria levá-lo a responder em Juízo pela calúnia e difamação registrados!

        Um abraço.
        Saúde.

    • Parabéns por seu texto!
      O senhor conseguiu descrever a alma do Boff.
      Uma coisa que me fez pensar é que no fundo os ladrões comunistas sabem que estão praticando o mal, mas se justificam exatamente na teologia da libertação. É um fenômeno curioso sim.
      Que coisa. E tudo isso vai passar.

      • Prezado Francisco,

        Pelo andar da carruagem será difícil que a Teologia da Libertação um dia se evapore ou deixe de ter seguidores!

        Seus pregadores são inteligentes, e sabem como lidar com um povo inculto e incauto, principalmente em e´poca de crise como esta, onde o ser humano se encontra fragilizado e precisa de apoio de qualquer pessoa, movimento ou ideologia!

        Um abraço.
        Saúde!

    • Caro Bendl
      Obrigado por poupar meu tempo. Tudo o que eu ia escrever está no seu texto, principalmente quando você define Boff… Exatamente como ele é.
      Parabéns.
      Att,
      Yulo

      • Prezado José Cabral,

        Precisamos também nos opor a artigos que não são verdadeiros, que tentam mascarar a realidade, como são estes escritos pelo ex-frei Leonardo Boff.

        Obrigado, meu caro.

        Um abraço.
        Saúde e excelente domingo junto aos teus.

  2. Ao ver um artigo escrito pelo Boff, dá-me uma preguiça… Mas, lê-lo é uma obrigação, pois representa o pensamento do atraso e, como atraso significa ignorância e ignorância significa perigo para a sociedade, então, é importante sua leitura. Discordo do Bendl, pois ele não deve ser extirpado, já que cumpre esse papel importante, segundo meu ponto de vista. Deixê-mo-lo escrever os absurdos que escreve, sempre, claro!, sob a égide do “frei”, já que os conteúdos dele (se dá para denominarmos conteúdo) são importantes para sabermos o quê pensa a plebe intelectual desta Nação.

    • SFU,

      Extirpado no sentido de seus manifestos absurdos não serem divulgados porque manipuladores, enganadores, que alteram a verdade (NÃO CENSURADO, LÓGICO!).

      Nada contra a pessoa de Boff, mas me oponho ferozmente ao método que ele se utiliza para transparecer que os crimes dos petistas não foram cometidos por eles, que são perseguidos, que o PT está ao lado do pobre, enfim, a pregação ideológica traiçoeira, predadora, cuja intenção é separar o Brasil e povo.

      Agora, quanto a ser importante mesmo registrando livremente as suas manipulações da realidade brasileira, discordo de ti neste particular, pois apesar da liberdade de expressão que temos e também de imprensa, tenho pleno direito de contestar o pensamento e as colocações que são abomináveis e prejudiciais ao povo, e Boff tem compromisso com a verdade e não somente na defesa do PT e de seus criminosos!

      Saúde!

      • Sem discordâncias de ti quanto ao âmago da questão. O elemento separador das nossas opiniões está apenas na estratégia. Não percamos nós, os de um lado, o do bem, o objetivo de desmobilizar continuamente a dialética enganadora e travestida de retórica construtiva. A Lógica é o melhor instrumental para tanto, pois às Premissas acerca do lullopetismo, se bem elaboradas, não há questionamento. Aliás no TRIVIUM, uma das disciplinas iniciais era a Dialética, posteriormente excluída em favor da Lógica, pela melhor efetividade do debate.
        Também a ti Saúde e muita Força.

        • SFU, SFU, SFU,

          Dono de um primoroso texto, inteligente, culto, esclarecedor, por que não escreves mais vezes, e nos alegres e satisfaça com este teu talento até então escondido?!

          Precisamos de gente do teu nível, SFU, por favor!

          De certa forma sigo as tua ideias, pois em qualquer publicação de artigos escritos pelo Boff estou tecendo críticas contundentes, mas a paciência se esvai diante dos métodos muito sagazes utilizados pelo ex-frei para transformar as suas mentiras em verdades ou seus raciocínios como sentenças finais, sem apelação.

          Grato pela deferência.

          Um abraço.
          Mais saúde!

    • Verdade Jorge. Em vez de criar vergonha na cara e mudar-se definitivamente para a Venezuela, fica em Santa Catarina. Este senhor genézio – que nem o nome original exibe -, é o extremo da estagnação, do atraso, parou no tempo, enfim. Deveríamos nem comentá-lo…

  3. Boff não foi justo.
    As oligarquias mancumunadas com setores do judiciário, do Ministério Público, da mídia golpista, da CIA, do MOSSAD, da KGB, do Serviço Secreto inglês a serviço da rainha, mais LG uns alienígenas, maldosamente conspirar contra o honesto e correto governo do povo e o seu imaculado líder, o inclito Luiz Inácio Lula da Silva! O povo só não vê se não quiser, não é não, Bofe? ????
    Coitado.

  4. O “frei” Beto, homem inteligente, culto, de notório saber religioso e de bela retórica política; infelizmente não passa de um inocente útil da devastadora ideologia petista e suas coligações políticas.para vender a honra e a dignidade por trinta dinheiros.

  5. Concordo que o pt esteja sendo erradicado e que outros também o tenha de ser,
    mas me pergunto porque o pt não o fez quando podia? será que era rato também a época?, agora se desentenderam de quem era a vez de roubar?
    O que me deixa chateado é esse tal Boff achar que sou retardado, se mostrando ilustre inteligente letrado e ainda defendendo bandido vai se fu……….. bandido p…….. lambe bota fdp

  6. Ao nosso amigo Francisco Bendl, a alegria de vê-lo retornar aos comentários na nossa TI.
    Espero que a saúde esteja muito bem.
    Grande abraço

  7. César, meu irmão nordestino,

    A alegria é minha, acredita!

    Senti muita falta dos meus colegas comentaristas e articulistas deste blog incomparável.

    Decididamente não seriam as dores que suplantariam a minha vontade de voltar e registrar os meus pitacos e dialogar com meus amigos.

    Um forte a fraterno abraço.
    Saúde, muita saúde!

    • “Acertos”?Prega abertamente ideologia que fracassou em todo o planeta, utiliza esta alcunha, tb conhecida como “vulgo”,por décadas, defende notórios criminosos, ladrões,lesa—pátrias e traidores da nação, atacando e denegrindo aqueles que combatem o mal absoluto, trata— se de um delinquente intelectual, traiu os votos de celibato quando religioso, falou demais na época, criticando a igreja católica na defesa da “teologia da libertação”, fui punido pela Congregação para Doutrina da Fé com 1 ano de “silêncio obséquioso”, após, insistiu em sua tolice, prevendo a expulsão pelo Vaticano, solicitou “desligamento”, ou seja, verdadeiro covarde, um ser execrável que manipula mentes fracas, a punição divina que receberá, está sim, será muito, muito severa!

  8. Eu penso que é matéria suficiente para uma ação criminal. Acusou. Vai ter de provar pra aprender a arcar com as consequências de suas ações.

    • Isso mesmo, fascista! Provas não são necessárias, somente convicções! Viva o novo Brasil, dos cucarachos que vão pular muro pra lavar privada em miami!

      • Argumento de extrema inteligência, por que os petralhas e seus simpatizantes tem o hábito de chamar de “fascistas”, aqueles que pensam de forma diferente, não são bitolados, não seguem a “cartilha”?Q.I.baixo, anencefalia, má formação fetal?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *